Go north!

Este fim-de-semana dicidimos rumar a norte (porque o marido diz que está farto de fazer o caminho de Sines), então pensamos em S. Pedro de Moel, que já andava a ser falado à algum tempo.

Lembrei-me de desafiar a Gi, que já tinha calçado por lá, e porque aquela vez que fui a Viseu e não parei em Coimbra ainda me estava atravessada lol, e ela alinhou! E fez muito bem!

Chegamos já passavam das onze da noite (eu tinha pleaneado chegar as 22h, mas já se sabe...), como já não se podia entrar com o carro lá para dentro, a Gi e o gaijo dela deram-nos uma ajuda valente, e os 4 conseguimos (nem sei como) trazer aquela tralha toda lol (que bela "recepção" aquela lol)
O engraçado desta coisa dos blogs, é que nós podemos estar a ver uma pessoa à nossa frente pela pela primeira vez, mas a sensação que temos é que já nos conhecemos à montes de tempo..eu pelo menos tenho essas sensações :)

Montamos a "acampação" num instante (3Seg. é outra história lol) e depois ficamos os quatro à conversa até o frio (e o soninho) levar a melhor. Acordei foi às tantas da manhã, a dormir altamente desconfortavel, no chão (porque a bomba ficou sem bateria com o colchão a meio e ele sempre perde ar) e cheia de frio. Os colchõezecos que tinhamos ido buscar a decatlhon para dormir no chão salvaram a noite.

E o frio..quem me mandou a mim não levar o outro saco cama? Ou não vestir o outro par de calças? Depois haviam uns gajos que não se calavam...Sexta para sabado foi uma noite mal-dormida..

No Sabado fomos até à praia, que tava apinhada, e quando a maré subiu, vimo-nos obrigados a abandona-la, logo quando se tava lá tão bem :( Então, já que estava complicado estar na praia, dedicamo-nos aos morfes e dar umas voltas pela zona.

Andamos também a correr tudo pelo cartão do parque do marido, que teimava em desaparecer. Estava escondido (não sei como) e bem arrumado dentro do resguardo..as coisas as vezes estão nos sitios mais incriveis..não fosse a nossa determinação em revolver completamente a tralha toda até que o desgraçado aparecesse, que teriamos que desembolsar uns extra 25eur :P

À noite, como o marido tava de apetites a caracois, fomos exprimentar os do restaurante do parque..grande, grande erro!! Além de serem poucos, vinham frios e mesmo picantes, que eu nem dei comido..e faltava o pão torrado, que "aquela hora já não torravam"..pegamos na gente e fomos a um restaurante perto da praia. Muito bom, por acaso!

Recolhemo-nos por volta da meia noite e ainda estivemos a cheirar nuns trabalhos que eu tenho andado a fazer, mas o marido ficou com sono e quis dormir. Nessa noite já não tive tanto frio (vesti dois pares de calças e uma blusa de manga comprida), e dormimos muito melhor.

No domingo acordamos fixe. Fomos ver se andavamos de bicicleta, mas quando chegamos lá só havia uma, portantos, não dava. Demos então mais umas voltinhas a pé...palmilhamos aquilo tudo.
Fiquei a saber que o Mylo tinha estado numa party nas Piscinas na sexta..e eu que gosto tanto dele, e recebi os panfletos no mail..não gosto daquelas festas, mas por ele até tinha aparecido por lá..oh well...
Por volta do meio-dia fomos atacar as piscinas do parque, um espetaculo, tenho que dizer!

Depois do almoço demos mais umas voltas, que o local convida a isso. Entretanto, e como o que é bom acaba depressa, chegou a hora de arrumar a tralha toda e regressar.

À vinda ainda pensei ir até à Nazaré para ir ver o por do sol la no miradouro, mas lembrei-me que aquilo devia estar alta confusão por causa do turismo e tal e coisa, acabei por desisitir da ideia..

Bem, apesar do frio à noite, da fuga da praia, da demanda em busca do cartão desaparecido, da caracolada picante, do não passeio de bike, e de não ver o Mylo, o fim-de-semana rendeu fixe! S. Pedro é muita porreiro, o parque igualmente, e fiquei a conhecer pessoalmente a Gi e o marido dela =D

S. Pedro de Moel

Não conheciamos. Ouvi falar nela quando comecei nesta coisa do camping.."Obriga-nos" a conhecer sitios espetaculares. É uma pequena vila, com uma configuração muito engraçada, em circulo, com ruas alvas e limpas, as casas estão todas bem arranjadas e têm um ar elegante (até parece sitio de malta endinheirada), dá gosto passear por lá. São raras as casas abandonadas ou maltratadas, e não se vê lixo pelas ruas.
Não é uma vila piscatoria como é normal nas vilas junto ao mar, mas sim inteiramente dedicada ao turismo. Apesar disso, não está propriamente dita afogada em restaurantes. Há alguns, e come-se bem por lá.

A noite também é animada, embora nem por isso haja muitos bares, mas tá tudo na maior!

A praia é bonita, mas pequena para o turismo de Agosto. As marés altas roubam-nos a praia duas vezes por dia, e ou estamos todos ensardinhados, ou vamos para as piscinas de S. Pedro de Moel, logo ali por cima. Curti da areia ^^

Tem uma ciclovia, e aquilo conhece-se bem é de bicicleta. Uma coisa que ficamos surpreendidos foi que no ponto turismo havia bicicletas, e pensamos ir aluga-las para conhecer melhor a zona. Chegamos lá e ficamos a saber que as ditas, tinha utilização gratuita, desde que seguissemos uma rota. "Bora lá, então!"
Não conseguimos ir porque ora já era tarde, ora não havia um par de bicicletas, mas pá próxima não escapa!

Acho que nunca tinha estado numa vila tão bem conservada, tão bonita, com uma vida daquelas. Adorei! Recomendo vivamente um passeio para aqueles lados!

Ah..se forem para estas bandas, levem dinheiro vivo, porque há apenas dois ATM's e nesta altura suspeito que estejam sempre secos :P

Links porreiros: S. Pedro de Moel em Panoramas 360º esféricos e S. Pedro de Moel (info)

O Orbitur de S. Pedro de Moel

Numa palavra: espetacular!
Este foi até agora o único parque que estivemos que faz concorrência ao da Galé lol A área é muita porreira, tem bastantes pinheiros (não tivesse dentro do pinhal de leiria hi hi hi), tem areia, tem alguns 4 balnearios, vários pontos de luz e de água, montes de baldes do lixo espalhados, bons acessos, uma área de piscinas de acesso gratuito muito boa, tem uma merceeria bem abastecida. Não se vê o mar, ouve-se, e consegue-se ver a luz do farol à noite.

Muito agradavel, convém levar bons agasalhos, porque a zona é um bocado (bocadão) fria à noite.

Pontos muito positivos:

Tem uma zona com 20 duches indiscriminados, ou seja, algo que até agora me aborrecia, ir cada um para o seu lado, assim vamos os dois para o mesmo. Para quem está demasiado habituado a tomar banho com o/a seu/ua "significant other" é um must!
Tem dois WCs com bidé, coisa rara nunca antes vista num camping! Pena que só seja nos balnearios das gaijas, né marido?

Pontos negativos:

O restaurante não me parece ser grande coisa..comemos lá a pior caracolada de sempre..comemos...eu comi uns 5 caracois (A Gi bem avisou..) :P.

A ausência de caixa de multibanco e/ou pagamento por MB na merceeria, a falta de estacionamento para quem não quer levar o carro para o parque. A rua estava cheia de carros multados.. Ah, e suspeito que tem mosquinhas, por isso, convém pensar numa rede para as patuscadas he he

Em relação ao da Galé:

Fica perto de uma vila, sempre há mais para ver e fazer, do que estarmos no meio do mato, embora para quem goste mais de isolamento não é tão bom, porque está numa zona turistica A praia é mais longe, mas a areia é melhor.
Há carros por todo o lado, no Galé há zonas que os carros não podem entrar.
Tem montes de pontos de luz, na galé são escassos.
Tem mais balneários, e têm torneiras, escusamos de estar sempre a carregar para sair água.
A piscina não se paga e há um escorrega tipo Slide

Este ficou marcado como um parque a regressar (muito) brevemente!

A Quechua de 3 Segundos

Desta vez não quis levar o "palácio"(T4.1), porque queria exprimentar a 3Seg.
Já a temos há umas semanas e não sabiamos se era fixe ou não. A facilidade de monta-la e desmonta-la tem tudo a favor dela. O interior escuro permite dormir um bocadinho até mais tarde e é mais arejada que a T4.1.
É um bocado apertada, ainda por cima quando se viaja com um saco grande, mais o saco da praia, mais a geleira, mais uma mochila, mais umas tretas, com o colchão lá dentro, aquilo fica lotadissimo.

Mas a opinião que ficamos dela é muito positiva. Gostamos imenso de dormir lá dentro, ainda que apertados e com algumas dificuladades quando era para vestir/despir ou procurar qualquer coisa, porque a area de quarto da T4.1 é maior que a propria 3Seg. Muito porreira, portantos. Tem que sair do saco mais vezes!

Fotos da coisa aqui!

E falando noutras coisas..a nossa tvzinha cagou-se pa gente (quase) de vez..agora só a preto e branco mesmo :P

A maioria da malta hoje decidiu fazer ponte. Do meu departamento só tou cá eu, e o office tá às moscas, bueda fixe. Amanha, tou desconfiada que não vamos sair de casa, que há trabalhito para por em dia.

Ontem tive a ver aquela série meio chunga do Surface..até tava a modos que a curtir, e hoje vim a descobrir que a série foi cancelada, e ficou, portantos, sem se saber o fim..este é o grande problema destas séries que a acção principal começa e não termina no fim do episódio, mas sim no ultimo da season não-sei-das-quantas..são canceladas e a malta fica a arder...bah! Quase que não vale apena continuar a ver :P

14 de Agosto de 2006, às 16:52link do post comentar