Eavesdropping e mais qualquer coisinha!

Hoje quando regressei do work, vinha com o sentido posto na conversa entre dois gajos que vinham sentados à minha frente, e tive que lutar contra a vontade de me meter com eles, mas só por causa de um, que tava com umas filosofias engraçadas.
Então basicamente um deles tava com receio de arranjar um emprego, porque segundo ele, isso implicava sacrificar a liberdade para fazer o que lhe desse na real gana, coisas do tipo comprar um bilhete de avião para um pais qualquer, claro que não o fazia porque não tinha guito, isto quase que murmurado ao ouvido do amigo, que basicamente, ora concordava ora discordava, mas não adiantava grande coisa.
Dizia então que preferia não ter guito mas ter tempo livre para fazer aquilo que gosta..e este foi o ponto alto: ò meu lindo, para que é que te serve teres tempo para fazer tudo o que queres, se não tens dinheiro?? É que hoje em dia já não se faz nada que não custe dinheiro, a pensar dessa maneira, duvido que algum dia consigas comprar um bilhete de avião para qualquer parte do mundo.
Acredita, por experiência própria, ter tempo livre, mais cedo ou mais tarde, acaba por se revelar numa boa merda..eu tive praticamente um ano em casa, tinha tempo para fazer aquilo que gostava e também o que não gostava e já para o fim, já andava com uma depressão a cavalo das costas, e sentia que precisava de ter um emprego, algo que me afastasse de casa, que me desse objectivos, e outras responsabilidades, e já agora, porque não, para duplicar o rendimento, porque o dinheirinho, esse é sempre muito bem vindo, e sabe bem gastá-lo depois do esforço que tivemos que fazer para ele vir parar à nossa conta bancária...

Por falar em gastar dinheiro (especialmente aquele que não temos lol), hoje decidi que era um óptimo dia para ir buscar a maquina de secar roupa...e quando eu decido...ai...ai....
Então, quando cheguei a casa, lá fiz uns telefonemas e fiquei a saber dos stocks e dos créditos e dessas merdas todas..não é coisas que gosto de fazer, telefonar, mas a vontade era muita.
Então, peguei no carro, fui buscar o marido ao work, e ala pá Mediamarkt de Benfica. Só que por causa de um documento que não lhes servia, mandaram-nos voltar lá quando tivéssemos o certo, então, eu não vou de modas, saí dali furiosa em direcção à Worten, e lá, com os mesmos documentos, tratamos de comprar a máquina. Mediamarkt 0 Worten 1. Lição a reter: armar-se em esquisito prejudica : P (se bem que eles se devem estar muito bem a cagar para isso..mais maquina menos maquina...)
Vêm entregar a maquina a casa na sexta à noite e nem sequer temos que pagar a mais por isso (no Media pediam 15€)!

FINALMENTE!
    19 de Janeiro de 2006, às 01:40link do post comentar