016 - Re-desenhar o site pessoal

FÓNIX...FINALMENTE!!

o site pessoal ainda tava pior que o último layout aqui do blog lol tava ulta-desactualizado e chegou a desaparecer do mapa quando mudamos de servidor... i-n-a-d-m-i-s-s-í-v-e-l!

anyway, tive a ideia ontem à noite quando me fui deitar, e hoje em poucas horas surgiu uma coisa simples e muito geek.
é uma pequena amostra do meu mundo: css com um bocadinho de photoshop à mistura :)

ainda não tá acabado, falta ali uma foto minha, mas o principal tá feito e pode ser riscado da listinha. YAY!

29 de Agosto de 2009, às 02:37link do post comentar ver comentários (7)

Experiências...

nos cerca de 10 anos que tenho telemoveis, nunca antes escolhi ter o serviço pós-pago...até ontem!

decidimos fazer uma experiência. já que os tarifários da optimus para o iphone, total (pré-pago) e 15 (pós-pago) oferecem praticamente as mesmas condições, quisemos saber se compensa subscrever um plano mensal em vez de ter que fazer carregamentos obrigatórios. a diferença é que optando pelo pós-pago, metemos 10€ ao bolso todos os meses. isto assim de repente, representa uma poupança de 120€/ano em comunicações..

mal uso o telemovel para a finalidade de primordial dele, telefonar, e chego a andar com mais de 80€ de saldo acumulado, coisa que me irrita.. vá lá que excedo sempre os limites de trafego de internet e aquilo vai ratanto o saldo.. espero é que no pós-pago também seja assim..

anyway, acho que vai dar tudo à mesma merda...se quero usar o serviço, sou obrigada a pagar a tempos e horas de uma forma ou de outra.. é, no fundo, mais uma embirração à boa moda tuga, "estar casado com a operadora".. (o que é estúpido, porque normalmente os telemoveis estão bloqueados às operadoras...)

se não acharmos piada a esta história, finda a experiência, aqui a dois ou três meses, é só mandar cancelar o contrato e voltar aos carregamentos..mas a verdade é que ate gostava que funcionasse. a ver vamos :)

"Mãe, estou aqui!"

isto de aparecer no street view do google maps é über geek hihihihihi

 

pena eles não terem usado as fotos da minha perseguição desde ali até entrar na A2, isso é que tinha sido brutal, aposto que dava para ver-me a tirar fotografias ao carro a infringir o código da estrada lolll

@ costa alentejana!

o verão dá comigo em maluca e obriga-me a fazer quilómetros e quilómetros para ter dias de praia inesquecíveis he he

este fim de semana voltamos pros lados da zambujeira do mar, que ficou a saber a pouco no fim-de-semana passado (aquele em que não fizemos praia baaaah).

planeamos em sair de casa na sexta à noite, mas como de costume, os planos falharam e acabamos por sair já sábado ia a meio.
para não perdermos mais um dia de praia, passamos ali por aquela onde deixamos atascar o cascas, que aquelas dunas, têm qualquer coisa de espectacular he he he mas desta vez tivemos o cuidado de deixar o carro bem estacionado, claro.

depois de uma passagem por porto covo para jantar, fomos passar a noite no mesmo sitio que no fim-de-semana anterior.

em vez de nos irmos enfiar logo na praia em frente ao estacionamento que prometia encher-se de gente, quis ir explorar as praias das redondezas. tinha topado umas bem fixes graças à visão de satélite do googas durante o pequeno-almoço.

não foi preciso andar muito para encontrarmos uma absolutamente perfeita!

o acesso fazia-se por um caminho de cabras quase a pique. nada recomendável a pessoas em baixa forma física. e como estava bem dissimulada, estava praticamente deserta.

nessa praia, cujo nome não encontro, tivemos ontem o melhor dia de praia do ano. praia lindíssima, muito calor, sem vento...brutalissimo!

saímos de lá ao sol posto, eu com um escaldãozito e o marido torrado ^^
só tive mesmo pena foi de não ter levado a maquina fotográfica, trazia ali um cartãozinho cheio for sure..fica prá proxima :)

073 - Cravar uns headphones xpto ao marido

então os headphones xpto que eu ando a tentar cravar ao marido há mais de 3 anos são estes AKG K530 branquinhos. são os headphones mais bonitos que já vi e finalmente tenho uns!!



o marido ontem foi à fnac arranjar uns phones para ter no trabalho, mas quando viu estes à venda não conseguiu resistir hi hi hi e acabou por não trazer nada para ele lol
à tarde quando nos encontramos, vinha todo contente, com uma caixinha para mim. quando vi o que era, até me passei!

não fazia a mínima ideia que havia disto cá à venda. só os tinha visto em lojas online e andaram esgotados durante uns tempos..já tava a ver que não riscava a tarefa he he

isto pa ouvir mp3 até é quase um desperdício, mas como ultimamente voltamos a comprar cd's por causa do auto-rádio do cascas, sempre posso tirar mais partido deles :)

<happi geek girl> são tãoooo lindooooos, têm um som tãooooo boooom e o meu gaijo rula tantooooo!!!</happi geek girl>

@ bairro alto!

ontem foi haircut day @ bairro alto, oh yeah!

o marido foi ter comigo ao haiport e quando me despachei, tinha-se posto uma noite tão boa que em vez de irmos logo para casa, decidimos dar uma volta pela zona e ver se apanhávamos abertas duas lojas que há que tempos andamos para visitar.

o bairro alto é um mundo à parte e um dia destes, temos que dedicar uma noite inteira a explorar aquilo melhor.

uma das coisas que mais curti foram as lojas, bem diferentes das que estou habituada.
por exemplo, a sneakers delight, tem a decoração mais louca que já vi numa loja. tinha as paredes cobertas de motherboards pintadas de branco. parecia que formava uma cidade futurista. muito, muito fixe.



uma das paredes estava transformada numa espécie de museu. tinha uma estrutura com várias televisões antigas e por baixo consolas e jogos com mais de 30 anos. autênticas preciosidades!

retro retro retro retro retro

o balcão estava cravejado a teclas de teclados velhos e o banco onde a malta se senta para experimentar os ténis estava forrado a fios de fontes de alimentação.

os ténis eram a coisa que menos sobressaia ali. estavam alinhados no chão, e pronto. é que vale mesmo a pena entrar lá, nem que só para apreciar aquele espectáculo.

numa outra, o tipo da loja tava à porta, com um capacete de clone trooper, a dançar ao som de boys noize que vinha do interior em altos berros, e que o marido não resistiu e voltou atrás pa se meter com o gajo.

saímos de lá e a noite continuou quente, e as ruas apinhadas de gente. nada mal para uma quarta feira. acho que tenho que sair mais vezes :)

Fosga-se, o gajo não dá hipóteses nenhumas!

em plena EN 393-1, prestes a chegar à herdade da casa branca:

ele - como é que se pronúncia róisín?
eu - hum..rói-zin?
ele - bah, assim também eu...quero saber é como se pronuncia em inglês mesmo...

eu - vai à wikipedia lol

1 mn depois..
 
eu - róisín é fixe, agora murphy.....é que não atino mesmo com o nome!
ele - deixa-me adivinhar.... robocop!

...e era mesmo..LOL!

13 de Agosto de 2009, às 02:00link do post comentar ver comentários (3)

Já fomos e já viemos!

o festival parecia a feira popular!
não tinha roda gigante, mas tinha montanha russa, uma cena com camas elásticas pá malta saltar e dar cambalhotas no ar, montes de tendas de comida e de roupa, montes de quiosques a vender tabaco (PÉSSIMA IDEIA, ESTA!), montes de luzes, confusão e o barulho do costume.

como sempre, vamos lá feitos para assistir apenas aos concertos que queremos, e como eram em zonas separadas, foi uma correria. isto, porque já se sabe que gostamos de assistir na primeira fila :)

a actuação da roisin atrasou-se um bocado porque pareciam haver problemas técnicos. começou praí 15 minutos depois da hora prevista, ainda com alguns problemas.. que lhe arruinaram completamente a festa! durante 40 minutos ela tentou, mas acabou por desistir e disse:

"i'm not gonna lie to you... we're having technical difficulties.."

cantou mais uma música e deu de frosques..
a verdade é que o som estava baixo por mais alto que o tentassem meter e ela não se ouvia a ela própria, provavelmente devido à proximidade da tenda electrónica e da barulheira que provinha dali.. foi uma pena, porque gostei do estilo dela e estava curiosa..

bom, dali saltamos directos pro palco principal, onde iam actuar os zero 7.
sabíamos de antemão que iam tocar músicas do novo álbum e a expectativa era alta, mas não foi preciso tocarem muito pra coisa começar a descambar..o som tava péssimo, todo esganiçado, e não se ouviam os cantores. nada daquilo parecia fazer sentido..

há precisamente 3 anos atrás, depois de ter assistido a mais um concerto deles, tinha chegado à conclusão que não gosto de os ver ao vivo. mas este foi de longe o pior dos três..antes ver a sia podre de bêbada em palco. não aguentei até ao fim e disse ao marido para sairmos dali. jurei-lhe que foi a ultima vez que assisti a um concerto deles.
...o que me lixa é que provavelmente vamos gostar do álbum, e vou voltar a fazer outra tentativa para vê-los...bah!

saimos dali e fomos pro concerto dos x-press 2, que já tinha começado. tivemos um bocado por ali mas começou-me a aborrecer e fomos comer qualquer coisa.

como previsto, essa noite acabou perto das quatro da manhã. já não me ia fazer à estrada a caminho de lagos, mas tive à mesma que sair do estacionamento do festival por causa do barulho da tenda electrónica. o carro tava bem longe dela, mas mesmo assim, ouvia-se estupidamente alto e o carro vibrava por todo o lado..era impossivel dormir ali (imagino como será no acampamento do festival, fosga-se!)
pegamos em nós e fomos pra zambujeira. estacionamos em frente à praia, rebatemos os bancos traseiros, fizemos a cama e cá vai disto!
dorme-se bem no cascas, nunca gostei tanto daquele tecto panorâmico :)

acordamos por volta das nove, com uns espanhóis a meter musica empastilhada. os gajos tinham pa lá uma aparelhagem à maneira, com altas colunas, e um deles estava agarrado àquilo, a misturar. o som até tava fixe e já tinham ali uma pequena multidão a dançar.
por volta das 10 arrumamos a tralha e bazamos pa lagos.

à uma da manhã estávamos de volta ao festival..ainda perdemos cerca de uma hora a tentar arranjar estacionamento, a coisa tava complicada..por fim, saímos e voltamos a entrar por uma zona mais afastada e lá encontramos lugar..

era noite do etienne de crecy. nunca o tinha visto ao vivo e como está classificado como "uma das nossas bandas" * (apesar de ser só um gajo), tinha mesmo que ser.
o concerto foi espetacular e valeu pelo festival todo. o bacano estava lá no meio de uma estrutura em forma de cubo, com luzes projectadas e strobes e aquilo tava mesmo fixe. o som também estava à altura. não me soube tão bem quanto chemical bros., daftpunk ou kraftwerk, mas tava bem fixe.

nessa noite saímos de lá também por volta das 4 da manhã. a policia já tinha o arraial montado à entrada de s. teotónio, pa caçar a malta que vinha do festival. tava eu a virar a esquina e um slot a vagar na fila de carros parados, pensei: "é desta que me mandam parar o cascas!", mas não...aposto que se tivesse o polo tinha ficado logo ali!
este é mais um mistério do entroncamento: já passei por inúmeras operações stop desde que tenho o carro, mas pelos vistos, não querem nada comigo hehehe

anyhoo..vinha com tanto sono que quase que parei em aljezur para dormir..mas fiz um esforço monumental e consegui conduzir mais 20km até bensafrim, para dormir numa cama fofinha he he

no domingo, em vez de me ir enfiar na praia, dormi a tarde toda..raio de desperdício de bom tempo precioso... baaaah!

nessa noite saímos de bensafrim já tarde e apanhamos o concerto de basement jaxx a começar, logo não deu para ir lá pra frente...mas ainda bem que não fomos!!

pensava eu que ia assistir a um concerto de música electrónica, mas o que encontrei foi um concerto pseudo-metaleiro...não se aproveitava nada, nada... mega-desilusão!!
assistimos a três musicas, entre elas a minha favorita, mas nem essa me convenceu. pegamos na gente e fomos comer qualquer coisa antes de nos fazermos à estrada novamente.

interessante que este ano não saí dali a odiar o festival, como aconteceu nos anos anteriores.
claro que a faixa etária dominante é <20, claro que aquela gente tem um conceito de diversão completamente diferente do meu, e fazem as figuras mais tristes à face da terra...mas desta vez consegui abstrair-me de toda a desgraça humana e curti aquilo à minha maneira.
a verdade é que já passei lá grandes momentos que me deixaram boas recordações, e como sou apegada a essas coisas, não consigo deixar de gostar do festival por muito merdoso que seja...e pro ano, se trouxerem bandas decentes, lá estarei!

* em vez de termos uma música nossa, como é costume entre os casais, temos uma série de bandas, basicamente aquelas que costumavamos ouvir quando começamos a namorar. as principais são air, thievery corp., massive attack, moby (blergh..), entre outras

 

E o ponto cardeal deste fim-de-semana é... SW!

o festival do sudoeste este ano trocou-nos as voltas...era suposto ser um "ano-não", como todos os anos impares desde que começamos a ir, mas quando fui espreitar o cartaz fechado, até me passei...

tinhamos planeado ir a paredes de coura ver NIN, mas com zero 7 e mais umas quantas bem fixolas a actuar no sw, não quisemos saber de mais nada!

hoje são logo três: róisín murphy, zero 7 e x-press 2, sabado é etienne de crecy e domingo é basement jaxx, tudo coisinhas pa começar depois da meia-noite..

esta primeira noite deve acabar lá pras quatro e meia da manhã, e como tal, planeio crashar dentro do cascas mesmo!
por acaso já andamos há uns tempinhos pa experimentar como é passar lá a noite..no polo era BEM desconfortavel :P

só espero é ter energia praquilo tudo, que hoje acordei esquisitóida...

Meter areia é connosco!

o marido andou a semana toda a chatear-me que queria ir para uma praia deserta..ora, praias desertas nesta altura do ano só conheço umas, ali como quem vai prá galé!

fizemo-nos à estrada rumo a sul, e à parte de quase ter atropelado um gajo porque estava distraída a tentar perceber os novos sentidos do trânsito da baixa de setúbal, e ter perdido o ferry por 1mn por me ter metido numa rua que usava para ir para o cais de embarque e agora está fechada, correu tudo bem..ou quase lol

então, lá chegamos a uma zona que nos parecia bem, e assim que vimos um caminho com ar transitável, viramos à direita, sem saber bem onde estávamos, mas isso era o menos!

vimos finalmente o mar, estava apenas a uma descida com ar manhoso... bem manhoso, que era só areia.. descer fez-se bem, apesar do abs (acho eu) guinchar quando travava, mas mal estacionei, comecei a ter pesadelos com a subida...tipo, já metemos o cascas em sítios lixados, mas nunca nada que envolvesse uma subida de areia solta...
bom, mas estavam lá mais carros "normais", o que queria dizer que não éramos os únicos loucos...

tava-se mesmo bem na prainha. num raio de 500m não havia vivalma, parece impossível mas é verdade, ainda existem praias desertas em agosto :)
tivemos ali umas boas horinhas nas dunas, de papo pro ar, a apanhar solinho. tava um bocado de vento, mas era quente e não chateava.
por volta das 7 começou a fazer frescote e resolvemos regressar. já não estava quase ninguém por ali, restava apenas um grupo de malta, que se estavam a debater com o carro de um deles, que estava enfiado na areia..comecei logo a ver a minha vida a andar para trás lol

subi aquilo à pata para analisar a gravidade da coisa..não tinha mesmo bom aspecto, mas pronto, tinha que sair dali, desse pronde desse...

bom..pego no carro, pé no acelerador e cá vai disto!

e lá vai gajo disparado. volta e meia engasgava-se com a areia, nada que uma gazada não o fizesse soltar. íamos os dois já todos histéricos com o desempenho do bixo, quando no ultimo meio-metro de caminho manhoso a coisa meteu areia a sério.
foi mais má decisão da nossa parte que outra coisa qualquer..optamos pelo caminho menos crateras, que também era o que tinha mais areia solta e um "degrau" lixado...a areia ele comeu, o degrau é que não..

não trazia força suficiente para subir aquilo e engasgou-se como ainda não lhe tinha acontecido..na murração, três semanas antes, subiu uma coisa parecida aquela, mas pior, só que, como vinha a todo o vapor, nem bufou..

umas tentativas e nada, as rodas da frente estavam enfiadas na areia pela metade. ainda vieram de lá os bacanos que entretanto já se tinham safado, dar uma mãzinha, mas a coisa só lá foi quando descaí o carro uns bons metros e meti com ele em cima dos pastos!

comeu pó que foi uma alegria. veio todo badalhoco...mas não vale a pena ir lava-lo, que sexta tá batido na herdade da casa branca hi hi hi

...mas sim, acho que um todo-o-terreno não me fazia mal nenhum, que eu gosto de me meter naqueles caminhos..ui se gosto!

3 de Agosto de 2009, às 00:42link do post comentar ver comentários (7)

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mirc.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e yada yada, yada... é ler o blog ;)

bucket list

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores: #11 #10 #9 #8 #6 #5 #4

seguir nos blogs do sapo

Follow follow us in feedly