Carta ao Pai Natal

Fui desafiada para escrever uma carta ao Pai Natal. Não me lembro com que idade deixei de lhe escrever, mas sei quando comecei: foi na altura em que descobri que o pai natal "guardava" convenientemente as prendas dentro/em cima do roupeiro ou debaixo da cama do quarto dos papás, foi mais fixe assim porque passei a manipula-lo! lol Vamos lá ver se este ano resulta he he
Tão cá vai:

Querido Pai Natal,

Este ano portei-me muito bem! Trabalhei que nem uma cavala, fiz (quase) todos os meus deveres e responsabilidades, e tentei ser sempre prestável. Apesar de ter passado o ano inteiro a dar cabo da cabeça ao mariducho, fui muito boazinha para ele. Ele pode confirmar!

Portantos, trata lá de me arranjar uma canonzinha jeitosa, que sabes muito bem que a quero há anos. É que até boto aqui uma foto dela para não te esqueceres. Não há que enganar: Canon EOS 400D!


E se não for pedir muito, se passares numa loja da especialidade, orienta lá este LCDzinho à moçada. Eu sei que é muito grande e pesado e não cabe no teu saco, mas podes sempre manda-lo vir cá para casa, que eles hoje em dia fazem entregas em menos de 48horas..


Só não peço o mac mini para fazer companhia ao LCD porque ainda não os fazem equipados com blu-ray, senão....

E já nem peço a terceira coisa, que é para não te assustares e caíres para o lado enquanto gritas que eu devo estar doida e que tu não és nenhum banco ou coisas piores..mas podes já ficar descansado porque pro ano peço, ai peço peço!

Se por cá passares, para largar qualquer coisinha, podes crer que tens aqui uma colinha à tua espera, com gelo e limão e tudo!

Take care e conduz as renas com cuidado!
B´jinhos, Isa
    10 de Dezembro de 2006, às 21:36link do post comentar