Planos para amanhã

- acordar cedo;
- palmilhar 15km junto às falésias;
- fazer 11 caches no processo;
- almoçar um peixinho grelhado na taberna do gabriel;
- tirar montes de fotos!

e o que aconteceu realmente:

- acordar cedo, mas sair de casa tarde;
- palmilhamos 8km pelas falésias e passamos metade do tempo a sacudir carrapatos das calças;
- tivemos à porta da taberna, mas a horas impróprias;
- apanhei um escaldão à camionista;
- e mesmo assim ainda tirei umas quantas fotos!

 

....meh!

30 de Abril de 2010, às 21:27link do post comentar ver comentários (3)

Great sucess!

parece que desta vez consegui agradar a gregos e troianos he he 
a maioria do pessoal parece gostou dos novos ares aqui do *jardim*, à parte do choque inicial que foi eu ter corrido com o cor-de-rosa à força toda.
ainda não me arrependi, alias, estou a curtir à brava deste verde limão fresquinho.. faz-me lembrar o verão que está aí a rebentar!

agora, tenho que arranjar um plano qualquer para começar a escrever mais, para isto não parecer tão abandonado, que até me faz doer a alma lol

and, many many thanks pelo vosso feedback, u rule!!

30 de Abril de 2010, às 20:10link do post comentar ver comentários (3)

PINK NO MORE!

pois é...o reinado do cor-de-rosa chegou ao fim (pelo menos para já).. foram 5 longos anos dessa cor fofinha, mas já não ando tanto a ver a vida nesses tons (algum dia a malta haveria de começar a ganhar juizo, né?), logo achei que tava na altura de mudar.

virei-me para o verde, pa desintoxicar!
deve ser porque agora andamos numa de contacto com a natureza e tal lol. mas a verdade é que o verde é uma cor que transmite calma e paz de espirito
e acho que é capaz de funcionar por aqui durante uns tempos.

como tava cheia de pressa para mudar isto, não entrei em grandes pormenores. se funcionar, logo perco mais tempo a arrumar a mobília..

espero pelo menos que, com esta mudança, a vossa estadia passe a ser mais agradável :)

(btw, ainda não testei em internet explorer...se estiver caótico não se admirem..)

29 de Abril de 2010, às 00:42link do post comentar ver comentários (25)

É oficial, temos um novo hobby!

"porque é que raio só aos 30 é que comecei fazer caminhadas?" perguntava-se o marido ontem, quando regressávamos de mais uma cache perdida algures da arrábida.. 

i say mais vale tarde que nunca!

de facto, descobrimos que gostamos de fazer caminhadas. há que culpar o geocaching por esse achado, pois foi aquilo que nos meteu a palmilhar vales e serras como se não houvesse amanhã! 
agora acabamos quase sempre por escolher caches que nos proporcionem caminhadas jeitosas. não há nada como sair num dia bonito, para uma zona bonita, e andar uns quantos quilómetros a puxar pelas pernas e a respirar ar puro. tanto faz bem à alma como ao corpo. e as dores musculares resultantes do esforço até se digerem bem he he he

inclusive passamos a apreciar mais os sítios por onde passamos, porque, se antes fazíamos tudo de carro para ver o máximo possível no tempo que tínhamos disponível, agora já vamos assentado e preferimos dedicar mais tempo a conhecer bem determinada zona em vez de andar a correr de um lado pro outro feitos loucos.

o mais curioso é que eu nunca fui muito fã de andar à pata, e continuo a não ser, se tiver que o fazer por obrigação, tipo ir buscar/deixar o carro à garagem ou ir ao supermercado, etc etc, agora, no meio do mato, a coisa muda completamente de figura, sou capaz de andar até ter os pés e as pernas feitas num oito. é brutal!

a peneda/gerês e a estrela é do melhor que conheço para caminhadas extensas, e a arrábida é especial porque combina duas das coisas que mais gosto: montanha e mar, apesar dos trilhos serem bastante intensos e algo manhosos. 
agora há que procurar mais e conhecer outras zonas, há muitas montanhas e parques naturais por esse país fora. caramulo por exemplo, deve ser espectacular e não me pareceu difícil de palmilhar. o algarve também tem trilhos bastante interessantes que vale a pena descobrir. 

é arranjar mapas, senhor, é arranjar mapas!

Fomos à bola!

...e esta é a história por trás desse evento!

(...e este é um post que vem com quase uma semana de atraso :P)

quando descobriu que eu tinha clube, o marido (que não liga puto a futebol) ficou chocado.. aliás, chateado, atrevo-me a dizer.. nunca lhe tinha ocorrido que a mulher pudesse ligar a essas coisas e assim de repente, não achou muita piada...

..mas eu não tenho culpa!
não é que ligue aos jogos e aos resultados, mas é daquelas coisas que vêm desde que somos pequenos e vai ficando.. quando em pitos nos perguntavam qual era o nosso clube, tínhamos que ter resposta na ponta da língua se não éramos olhados de lado/gozados... é que não pertencer a nenhum clube é mais grave do que não ter religião ou filiação partidária LOL
anyway, pois por razões que desconheço, sempre fui pelo benfica. lá em casa éramos todos do benfica.. menos o meu pai, que torce pelos lagartos he he

mas passado o choque inicial, o home acalmou-se e começou a dizer que até era capaz de ser fixe ir assistir a um jogo, pois que devia ser emocionante sentir ao vivo aquela agitação toda típica de uma partida de futebol..mas não podia ser um jogo qualquer, tinha que ser um clássico... e clássico só há um: benfica-sporting! 
eu, que nunca assisti a um jogo sem ser os da 2ª divisão regional lá na terrinha, não disse que não, experiências novas são sempre bem-vindas  :)

entretanto o tempo foi passando até que um dia, o tó esteve-nos a contar as peripécias dele e do pai num jogo entre o benfica-sporting em alvalade na noite anterior. como o marido queria assistir a um jogo desses, ele ficou de arranjar os bilhetes para quando tal voltasse a acontecer.. e não demorou muito!

chegado ao dia, lá fomos, todos felizes e todos contentes, a caminho da catedral, espremidos num mar de benfiquistas desde o marquês até ao alto dos moinhos. mas no estádio é que as coisas tavam mesmo complicadas...acho que nunca antes tive que atravessar uma multidão tão compacta... não cheguei a temer pela minha vida, como no concerto dos prodigy num sudoeste qualquer em que ia sendo esmagada contra as barreiras, mas tava complicado atravessar aquela gente toda para chegarmos até à nossa entrada..

ficamos lá para cima, com uma vista brutal sobre o estádio todo. tenho que admitir que fiquei com pena dos sportinguistas, porque salvo uma pequena fatia muito bem guardada por senhores em coletes florescentes, o estádio era todo ele vermelho...e não tou a falar na cor das cadeiras heheh

os vizinhos da fila de cima estavam bastante entusiasmados!
se por um lado, debaixo da pala estavamos abrigados da chuva que caía, por outro, nada nos protegia contra a tempestade de perdigotos que vinha de trás.. "FILHO DA PUTA", "PARECES UMA PUTA A CORRER", "URSO" entre outras coisas bastante poéticas era o que mais ecoava por ali...tive pena do puto que estava sentado à minha frente loll 
o marido entrou no espirito da coisa e aproveitou para soltar ali todo o seu vocabulário numa berraria sem precedentes. saiu de lá rouco!
eu não chamei nomes a ninguém, mas juntei-me aos cânticos todos (ainda tou para saber é como é que eu conhecia as letras daquilo : / ) loll

então e não é que até gostei...?
22 mecos a correr atras de uma bola durante 90mn não é a coisa (que acho) mais estimulante de se ver na tv...mas ao vivo muda completamente de figura, é que nem é pelos gajos que estão lá embaixo a jogar, mas sim pela maralha a reagir ao jogo. a energia do estádio inteiro a vibrar em uníssono é qualquer coisa de impressionante!

...e o benfica até colaborou e meteu dois golaços na baliza alheia e fez a noite à malta!

posto isto, só tenho a dizer que é capaz de ser experiência a repetir :)

18 de Abril de 2010, às 01:52link do post comentar ver comentários (7)

Os sitios onde o geocaching nos leva II

ultimamente não temos feito outra coisa se não andar às caches..deve ser por causa dos tempos de seca prolongados durante o inverno que passou, tivemos 4 meses sem fazer nenhuma e agora andamos a tirar a barriga de misérias :P

então, recomeçamos a meio de março quando andamos pelos lados do marvão.

há dois fins de semana atrás fizemos um powertrail ali prós lados de azeitão, cerca de 8km sempre em frente. tarde bem passada e nove caches na mala.

no fim de semana de páscoa, começamos logo na sexta, com a cachewalker do castelejo. o dia estava espectacular. 
foram alguns 10km em circulo a subir e descer montes e ainda passamos pela praia. foi mesmo a matar.

Cachewalker

no sábado e no domingo andamos a limpar as caches junto à costa desde os montes clérigos (aljezur) até à cordoama (vila do bispo).
umas mais difíceis que as outras, do tipo andamos enfiados até às orelhas no meio das estevas sem saber muito bem para que lado ir já que não havia trilhos nenhuns, era do tipo "o carro tá ali em baixo, é prali que temos que ir" e não ligues aos bichos a que dás boleia pelo caminho, ou fazer uma cache que envolvia subir a um monte assim nada pequeno já com a noite a cair...coisas do género, o que importa é que o dia acaba e a malta ainda esteja a respirar he he

Vale Figueiras

a verdade é que a costa vicentina é do mais bonito que o algarve tem para oferecer e nunca cansa, sejam as matas, as praias quase selvagens ou as falésias sobre o atlântico com vistas de cortar a respiração. sempre que posso dou um saltinho àquelas bandas pa recarregar as "baterias".
nunca gostei muito de bensafrim, mas tenho que admitir tem uma localização bastante estratégica, dá acesso rápido tanto à costa sul, como à costa oeste, e a verdade é dá um certo jeito ter casa lá he he

entretanto, e 250km mais a norte..

ontem decidimos ir para a arrábida, cachar à séria. quando digo à séria, falo em caches de nível 4 (de 5), quase inacessíveis a não ser pelos trilhos labirínticos que por lá existem.. e nem vou falar nas variações de relevo da serra :P
encontramos dois cotas geocachers que deram umas dicas preciosas antes de nos enfiarmos pela serra a dentro, já que nós não conhecíamos nada daquilo e eles já tinham uma certa experiência naquela zona.

a vegetação é densa e os trilhos são apertados. na maior parte do tempo, para além de não conseguirmos ver por onde andávamos, tínhamos que andar quase agachados e as plantinhas não nos pouparam, era com cada vergastada que quando de lá saímos, mais parecia que tínhamos sido atacados por um urso selvagem.
por milagre não cheguei a torcer um pé naquelas rochas afiadas (mas houve umas quantas ameaças :P)!

fizemos 5 caches em 4 horas, sempre a abrir. foi puxado, puxado, puxado!
onde perdemos mais tempo foi no pico do formosinho, no ponto mais alto da serra. vista maravilhosa, via-se tudo em redor. t-u-d-i-n-h-o!



com cerca de uma hora de luz e um trilho que não saibamos onde ia ter, achamos por bem voltar ao ponto de partida e onde estava o carro.
demos corda ao chanato e cá vamos nós, mato fora. descemos e subimos e descemos e enganamo-nos (pensamos nós na altura), e subimos, e subimos e descemos outra vez, sempre em passo acelerado.

quando finalmente chegamos ao carro, parecida que tínhamos levado um camaçal de porrada. não bastavam já os arranhões nos braços, como as pernas e os pés tavam feitos num oito..acho que não havia músculo que não me doesse nas pernas, por momentos pensei que não me restavam forçam para conduzir o carro de volta a casa..

...e como (in)consequência do dia de ontem, hoje as pernas doiam-me pa cacete! custava a subir e a descer degraus, e a cada passada que dava, conseguia ouvir os músculos a gritarem "sua imprudente, maldita, toma lá qué prà aprenderes! *sting sting*".. ouch!
mas não levaram a melhor, pois quando cheguei a casa ainda "pedalei" 45mn em cima da elíptica :P

claro que pior a emenda que o soneto, porque ficamos deveras entusiasmados com os trilhos da arrábida e agora queremos conhecer aquilo melhor.. e ainda ficaram lá muitas caches por encontrar..temos é que começa-los mais cedo, e não as 4 da tarde :P

(btw, se alguém por aí conhecer os trilhos na palma da mão, dicas, mapas etc são muito bem vindos..isso ou eventos que se realizem por lá, caminhasdas, etc.. era informação muitíssimo bem vinda!)

Jump!

jump


normalmente só aproveito a foto em que estou mais alto, mas a perspectiva em que os saltos estavam a ser fotografados era tão boa que o marido sugeriu que juntasse a sequência toda. o resultado ficou impecável!

mais fotos de saltos por aqui :)

3 de Abril de 2010, às 03:58link do post comentar ver comentários (2)

Good news, everyone!

pois que há uns meses atrás recebi um mail com uma proposta de trabalho que nem queria acreditar. pensei que era treta, mas pelo sim pelo não, decidi ir em frente com aquilo.. tipo, não tinha nada a perder.. 
seguiram-se entrevistas por telefone, prestação de provas, etc etc e quando dei por mim tinha chegado ao fim do processo. mas como nunca mais ouvi nada deles pensei que a coisa tinha morrido por ali..
até que há umas semanas atrás recebi um telefonema a dizer que tinha sido seleccionada para o lugar, e caso aceitasse para não me preocupar com mudança e adaptação ao novo pais que eles ajudam a tratar de tudo!só tenho que fazer as malas e meter-me num avião e...

...irlanda, aqui vou eu!!! YAY

OMG tou tão excitada com isto hihihihihi não disse nada antes que era para não agoirar hehe he

...quem não achou piada nenhuma foi o marido, que vai ter que ficar sem mim durante uns tempos..oh well..

 

1 de abril, é claro!

 

se curto o dia das mentiras!
é tipo o único dia do ano em que se pode avacalhar à séria sem ser levado a sério. é uma curte andar a meter petas e a cair nas dos outros. acaba por ser um dia diferente dos outros porque andamos desconfiados até da a própria sombra heheheh
claro que há quem não ache piada nenhuma, mas then again, eu também não acho piada a muita coisa e nem por isso ando a implicar com a malta..

a minha mentira deste ano aqui no blog foi muito fraquita, tinha umas pernas tão longas que acabou por não enganar ninguem...isso ou então já me conhecem demasiado bem :)

bom, primeiro nunca houve uma proposta fora-de-série. besides, sou apaixonada pelo meu sapito, por isso, era MUITO difícil darem-me a volta.depois, deixar portugal? quem, eu? NO WAY! minhas belas praias, meu rico alentejo, meus belos parques naturais..nem pensar! além disso, seria incapaz de viver na irlanda. srlsy..visitar ainda vá que não vá, agora viver lá é que não!por ultimo, e aquela que fez com que ninguém acreditasse em mim, jamais deixaria o marido para trás para ir atrás de um emprego lá fora. ou íamos os dois, ou não ia nenhum, claro está!

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mirc.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e yada yada, yada... é ler o blog ;)

bucket list

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores: #11 #10 #9 #8 #6 #5 #4

seguir nos blogs do sapo

Follow follow us in feedly