044 - Mudar as lentes dos óculos e começar a usa-los...

finally!

a coisa já tava a começar a ficar preta..ou melhor, desfocada..

a visão é uma coisa muito importantezinha para mim e como abuso muito dela, costumo ir ao oftalmologista uma vez por ano, a fim de manter a coisa vigiada.
até agora diziam-me sempre que tava tudo mais ou menos normal, que podia usar óculos sim, mas que seriam só para quando estivesse em frente ao monitor ou para ler, para tornar as coisas mais nítidas.. mas para isso, eu dispensava.

só que a minha visão estava definitivamente a piorar, já andava com uma *certa* dificuldade para ver ao longe, até que na consulta de medicina do trabalho, falhei parte do teste da visão e mandaram-me ir tratar disso.
quando o oftalmologista fez o exame, consultou o meu histórico e disse: "agora sim, precisa realmente de óculos"!

ora, eu não acho piada nenhuma a óculos, assentam-me mal na cara por causa das orelhas, e queria lentes de contacto.. mas por causa dum pintelho que tenho num dos olhos, não posso usar disso :(

então, tem que ser, tem que ser! venha de lá os óculos.. mas não mudei as lentes ao antigos como diz a tarefa, optei por uns novos. segui a dica da minha mana e arranjei destes, que são muita giros!

ontem fui finalmente levanta-los, e quando saí à rua até me passei...já não me lembrava que o mundo tinha tanto detalhe. parecia que tava a ver tudo em full hd lolll
ainda tou em fase de adaptação à coisa... não é lá muito fácil, e o marido queixa-se que as hastes lhe cortam o nariz he he

pronto, agora já vejo a malta bem...se não dizer nada, é porque tou distraída ^^

weekend @ coimbra

este fim-de-semana fui até coimbra, mas mais uma vez, não fui pelas vistas... fui sim, meter-me no meio dos geeks, que eu gosto muito deles e já tinha saudades!

a desculpa foi um encontro que se volta e meia se realiza por aí, o barcamp (o conceito é muito fixe), e este ia acontecer na universidade de coimbra, que já não é terreno desconhecido para mim, que já lá tinha estado num evento organizado por este jovem.

a culpa foi da célia, que veio desafiar-me a ir. nem tinha pensado nisso, mas depois fui ver a lista das pessoas que iam participar e decidi ir também. depois disse ao marido. he he. a minha sorte é que ele raramente nunca diz "não" às coisas em que eu me meto..

então no sábado, logo pela manhãzinha, fizemos-nos à estrada, parando no caminho para dar boleia a um hitchhiker e salvar uma donzela em apuros. e lá seguimos todos felizes e todos contentes A1 acima!

quando chegamos já lá estava montes de gente, uns espalhados pelas mesas, de portáteis abertos e olhos colados no ecrã, outros espalhados por ali a meter a conversa em dia, quase todos conhecidos de outras andaças similares. e como sempre neste tipo de encontros, o ratio entre homens e mulheres era assustadoramente desproporcional. mas a nós, raparigas geeks, coragem não nos falta!

depois das apresentações, onde ficou publicamente declarado que metade das pessoas que ali estavam eram virgens (de participar no barcamp, claro está), seguiram-se as outras apresentações. no sábado não houve muitas, o pessoal descartou-se todo e no domingo era difícil decidir a quais assistir, pois eram todas boas.

mas aquilo foi muito giro e a companhia era óptima, óptima. e houve muito pessoal a surpreender-me pela positiva, o que é sempre bom sinal :)

agora, por amor a d.eus...alguém convença o meu homem a preparar uma apresentação decente para o próximo barcamp, que ele até sabe umas coisas fixes, em vez de ir para o palco ensinar a malta a fazer porcaria :P

só fiquei com pena duma coisa, fui a coimbra e não encontrei nem o aleixo, nem o bussaco ou o resto do gang...nem soube onde ficava o aires para ir comer umas omeletes...

31 de Março de 2009, às 00:37link do post comentar ver comentários (4)

Mini-maratona 2009

que post mais atrasado este...mas tem que ser, é claro que tem que ser!

é ao terceiro domingo de cada março, que 35 mil mecos vindos de todos os cantos do mundo juntam-se no tabuleiro da ponte 25 de abril para mais uma peregrinação rumo a lisboa. é uma festa!

então, pela terceira vez, lá fomos eu e o marido, todos felizes e todos contentes atravessar a ponte à pata, que é a parte da maratona que tem mais piada.

na noite anterior deitamo-nos bem tarde, tipo 4 e meia da manhã.. pouco aconselhável se estamos a planear fazer 7km na manhã seguinte com apenas com 4 horas de sono em cima...

é claro que não acordamos a horas.. e é claro que eu tive um pesadelo com a ponte!

basicamente tava muita mau tempo, alta tempestade e tal, mas fomos à mesma, e quando estávamos a meio da ponte, a ventania era tanta que abanava o tabuleiro todo, e haviam ondas a rebentar por todo o lado e aquilo acabou por desmoronar-se tudo e nos fomos tomar banho ao rio. encorajador, hem!? :P

saímos de casa já bem atrasados e tivemos que ir a pé até ao pragal porque ao domingo os transportes públicos são escassos.. chegamos lá com o aquecimento feito..é que ainda são 2km, sempre a subir :P

de resto, a coisa é sempre parecida à dos anos anteriores. festa, pessoas com trajes estranhos, etc etc. a única novidade deste ano foi que um gajo aproveitou a oportunidade para fazer base jump de um dos pilares, o que é sempre um espectáculo de se ver.

oh migthy bridge cardeal da maratona passageiro clandestino granda maluco recorde!!

por acaso fiz o relato da maratona em directo, pelo twitter. foi divertido! :)

mais fotos da coisa por aqui!

26 de Março de 2009, às 23:41link do post comentar ver comentários (1)

As maravilhas do Twitter

não gozarmos mais com um colega porque a mãe dele segue-nos no twitter (uma pessoa tem respeito e tal *cof cof*), ele aproveitar-se disso, e mais tarde obter carta verde da mesma para lhe dar uns açoites em caso de necessidade!

é fixe ou quê? muhahahah!

TAS FEITO! lolll

26 de Março de 2009, às 23:05link do post comentar

E porque o bixo mais fofo do mundo faz anos hoje..

hoje é um dia importante, o furas faz 5 anos!

..e deve ter sido por causa disso que decidiu armar-se em peste logo pela madrugada, não nos deixando dormir sossegados. ainda estava escuro, mas já ouvia o metro para cima e para baixo, suponho deviam ser umas 5 ou 6 da manhã. não parava de lamber e morder-me as pernas, e os braços, e a cara. normalmente, ele faz isso quando não tem água ou comida. mas desta vez tinha, e fui eu a vitima (costuma ser o marido)...

as sete da manhã tive que mete-lo para fora do quarto e fechar a porta, que queria dormir mais um bocado e já não podia com ele. depois começou a arranhar na porta para entrar e também não deixava dormir. abri-lhe a porta e resumiu as dentadas nas minhas pernas. obrigou-me a fecha-lo na cozinha...

uma hora depois, quando finalmente tive que sair da cama, fui à cozinha e o rapaz tinha cagado e mijado à porta, tipo "toma lá qué pra aprenderes"..

não entendo o porquê daquela violência logo pela manhã.. nestas alturas ele fica sempre um bocadinho mais agressivo, suponho que seja por causa da época de cio..não tem e tem, ao mesmo tempo...

como prenda de anos, vai ao vet, fazer uma panoplia de exames, para ver como está o coração e restante engrenagem, que eu quero tê-lo por cá mais uns anos, mesmo a levar dentadas todas as primaveras.

 

23 de Março de 2009, às 21:08link do post comentar ver comentários (8)

Arqueologia no tubo

andei novamente a cavar no youtube à cata de músicas dos eléctricos anos 90. adoro os 80's, mas os 90's são loucos, e foram definidamente culpados por eu gostar tanto de música electrónica.

o que tornou esta incursão diferente das outras todas (e a razão do post), é que tropecei naquela que era a minha música favorita na altura, e que pelos vistos, ficou perdida no tempo...

é que até me vieram as lágrimas aos olhos hi hi hi

 



é uma musiquinha muita manhosa com um sample de voz do mighty Kuato, uma personagem do total recall, um dos melhores filmes onde o schwarzenegger entrou, imo!

acabei por fazer uma playlist no youtube, qué para não me esquecer delas. pura pimbalhice electrónica... AND I LOVE IT :)

E por que eu a-d-o-r-o ter ideias destas...

a mana fez anos ontem. por volta das seis e vinte, fui-me meter com ela, que já tava mais que na hora de dar-lhe os parabéns, e mandei-lhe o habitual sms-pontapé-de-saída:  "tão, onde é que é a festa hoje?"

depois fiquei a olhar para o tlm à espera de resposta. entretanto, apercebi-me que ia ser o terceiro ano consecutivo que não ia estar presente no aniversário dela.. e nesse mesmo momento, sou atingida por uma ideia absolutamente selvagem!

telefono à minha mãe. perguntei-lhe se sabia de planos para a noite. disse-me que não sabia de nada, mas provavelmente não, que ela estava sozinha (o gaijo dela tinha ido trabalhar), e grávida de 8 meses, não deve ter apetite para grandes farras... então disse à minha mãe: vou aí abaixo! arranjas qualquer coisa, e fazemos-lhe uma surpresa!

entre sair do trabalho, ir a casa, ir buscar o carro, voltar a lisboa para ir buscar o marido que estava atrasado, às oito e 45 tava finalmente a sair da ponte 25 de abril em direcção a lagos.

fiz a viagem em duas horas e dez minutos, recorde absoluto. abençoada A2, que nos torna a vida tão fácil!
entretanto, os pais já estavam na casa dela e tinham preparado o petisco, sem, claro, avisa-la do par de malucos que descia o alentejo a grande velocidade.

a expressão dela foi priceless, quando abriu a porta, e ao lado do meu pai, que segurava um bolo de aniversário com as velas acesas, aparecemos nós do escuro, a cantar os parabéns. foi completamente apanhada de surpresa. era a última coisa que tava à espera naquela noite, ver-nos ali :)

a visita foi curta, pouco mais de hora e meia, e às três da manhã estávamos de volta a casa, que no dia seguinte era dia de labuta.
no total foram alguns 600km e quase 5 horas a conduzir, numa só noite. muito bom! e valeu cada quilómetro!

engraçado...ela nunca chegou a responder à minha sms he he

19 de Março de 2009, às 19:31link do post comentar ver comentários (10)

Já diziam os antigos: à terceira é de vez!

à primeira, escolhi uma receita errada...
à segunda, com a receita da sara, ficaram um bocatido a mais no forno e estavam assim pro seco...
à terceira, com a mesma receita e menos tempo no forno, ficaram p-e-r-f-e-i-t-o-s!

 

scones

15 de Março de 2009, às 00:36link do post comentar ver comentários (3)

E porque já estava mais que na altura...

desde junho de 2006 que corto o cabelo exclusivamente no wip-hairport, não é uma questão de hábito, é que gosto mesmo de lá ir!

desde o principio que ia pedindo sempre o mesmo corte, que estilo agradava-me bastante, até que comecei a ficar cansada dele mas não tinha grandes ideias de como muda-lo...

...e a inês e a néria fizeram-me isto:

 

 

lindo! lindo! lindo! acho que foi a vez que saí de lá mais satisfeita com o corte. YOU GIRLS ROCK! =D

o mais interessante é que as madeixas combinam com a cor do carro hi hi hi

mais fotos aqui e aqui :D

14 de Março de 2009, às 00:20link do post comentar ver comentários (4)

As coisas que a experiência vai ensinando...

3 regras de ouro quando estiveres fechada num provador com uma montanha de jeans!

 

- quando estiveres a experimentar jeans, certifica-te que não existe nenhum pormenor que te desagrada ou incomoda.. corres o risco de mais tarde implicares tanto com as calças que te apetece rasga-las sempre que olhas para elas...

...e não te deixes enganar pela velha máxima do "elas depois de usadas moldam-se ao corpo".. não moldam nada, que raio de mito esse!

- não ouses enfiar-te num par jeans se te sentires inchada ou depois de uma refeição potente, porque se o fizeres, o teu número habitual vai-te ficar apertado e vais querer experimentar o número acima. se cais na asneira de leva-lo, dias depois tens que passar a usar cinto ou a aperta-lo mais, e arriscas-te ao horroroso efeito balão;

- jeans justos (ou skinny) e ténis não são para qualquer corpo. quando experimentares um par de jeans, não descartes a hipótese de que tipo de calçado costumas usar com mais frequência e certifica-te se é seguro, não vás cair em tentação e depois andar a fazer figuras pateticas por aí..

12 de Março de 2009, às 20:06link do post comentar ver comentários (3)

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mirc.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e yada yada, yada... é ler o blog ;)

bucket list

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores: #11 #10 #9 #8 #6 #5 #4

seguir nos blogs do sapo

Follow follow us in feedly