E tudo o adsl trouxe...

Finalmente meti musicas novas no radio.blog! desta vez são menos, se for agarrada, a muita é mais pequena lol
Bem, a ver se curte, especialmente aquela do LCD Soundsystem, que tem alta video clip e outra no novo album dos Thievery Corp. (espero que este ano venham cá a PT hi hi hi). Aquela de UB40 é um classico (pelo menos para mim, que há anos que não a ouvia e sempre gostei dela), depois há uma muito boa dos Mesa.

Já agora, alguem se lembra de um anuncio de umas calças de ganga, que era no espaço, dentro de uma nave e tal, e o casal para se beijar (devido à falta de gravidade) tinham que se abotoar um ao outro. À anos que ando à procura da musica desse anuncio, e nunca encontrei nadita :((((

Os comentarios estão marados...este blog tem sempre pentelhos à solta...
    30 de Março de 2005, às 16:16link do post comentar ver comentários (1)

    FINALMENTE!!!

    JÁ TENHO ADSL CRL!!!

      30 de Março de 2005, às 00:07link do post comentar ver comentários (1)

      Merdices II

      Um destas noites, à coisa de uma semana e meia, o meu vizinho do lado chegou prái às duas da manha, e trazia companhia. Chegou a casa, começa numa algazarra, é o cão por um lado, é musica pelo outro, são as vozes, coisas a arrastar de um lado para o outro. Com o barulho, vêm os batucos da tal vizinha-maravilha que falei à dias. Se o vizinho fazia barulho, então ela e a vassoura conseguiam incomodar ainda mais. Só sei que a festa durou até as 4 e tal da manha, e o cão às seis e meia ainda ladrava.

      No dia a seguir, quando íamos a sair, a vizinha de baixo quis pedir uma coisa ao marido e acabamos por falar no assunto. Depois o telefone começou a tocar e tivemos que subir à pressa pa atender. Quem era? Sim, adivinharam! Ela deve-nos ter ouvido a falar sobre a coisa na escada, e resolveu mais uma vez, na sua cobardia característica, telefonar em vez de sair à rua.
      Para azar dela, foi o marido que atendeu. Primeiro ela começou a dar a entender que tínhamos sido nós que fizemos barulho, depois começou a tentar difamar a vizinha de baixo, e depois mais um monte de merdas. Teve a xatear quase 20 mn ao telefone (não foi mais porque não calhou), mas o marido respondeu-lhe sempre à letra. Entre muitas coisas que ele lhe disse, foi que ela é que incomodava bastante com os batucos no tecto que acontecem a quase toda a hora, e também, porque é que ela não ia falar com o vizinho que realmente incomodava. Ela disse que já se tinha habituado ao barulho do cão (leia-se: ela têm medo do vizinho e não se mete com ele, e acusa os outros em vez dele).
      Disse-lhe também que não gosta de ser acusado sem fundamento, que está de consciência limpa, e não quer saber de chatices, e que se alguém o meter em "trabalhos", ele vê-se obrigado a tomar providências. Ás tantas, ele já farto,disse que tinha que desligar, pois tinha que fazer. Note-se que durante toda esta conversa, ele foi bastante cordial.

      Hoje voltou a tirar-me da cama com um telefonema. Mas desta vez eu estava bem desperta. Primeiro começou por falar novamente no barulho, e que na sexta feira tinha sido por demais que até teve que chamar a policia. Disse-lhe que nada sabia, pois tínhamos saído na sexta logo cedo. Depois começou com a velha lengalenga de que o prédio era velho e o som propagava-se bem, e o barulho praqui e o barulho prali, e claro foi buscar a conversa das obras, que tinham vindo trabalhar ate aos sábados e domingos (sábados só vieram uma vez e domingos nunca ca esteve ninguém), e que fizeram barulho que dá para uma vida inteira, A isto só respondi que não foi nem a primeira, nem será a ultima vez, que um apartamento sofre remodelações, ela que mora cá à 18 anos sabe isso muito melhor que eu. Foi obrigada a concordar.

      E depois claro, como não tinha ponta por onde me pegar, voltou à carga a difamar a vizinha (de cima para ela, de baixo para mim), e eu disse-lhe que me estava a passar para isso, depois começa a falar-me que já quando tinha falado com o meu marido ele também não quis saber disso, ao que eu respondi que estava presente e que sei muito bem o que ele disse e que estava correcto. Ora, vai daí, a puta da velha começa a falar mal do meu marido, DO MEU MARIDO, A MIM! Saltou-me a tampa. A dizer-me que ele ainda era um "miúdo", e que não sabia nada, e que não podia estar com ameaças (por ele ter dito que tomava providencias caso fossem incorrectos com ele), e começou a imita-lo em algumas frases, feita parva, e eu só dizia que ele esteve muito bem (e esteve), e mais merdas. Nesta altura ela já estava a ficar histérica, e quase a gritar ao telefone, depois rematou que como ele era meu marido, era lógico que estivesse "do lado dele".

      Depois, ficou toda ofendida quando lhe "atirei" à cara que já era a 3ª vez que telefonava, e quando sugeri que da próxima vez que pensasse em telefonar, que se metesse no elevador e viesse conversar pessoalmente, explodiu, completamente histérica. Bem, até pareceu que a ofendi gravemente..."e que não ando a alimentar conversas desse tipo (deve-se ter referido a fofocas - não, que ideia!!!)", "e que não sei quê não sei que mais", depois ainda disse que o telefone serve para comunicar, ao que eu respondi que é pela falta de comunicação directa entre as pessoas que as relações andam tão azedas, desligou-me o telefone na cara a dizer que eu era tão mal-criada como o meu marido....sim senhora!

      Agora pergunto-me:
      - Será que ela é a "embaixadora" daqui do prédio? Só ela é que se queixa do ruído!
      - Será que ela anda "feita" com a mãe do vizinho, que aparentemente desculpa o filho dizendo que somos nós quem faz barulho.
      - Será que ela tem o direito de nos telefonar para casa e ofender-nos, quando, tanto eu, como o marido falamos sempre correctamente com ela, e cujo único problema é que ela se recusa a aceitar os factos?
      - Será que não temos o direito de nos defender contra este tipo de acusações e ataques pessoais?

      Tanto quanto sei, ela não abre a porta a ninguém, nem sequer à policia, ou seja, é incapaz de encarar as pessoas. É mais uma daquelas pessoas que estão sozinhas neste mundo, e que vivem escondidas atrás dum telefone, a única coisa que lhes trás poder, o poder de corromper toda a gente que vive à sua volta.
      Depois só os problemas dela é que interessam, os dos outros não. Nunca aceita o nosso ponto de vista.

      Hoje o cabo da vassoura ainda mal parou, se ela percebe tanto das leis do ruído, também deveria saber que até às nove ou dez da noite, podemos fazer barulho à vontade. Bela companhia, a única que ela arranjou, uma vassoura, depois ainda se queixa que tem o tecto em más condições...pudera! Um destes dia ainda lhe cai um bocado de estuque em cima da cabeça.

      Eu tou em casa o dia todo, barulho, não faço praticamente nenhum, a televisão tem sempre o volume no mínimo. Ouço as pancadas no tecto, ouço o barulho do vizinho de cima e do do lado, oiço o elevador do prédio ao lado, e cada vez que estes elevadores vão ao rés-do-chão, os contra-pesos chegam cá em cima e pregam uma porrada que me treme a casa toda, (divido a parede da sala com a casa do elevador) e fazem um barulho jeitoso. Eu não me queixo do barulho a ninguém, e não admito que se queixem de mim, especialmente quando a culpa não é minha.

      Hey Pedro, afinal acho que vou ver esse tal filme que falaste...
        29 de Março de 2005, às 17:38link do post comentar ver comentários (5)

        Semanices!

        Ja na aparecia à uma semanita he he Foi porque recebi a carta da PT e assustei-me com a conta, por isso, agora vou ficar calmamente à espera que me liguem a adsl que deve ser esta terça ou quarta.
        Enfim..a crise da gráfica resolveu-se bem, o erro tinha sido deles, durante a impressão. Mas foram impecáveis, não barafustaram nada, e na quinta por volta das 5 da tarde já tudo pronto.

        Na quinta fomos ao IKEA. Estávamos a precisar de arranjar um edredão fresco, e estava um em promo por 8€. Altamente! Trouxemos também um candeeiro pá cozinha, igual ao do quarto. E é assim, a nossa casa é muito coerente: os candeeiros são todos iguais, as torneiras são todas iguais, os puxadores são todos iguais...é tudo igual hi hi hi Por falar nisso, e por curiosidade, o site das obras têm quase o dobro das hits do que o diário em si :P
        Fomos ver o Constantine. Foi bueda fixe, mas acho que estava à espera de ter mais acção ^^

        Ontem saímos de Almada já tardote e chovia que se f*dia (é pa rimar LOL). Viemos com x-tra cuidado à bófia, porque com o furas no carro e eles esfomeados à caça, pode ser um problema. Fomos mandados parar ao pé de Almocreve, mas foi só para avisar que estava um fio de electricidade na estrada. Tava uma temporal desgraçado.

        Hoje acordei logo cedo pa ir entregar o trabalho. Ai, sabe tão bem quando entregamos o trabalho he he é uma granda sensação de alivio.
        De tarde fomos à Feira do Folar, em Barão de S. João, mas aquilo tava tão cheio de gente que mal dava para andar por lá. Compramos um folarito que estava d-e-l-i-c-i-o-s-o. Amanhã a ver se passamos por lá outra vez pa levar um para cima.

        A hora hoje muda. Vamos ser roubados!
          26 de Março de 2005, às 21:18link do post comentar ver comentários (2)

          Mais etc e tal

          Tou com uma constipação de caixão à cova..tipo, pensava que a vacina da gripe também era eficaz para constipações...ora merda..

          Tou um bocado "em baixo" pois tive um problema com as ementas que fiz, e agora não sei como vai ser. Na gráfica imprimiram-me aquilo mal, e eu não sei até que ponto eles vão assumir responsabilidades. Se não assumirem, são 200€ que saem directamente do meu bolso... O que me chateia é que eu estava tão contente por ir entregar os trabalhos à cliente, e TAU, reparo que aquilo tá tudo mal e irremediável. Fiquei mesmo desanimada.

          Tá aqui um anuncio publicitário que é uma obra de arte. Se todos os anúncios fossem assim, eu via toda a publicidade que passa nas TVs! Adidas_1
          E já que falei em anúncios de publicidade que são uma obra de arte, aqui ficam mais estes da PS2 que são deveras geniais. Cá em Portugal só passou o "Golfers", mas cá, além de ter sido censurado, traduziram pornstars por strippers, e só passava depois da meia-noite ^^
            20 de Março de 2005, às 17:00link do post comentar ver comentários (2)

            Tou contente!

            Quando se envia um trabalho para aprovação e recebemos como resposta um "vai em frente que está fantástico, o teu trabalho agrada-me imenso" isso quer dizer alguma coisa, ne? ;)
              18 de Março de 2005, às 02:59link do post comentar ver comentários (4)

              Etc, etc..

              Faltam 4 dias para a Primavera xigar. Hoje o calor xigou também!

              Tive o termómetro na varanda, e chegou a acusar 33ºC. Abri tudo o que era janela para dar as boas vindas ao arzinho quente, que sabe tãoooo bem.

              Não tarda nada tou a arrumar as roupas de Inverno, e desarrumar as de Verão.
              Só espero é que o Verão não venha muito quente que o meu bixo não aguenta mais de 30ºC à sombra (hoje estão 24º). Não sei se esta casa é fresca no Verão, mas tenho as minhas duvidas, mesmo com as janelas todas abertas a fazer corrente de ar, a casa aquece muito.
              Bah, nada que um alguidar cheio de água para ele "fazer o submarino" não resolva hi hi hi

                17 de Março de 2005, às 18:44link do post comentar

                Merdices

                Hoje fui acordada por um telefonema no mínimo, estranho..Primeiro perguntaram-me de onde estava a falar, ao que eu respondi que não sabia o numero de cor, mas que era de Almada. Depois a pessoa perguntou se não era em tal sitio (a localização do meu prédio), e eu disse que sim, depois perguntou-me se a fracção x (a minha morada) já estava a ser habitada, e eu disse que sim, depois identificou-se como sendo uma pessoa deste prédio, e perguntou-me ainda se tínhamos crianças. Depois disse que não era nada de mal e que logo falava connosco.

                Eu deduzo que seja uma "certa" vizinha, que vive dois andares abaixo, e que tem "certos" problemas com o ruído, e deve andar à procura de bode expiatório, dado que ela já não deve brincar com a vizinha que está acima dela (além de lhe estar sempre a bater no tecto com a vassoura, já lhe mandou a bófia lá a casa duas vezes, quando a pessoa já é idosa e vive sozinha), e já cá veio chatear e tb mandou a bófia, quando ainda estávamos a braços com as obras.

                O que eu acho surpreendente é a descaração da mulher em ir à procura do numero de telefone e telefonar para cá, quando se queria molho, subia a merda dos dois andares e vinha tirar a coisa a limpo e na cara, coisa que ela não é muito boa a fazer, pois quando vem reclamar do barulho, diz sempre que foi outro vizinho que a mandou. Se eu não estivesse atordoada pelo sono, tinha aproveitado para lhe perguntar, que pessoa, no seu perfeito juízo, que morava no mesmo prédio que eu, estava com aquelas merdas..
                Ela provavelmente deve-me ouvir à noite, quando há mais silêncio, a falar com o furas como se ele fosse um bebé (tipo: "coisa mai linda", "fofinho", "pocalhão, és um pocalhão mal-cheiroso", "anda cá, anda", ...), pois o prédio é antigo e insonorizarão é coisa que falta, eu bem me lembra de a ouvir aqui, tinha levado na orelhas da outra vizinha e estava histérica aos berros, e na cozinha, devido às saídas de ar e chaminés, o som propaga-se bem.

                O marido é que fala bem com ela. Se ela vir cá um dia destes com merdas, e ele tar cá em casa, vai desejar não tivesse subido. Já levou bem nas orelhas uma vez (o marido topou que ela se estava a "esconder" por de trás da desculpa do vizinho e chamou-lhe de tudo), pode vir a levar uma segunda, vaca do car***!!

                ODEIO VIZINHOS MERDOSOS! É o único senão de viver num prédio...
                  16 de Março de 2005, às 17:46link do post comentar ver comentários (6)

                  Inquérito

                  Ontem respondi pela primeira vez a um daqueles inquéritos manhosos que as empresas de marketing fazem via telefone. Queriam saber de anúncios de carros e águas e mais umas cenas...ora escolheram a pessoa errada! Eu, que para além de ter uma memória de merda, sou uma fã compulsiva de zapping.
                  Se há coisa que eu não vejo é publicidade, pois assim que algo que eu esteja a ver seja interrompido para dar pub, começo logo a mudar de canais (é por isso que eu só sobrevivo bem com cabo, são quase 50 canas para checkar).
                  Resultado: a única coisa que soube responder na ponta da língua, foi qual era o carro que eu gostava de comprar, qual é o que tenho, qual é a minha água favorita e pouco mais...de resto, se haver muita gente como eu, então os resultados deste inquérito vão sair assim pó deturpados lolll

                  Um destes dias ainda me entra um pombo pela cozinha adentro...só espero que, se esse dia chegar, o furas não esteja à solta!
                    16 de Março de 2005, às 17:46link do post comentar

                    Tat...

                    Decidi profanar o meu corpo! É verdade, já há alguns anos que quero fazer uma tatto, e agora está mesmo decidido. Má tenho algumas duvidas duvidas:

                    - Será que doi muito? Tipo, eu não aguento bem a dor, mas faço depilação electrica na cara há 4 anos..para quem desconhece o processo, a esteticista espeta uma agulha num poro e manda uma descarga electrica que doi, umas vezes mais do que as outras (há zonas que até levanto voo da marquesa)...
                    - Quanto tempo demora em média para fazer uma tatuagem assim pikena...
                    - Qual é o melhor sitio para ir...

                    Someone...? ^^
                      14 de Março de 2005, às 16:27link do post comentar ver comentários (8)

                      'Le me

                      tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mirc.

                      no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

                      offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e yada yada, yada... é ler o blog ;)

                      bucket list

                      'Le liwl

                      era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

                      muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores: #11 #10 #9 #8 #6 #5 #4

                      seguir nos blogs do sapo

                      Follow follow us in feedly