O "The Weekend"!

Há umas semanas atrás andavamos com os calores para passar um fim-de-semanazeco num hotel num sitio qualquer, a ver se mudavamos um bocadinho de ares, e aproveitar a estada da madrinha para ficar de olho na "criança", só que os preços que andavamos a ver depressa nos fizeram meter a ideia de parte. Até que há uns dias atrás, o marido apanhou o que se pode chamar de uma promoção do crl e não foi de modas, reservou o tal fim-de-semana assim à ultima da hora. Ora, acabou por ter sido tudo planeado à pressa. Tinha pensado sair do trabalho às seis, isto na sexta, para preparar as coisas, só que houve uns imprevistos e só saí às oito da noite. Pois... sair do work, amanhar a tralha e jantar, saímos de casa eram onze da noite, com uma viagem de três horas pela frente até Viseu, por caminhos nunca dantes percorridos, que é como quem diz, partimos à aventura.

Bem, a A1 ao principio tava caótica mesmo aquela hora, depois lá acalmou à medida que nos iamos afastando da "c´dade". Entramos no IP3 lá pa uma da manhã, e até me passei com aquela merda de estrada..foi um martírio até chegarmos finalmente a Viseu :P

Depois, ao chegarmos lá, guess what? Não sabiamos onde era ao hotel, não levavamos nem mapa (da localização do hotel), nem indicações nenhumas, nem sequer números de telefone, apenas sabiamos (mal e porcamente) o nome do hotel e a morada. Depois de termos dado umas voltas pela cidade, lá paramos e fomos perguntar a uma pessoa, que até nos desenhou um mapa. Gente boa!

Lá demos com aquilo. O hotel tinha um ar imponente, metia respeito. Estacionamos o chasso, todo cagado (literalmente, que os pardais e o pombos têm andado a dar-lhe bem), ao lado de mercedões e audis e bm´s todos reluzentes lolll
Uma vez lá dentro, fizemos o check in e bazamos pa cima, meteram ca gente no 5º andar he he he. Apesar de ser um hotel de 5 estrelas, o quarto não parecia ser de 5 estrelas, provavelmente ficamos numa ala não renovada (o hotel foi renovado recentemente, passando de 4 para 5 estrelas). No problem, apesar disso, era um quarto muito agradável.
Eu tava morta de cansaço, tava memo numa de "caminha para que te quero". Não gostei foi do colchão de molas. Já não tou habituada a eles e não os acho nada confortaveis :P

No sábado, o dia acordou feio. Depois dum abusado pequeno-almoço, fomos até à sala da internet, que isto já se sabe que a malta não passa sem net, e o hotel tem uma sala com acesso livre e tal e coisa. Como tava frio, ir pá piscina exterior estava fora de questão, então lá fomos ver que "facilidades" (que palavra tão má, esta :P) que o hotel tinha para nos oferecer para além da internet lol
Ficamos a saber que tinhamos à nossa disposição piscina interior, jacuzzi, sauna, banho turco e ginásio. Ora, pernas para que te quero!
O jacuzzi era booooom, a piscina interior, apesar de aquecida, estava demasiado fria para mim (embora o marido a tenha apoveitado bem), o banho turco foi divertido, estranho ao principio, pois custava a respirar, nunca tinha feito aquilo antes, mas curti. Sauna não quis fazer porque não gosto e como não fui para lá para me cansar, dispensei ginásio lol

Às tantas a fome apertou, e como nós somos uns avessos, em vez de procurarmos um resturante típico, procuramos a boa da pizza hut (joke of the day).
Encontrar a pizza hut permitiu-nos ficar a conhecer a cidade (aka andavamos meio perdidos sem saber onde andavamos e onde ficava a rua da pizzaria). Às tantas paramos o carro, subimos até a praça mais central a ver se encontravamos um mapa, mas acabamos por perguntar a um gaijo onde era o raio da pizzaria. Ficamos então a saber que era a uns metros rua abaixo do sitio onde estacionamos o chasso..bah!

Lá comemos e demos mais umas voltas pla cidade e regressamos ao hotel. Tava lá um casório a decorrer. Muito naice. Eu fui pa net, o marido divertiu-se a fotografar o place.
Andei a investigar o sitio e descobri que Viseu ficava mais ou menos no centro do pais (centro, tipo a meio caminho do litoral, a meio caminho da fronteira)..fiz umas contas e decidi que a minha adorada Serra da Estrela estava demasiado perto de mim para eu a ignorar hi hi hi

No domingo acordamos ainda mais cedo, para fazermos um jacuzzinho depois do pequeno-almoço, a ver se ganhavamos força pa fazer a viagem de regresso he he
Fizemos check out ao meio-dia, e regressamos à estrada, outra vez por caminhos nunca dantes percorridos (se bem que eu tou desconfiada que já passei por lá à uns bons 10 anos atrás...), em direcção a Seia.

A viagem até Seia até foi rápida, e uma vez lá, andamos às voltas até encontrarmos a estrada para a Torre. Subimos aquilo tudo até lá acima. A serra, mesmo sem neve é absolutamente magnífica. Apesar de ter uma paisagem árida, é deslumbrante.
Uma coisa que deu cabo da paisagem era estar constantemente a ver gaiolas minusculas à beira da estrada, cheias de cães Serra da Estrela bebés. Tava um calor desgraçado e aqueles pobres bixos ali presos, à espera de quem os levasse..É desumano!
Paramos na Torre e fomos ao centro comercial he he eram só lojas a vender produtos regionais. Trouxemos um queijinho da serra com praí meio kilo por 5 eur, nada mal! A viagem pela serra foi lenta, não só porque eu vinha devagar, como tava constantemente a parar para apreciarmos as vistas e bater chapas, pois claro.
Descemos e fomos em direcção ao Fundão. O Paulo (que é de lá) estava de fim-de-semana e nos aproveitamos para conhecer lá o place dele. Ainda nos levou até a serra da Gardunha ver as cerejeiras carregadas de cerejas. Andamos lá por uns caminhos, que eu nem morta se levava o chasso para lá lol
Antes de nos virmos embora ainda fomos comer uma caracolada nham nham
Saímos de lá quase às sete da tarde, com um saco cheio de cerejas e 3 horas de caminho pela frente, com um calor desgraçado.
A A23 é lixada..é só subidas e descidas brutais bah. Graças ao jogo de Portugal-Angola, a A1 (e LX também) estava praticamente deserta. Tava tudo espalhado pelas estações de serviço a ver o jogo he he

Chegamos a Almada completamente mortos de cansaço, ainda fomos buscar um frango assado, que a malta estava esfomeada e sem apetite nenhum a fazer fosse o que fosse.
Bem, mas pode-se dizer que foi um granda fim-de-semana, provavelmente um dos melhores que já tivemos nestes quase 5 anos que estamos juntos. E trouxemos quase 500 fotos para o recordarmos, só não tiramos mais porque as pilhas acabaram-se quando estavamos a subir a Gardunha e não tinhamos hipóteses de ir buscar as de reserva :P. O flickr vai-se passar quando eu as começar a uploadar..não vão ser as 494, mas metade serão certamente he he he

[Sobre o Hotel:
É realmente espetacular, e tem montes de coisas que a malta gosta, como o jacuzzi, as piscinas, o banho turco, a sauna e o ginásio. Tem ainda SPA, com uma série de tratamentos daqueles que nos deixam todas(os) mimadas(os). Tem wi-fi e sala de internet com acesso livre, tem montes de salas de estar muito agradáveis. Os quartos têm tv por cabo, mini-bar, ar condicionado, e casa de banho com secador. O buffet de pequeno-alomoço é brutal e enfarta-brutos..é comer até arrebentar!
O hotel é muito bonito tanto por fora como por dentro, e as pessoas que trabalham lá são muito simpáticas. Valeu mesmo apena, ficamos fãs e vamos voltar um dia destes. Recomendados vivamente a quem quiser fazer um desvio à rotina tal como nós
A tarifa diária em quarto duplo normal é de 130eur, só que nós alinhamos na "escapadinha" e pagamos 150eur pelos dois dias, o que é um óptimo deal!
Ah, não vale apena voltar atras porque se esqueceram das toalhas de praia em casa, porque é coisa que não falta no hotel lol

hotel visto do céu!]

BTW, alguém conseguiu ler isto até ao fim? Sem passar nada à frente? Eixxx!

And the last but not the least, as fotos da coisa!
    12 de Junho de 2006, às 00:21link do post comentar