Ora, cá está ela!

Tenho andado a portar-me mal e a deixar a malta pendurada aqui, tenho tenho...

 

Na sexta, por influências da madrinha, acabamos a noite a comer tempura caseira. Não ficou mal de todo, mas quero experimentar fazer novamente, e não tão à pressa, muito menos aquelas horas (já devia passar da meia-noite). Nem sequer tirei fotos para fazer a "cobertura" que a ocasião merecia lol

 

Acordei no sábado meio atordoada com um daqueles sonhos magníficos que costumo ter com a ponte 25 de abril lol já há uns tempos que não sonhava com ela, e este vingou cada minuto que passou desde o último!

Dava um excelente guião para um filme de acção/drama/thriller lol Era daqueles tão reais (a cores e tudo lol), que nem se põe a hipótese de estarmos a sonhar, como acontece normalmente..

 

Passamos o dia a arrumar a casa e a ver series...a fox continua com aquele problema característico, uma vez que nos sentamos no sofá com o canal sintonizado, o mundo à volta parece que deixa de existir. Anyway, passaram alguns 5 episódios seguidos de uma serie que já tinha apanhado aos bocados mais ainda não tinha conseguido ver, Ossos. O plot parece ser um tipo de House meets CSI. Gostei! Tem diálogos e situações geniais he he

 

Algures a meio da semana marcamos um reunião em Lagos, para apresentar as maquetes de um site e acertar uns pormenores, mas tá-se tão bem em casa, que só fomos para o Algarve no domingo..às duas da tarde.... Ainda passamos por azeitão, e com o transito domingueiro que estava, mais três paragens que fomos forçados a fazer, uma para abastecer e duas para procurarmos uma farmácia, que me deu uma daquelas dores, que a mãe natureza mandou fazer de encomenda especialmente para o sexo feminino, e nenhum de nós estava abastecido fosse com o que fosse...bom, chegamos lá eram 7 da tarde..

 

Entretanto, e por causa de uns imprevistos, a reunião foi adiada para as 23h. Jantamos e aproveitamos o serão com a família para por a conversa em dia. Saímos de lá faltavam 20mn pra uma da manhã, e fiz o chasso fazer a viagem de volta mais rápida da vida dele. Meteu-nos em Almada em três horas! O meu recorde está em duas horas e meia, mas foi com um carro decente e sempre por auto-estrada (a dar-lhe bem no acelerador, portantos) :P Foi uma autêntica visita relâmpago, durou apenas 5 horas. Nem sequer levamos o bixo connosco. E como a ida foi durante o dia, sempre deu para mudar de ares..fora as minhas dores, que só desapareceram já para lá de milfontes...bah!


Mental note: Agora de inverno, Porto Côvo é um excelente destino para umas surfadas. A ver se conseguimos ir experimentar aquelas ondas..

10 de Janeiro de 2007, às 03:41link do post comentar