msn

Deve ser frustrante para aqueles gajos que andam no msn procura de rata, quando se vêm meter comigo. Nesses casos sou extremamente desinteressante. Não sei se já repararam no meu perfil do msn, que supostamente deveria ser desencorajador, mas por alguma razão cósmica desconhecia, tem exactamente o efeito contrario, então os gajos tomam aquilo como um desafio, e metem-se comigo pegando logo por esse ponto: "com que então, não gostas de ser engatada, não é?", e começam a tentar provar o contraio, mas eu começo logo a falar na maravilhosa relação que tenho com o meu marido, e na sorte que tivemos em nos encontrar, etc e tal, e ninguém aguenta...porque é que será???
Depois, das duas uma, ou eles desistem, e param de falar, ou tornam-se ordinários. Esses últimos são imediatamente bloqueados..ah pois!

Mas eu no fundo tenho pena. Que me lembre, nunca ganhei nenhuma amizade espontânea através do dito, e só consigo manter conversas interessantes com as pessoas que já me conhecem, seja da net ou vida real....
    25 de Fevereiro de 2005, às 13:01link do post comentar ver comentários (1)

    edp

    Pessoal, lembrem-se: comuniquem sempre as leituras dos contadores (água e da luz, gás, etc). É que hoje tive uma surpresa agradável na factura da edp.. 34€ de crédito pois tinha comunicado a leitura em janeiro (ultima leitura tinha sido em novembro), e os acertos vieram este mês hi hi hi ^^
    E aquela coisa de mandar reduzir a potência contratada foi uma boa ideia! Agora só me resta uma duvida...se eu tenho televisão por cabo, e não ouço radio, nem em casa nem sequer no carro, porque é que tenho que pagar a contribuição do audio-visual? Xequei na factura dos meus pais e eles não pagam isso...reza a historia que isso é uma questão já muito antiga, certo?
      24 de Fevereiro de 2005, às 16:55link do post comentar ver comentários (4)

      Troll

      Hoje fomos a Cascais. O marido tinha que ir dar assistência a uma rede wireless que montou à um ano. Segundo um dos bosses lá, aquilo nunca funcionou muito bem desde o inicio e que tal e outro (a dar a entender que o marido na devia perceber lá muito daquilo). Enfim..lá fomos e a solução do problema foi rápida: ligar o router à corrente eléctrica. Fácil, ne?
      Pois é, o "Sr. Urso", que deu a entender que o meu marido não é grande técnico, não sabia que para funcionar, o router devia estar ligado. Ou melhor, ele até sabia, mas é tão parvo, que manda chamar o técnico (o marido), para ver o que se passa com a rede, antes de ver essa coisa tão básica (muitas vezes a pergunta base dos help desks), até porque ele sabe, que as gajas da limpeza, ligam lá aparelhos, e não voltam a ligar o que lá estava antes, então umas vezes estava ligado, outras não, é lógico que a rede tinha problemas!
      Bem, a "carolice" custou-lhe caro...

      Ontem fiz jardineira para o jantar. Correu mal (foi a primeira vez em dois meses que uma refeição não me saiu como eu queria...), por isso, não deixo a receita he he
        23 de Fevereiro de 2005, às 20:30link do post comentar

        Cafezada II

        A pedido do Do Less, cá vai:
        Foi numa M24 (lojas de conveniência do Modelo em algumas estações de serviço da Galp), era um Buondi, sacado de uma maquina de cafés automática (daquelas que se mete a moedinha e tal), media, num copinho de plastico, com um pacotinho de açúcar inteiro, e bebido como se fosse um remédio (afinal de contas, era para me livrar do sono lolll), mas estava motivada!

        Criticas: era um café de maquina automática, num copo de plástico, e levou demasiado açúcar, portanto foi foi lá grande primeira vez. Tenho que voltar a experimentar, mas desta vez tem que ser um expresso bem tirado, numa chávena decente e aquecida, e com 3/4 do pacotinho de açúcar ...loll

        E é como tudo na vida: o(a) primeiro(a) nunca se esquece, e geralmente nunca é grande coisa!!! LOLLL
          21 de Fevereiro de 2005, às 16:24link do post comentar ver comentários (2)

          Cafezada!

          Na sexta, fez-se história: bebi a minha primeira bica! Pois é, ao fim de 25 anos, 4 meses, e alguns dias, consegui meter um café para dentro (já tinha molhado a língua, mas nunca tinha sequer conseguido engolir um gole que fosse :P loll). Claro que por de trás disso, houve um motivo de peso, saímos daqui já passava da meia noite e meia, e quando fomos abastecer na estação de serviço de Alcácer do Sal à uma e meia, eu já estava cheia de sono, e ainda tinha 2 horas de estrada pela frente...decidi beber uma cafezada a ver se aguentava a viagem sem sono, e funcionou. Chegamos ao destino por volta das 4 am, e nem uma ponta de sono he he, o pior foi a seguir para me deixar dormir lolll

          Claro que lá por ter bebido a biqinha, não quer dizer que vá começar a partilhar o ritual de milhares de tugas...é só um bom remédio pá aguentar o sono ao volante ^^

          No sábado lá fui à reunião, lá revemos uns pontos, dei por vencida a minha busca por ementas tipo americano, e pá semana à mais...começo a ficar cansada de estar fim-de-semana, após fim-de-semana a caminho dos algarves..
          Hoje lá fui exercer o meu dever cívico, e depois ainda fiz mais 290 km po marido exercer o dele. Axo que está na hora de mudar os meus documentos todos para cá..começando pelo BI, carta de condução, contribuinte, saúde, e acabando no cartão de eleitor. De repente lembrei-me que a fulana que atente ali na junta de freguesia de Cacilhas é uma vaca arrogante e não me parece que goste de ajudar as pessoas..Oh well...
            20 de Fevereiro de 2005, às 22:34link do post comentar ver comentários (2)

            Ontem fiz arroz!

            Podem gozar à vontadex, mas é verdade, já tinha feito arroz uma vez....há praí uns bons dez anos ou mais!!!
            Arroz é um daqueles fantasmas culinários que tenho. Devo ter um trauma qualquer com o arroz, para ter tanto receio em prepara-lo. O certo é que não me apetecia nem espaguete, nem batata frita ou puré, para acompanhar com os panados de frango, por isso, fui ao caderninho dos rabiscos onde estava a receita de arroz de tomate que a minha mãezinha me tinha dado. Não tem nada que saber. Faz-se um refogado, mete-se água e junta-se o arroz. Ficou óptimo, nem sei porque é que raio tenho tanto medo em preparar uma coisa tão simples e rápida de fazer.......
              17 de Fevereiro de 2005, às 21:32link do post comentar ver comentários (4)

              Conversas em Off

              Ontem fui assistir às Conversas em Off nada etic. O convidado foi um ilustrador/designer freelancer, com um currículo assim pó invejável ^^
              É um dos poucos designers que conheço, cujas ideias se assemelham muito às minhas, e nada do que ele disse é descabido ou errado. Gostei muito de o ouvir falar, assim como dos conselhos que ele deu à malta. O auditório estava cheio, logo presume-se que foi um sucesso.
              Não pude deixar se sentir que tinha recuado aos meus tempos de aluna, em que tínhamos que ir assistir a cenas no auditório, sob a pena de levarmos falta se faltássemos, se bem que aquilo é diferente, pois já foi fora do tempo de aulas, e quem lá estava, estava de livre e espontânea vontade :)
              Bem, se eu já era fã do trabalho dele, agora ainda sou mais he he

              Depois fiquei lá até as dez da noite no cravanço, como de costume lol acaba por ser fixe assim..quando as aulas terminaram, eu andava toda deprimida porque era o meu ultimo ano e que ia deixar de ir para lá e tal, mas o facto do marido ter ido para lá a trabalhar faz com que eu possa aparecer quando quero e me apetece he he
                17 de Fevereiro de 2005, às 17:08link do post comentar

                Porque é que será que a preguiça...

                ...aumenta na mesma proporção que o trabalho?

                Fomos para Lagos no sábado, muito mais tarde do que eu desejava. Estive à seca na gráfica para levantar o trabalho, e o transito estava horrível (desde Almada até Lagos).
                Quando lá chegamos, nem conseguimos ir a casa dos meus pais antes. Tinha que entregar a "encomenda", ir buscar trabalho (felizmente a 20 metros do mesmo local). Só demos a cara em casa lá para as sete da tarde...
                No domingo tivemos uma reunião com um cliente que julgávamos ter perdido (digamos que não somos lá muito bons a lidar com incompatibilidades relacionadas com gostos). Tudo se resolveu pela melhor.
                Na Segunda saímos por volta das onze e meia, e chegamos cá às duas e meia. Nada mal, ponderando vários factores ^^
                Terminamos a noite a fazer as compras semanais no jumbo. Adoro superfícies comerciais abertas até à meia noite hi hi hi

                Portanto....Tenho 4 dias para preparar 5 versões diferentes de ementas, e fazer uma proposta de cartões de visita. Até ao fim do mês temos que ter três sites prontos, e dos cinco orçamentos que o marido fez no último mês, foram aprovados numa proporção de 5/5, ao contrário dos 5/1 que estávamos habituados... com prazos demasiado curtos...resta saber se que aguentamos com a "carroça"...

                Há uma coisa que eu gosto muito por estas bandas...é a pressa dos serviços. Por exemplo, quando falamos em reactivar a linha telefónica, agendamos o processo para a Segunda-feira que se seguia (salvo erro, isto foi a uma Quinta). Só que os gajos tavam com tanta pressa, que começaram a telefonar no sábado, logo bem cedo, para ver se podiam ir instalar logo a linha. E vieram. Nós nem sequer sabíamos que a PT trabalhava ao Sábado, mas enfim..
                Numa destas Quintas, apareceu aqui uma gaija com uma promoção da Cabovisão, como nós queríamos meter, aproveitamos a oportunidade. Marcamos para a Quarta (à tarde) seguinte, pois podia haver a hipótese de estarmos fora na segunda, como ela sugeriu. Na dita Quarta telefonaram logo bem cedo, a saber se podiam ir instalar o cabo mais cedo do que estava marcado, e às onze da matina, já estava ligado.
                Era mesmo muito bom que fosse assim em todos os serviços....

                E para finalizar, alguém se me importa de me explicar, porque é que me está a doer o raio do ouvido direito???

                Madrinha Malvada, esta é para ti!! Depois não digas que só serve para meter alhos lollll
                  15 de Fevereiro de 2005, às 17:26link do post comentar ver comentários (3)

                  Really Simple Syndication

                  ...e pronto, já tenho rss no blog! O marido perdeu a tarde mas está a funcionar.
                  Arigato ao Pedro pela dica ;)
                    7 de Fevereiro de 2005, às 19:59link do post comentar

                    Stich n' Bitch

                    Sábado foi dia de knitting meetup. Era para ter ido no Sábado passado, mas não deu, e este não ia falhar. O marido foi comigo. Não é que eu seja muito dada a lãs, mas tinha muita curiosidade em saber como era um encontro deste tipo, e achei-o bastante divertido e animado. É um bom pretexto para o pessoal se reunir e estar na descontra durante umas horas, e o resultado é giro, além de ser terapêutico (descontrai e alivia o stress he he) ^^
                    Em miúda, a minha mãe e a minha avó tentaram ensinaram-me a tricotar, e ainda fiz umas roupinhas rudimentares para as bonecas, mas não tinha muita paciência, nem para tricot nem crochet ^^
                    Depois há o "trauma" de não conseguir vestir peças de vestuário em lã. Desde que me lembro que a minha mãe nunca conseguiu fazer-me vestir nem blusas, nem casacos, nem meias-calças..não dou mesmo usado, faz-me uma comichão/impressão terrível (picam muuuuuito)...vá lá que descobri o acrílico, e sempre encontro uma camisola ou outra que consigo suportar....
                    ...mas voltando ao assunto...conheci pessoalmente esta menina, mais esta menina, e mais este menino, com quem acabamos por ficar à conversa.

                    Entretanto decidi tentar a minha sorte a fazer suffed critters, a ver no que dá. Acho-as muito queridas, além de darem prendas muito originais. Vou gamar a maquina de costura à minha mamã e vou comprar uns feltros, linhas e agulhas, e depois logo se vê o resultado. Ideias já tenho algumas he he

                    Depois do encontro (e de um lanchinho e mais tal e coisa) fomos para Azeitão, o marido ficou de ir arranjar o PC da irmã (dele). Chegamos lá por volta das nove da noite e saímos de lá quase às sete da manhã. O raio da maquina estava a dar trabalho, e o marido não queria voltar sem ter aquilo bom. Entretanto fui-me entretendo com a nova versão da amci.
                    Quando chegamos a Almada já o dia estava a nascer. O Repuxo estava aberto, e decidimos ir logo tomar o pequeno-almoço (LOL). Mal chegamos à casinha, foi cair na cama. Que dia longo! he he he
                      7 de Fevereiro de 2005, às 05:14link do post comentar ver comentários (3)

                      'Le me

                      tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mirc.

                      no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

                      offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e yada yada, yada... é ler o blog ;)

                      bucket list

                      'Le liwl

                      era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

                      muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores: #11 #10 #9 #8 #6 #5 #4

                      seguir nos blogs do sapo

                      Follow follow us in feedly