Shit just got SERIOUS

 

 

aos 4 anos, 4 meses e 6 dias... w00t!!

28 de Novembro de 2012, às 21:16link do post comentar

Oh migas...

...tão vocês deixam os vossos homens chafurdarem nos vossos "cantos" mais recônditos, deixam-nos inclusive, assistir aos vossos partos, mas não admitem ver um tracinho de cócó deixado por eles na sanita?

 

comé? que raio de intimidade é essa? :D

28 de Novembro de 2012, às 18:58link do post comentar

Outros tempos...

aos 16 anos não ligava cú a computadores. não era uma coisa que muita gente tivesse em casa.. eu por acaso tinha um desde os 13, que custou aos meus pais alguns 400 contos (que há 20 anos atrás era um porradão de guito!), sem contar com os quitanços sofridos ao longo do tempo (um monitor maior, impressora a laser, scanner, placas diversas, disco rígido - o original tinha 20 MB, uma anedota nos dias de hoje -, drive de cd's, etc), mas achava que, à parte daquilo dar jeito para tornar os trabalhos de casa mais apresentáveis, fazer os menus do restaurante, consultar uns cd-roms e jogar solitaire, não parecia ter grande utilidade.. desconhecia que nessa altura os dados já circulavam alegremente pelas linhas telefónicas, algo que revolucionava completamente as máquinas.

 

entretanto apareceu uma sala de informática na escola, frequentada por meia dúzia de nerdizitos sebosos, armados com diskettes até aos dentes.. mas eu continuava sem sentir grande fascínio pelas máquinas e nem me aproximava de lá (jamais me passaria pela cabeça a importância que viriam a ter na minha vida)..

 

..mas lembro-me perfeitamente do dia em que vi um computador ligado à internet pela primeira vez :D  

 

estas coisas deixam curiosa em relação à geração que tem agora essa idade que está perfeitamente familiarizada com computadores e telemóveis e internet, com e sem fios.. pergunto-me como será a realidade deles daqui a 10 ou 15 anos? será que até lá, vai aparecer alguma coisa que lhes revolucione completamente a vida como aconteceu comigo?

22 de Novembro de 2012, às 22:36link do post comentar

Amarfanhemos

quando marcámos a viagem para madrid começámos à procura dum mapa ou guiazeco que nos auxiliasse durante o passeio. depois de muito chafurdar por essa internet, o marido sai-se-me com esta sugestão, directa da loja online da fnac: um mapa feito numa espécie de tecido, completamente amarfanhável! 

 

achei o conceito genial, porque os mapas em papel são das coisas mais asquerosas alguma vez inventadas.. se não temos cuidado, desfazem-se em menos de nada.. e são chatos, incómodos, pouco user friendly e fazem-nos parecer uns parolos quando manobramos aquilo.. mas este foi concebido para ser tudo o que os mapas não são: práticos e discretos. era só amarrotá-lo e enfiá-lo no bolso... WOOOOOH!

 

atacámos a fnac mas recheada do pais - a do colombo - para ver se tínhamos sorte, que já não havia tempo para mandar vir de fora. não encontrámos nenhum exposto, mas o marido tratou de melgar um colaborador que gentilmente lhe foi buscar o ÚLTIMO que havia na loja!

 

UntitledUntitledcrumple!Untitled

 

sim, foi completamente amarfanhado, amarrotado, amachucado, enxovalhado, e sim é tudo aquilo que nos foi prometido: é mesmo muuuuuuuuuuuuuuuuuito prático, leve, bonito, e indestrutível (à prova de água e tudo!) :D


resumindo: É GENIAL!

 

...e como o meu hóme sofre de OCD, a primeira coisa que fez quando chegou a casa foi desamarfanhá-lo cuidadosamente, esticá-lo bem esticadinho, dobrá-lo com muito aprumo e guardá-lo na caixinha - largando cobras e lagartos sobre os maus-tratos que a caixa tinha sofrido na minha mochila muhahhaha

 

agora apetece-me a comprar a colecção toda :D

21 de Novembro de 2012, às 21:20link do post comentar(1)

Dá Deus nozes a quem não tem dentes II

um dos desgostos do hóme é que eu não queira ser dona dumas galochas destas..

 

cada vez que passa por uma loja que as tenha expostas vai lá encostar o nariz, fazer-lhes umas festinhas, uns miminhos e suspirar um bocadinho.. adora-as e quer à força toda comprar-me um par, mas eu não quero nem ouvir falar do assunto.. já lhe disse que me pode oferecer - quando tivermos uma quinta ou uma horta que seja, para mim ter desculpa para andar com aquilo calçado.. além disso, tenho coisas mais importantes na minha wishlist, tipo uma objectiva nova (hint hint) :D

 

que tristeza.. o meu gajo é mais fashion que eu!

20 de Novembro de 2012, às 22:42link do post comentar

Episódios da vida na aldeia III

volta e meia o pessoal que gere o santuário do cristo rei decide rentabilizar o monumento, provavelmente para ajudar a pagar as contas. nada contra.

 

actualmente têm lá um par de telas penduradas, que parecem mencionar o ACP.. parecem, que ainda não consegui perceber bem do que se trata aquilo, consigo apenas reconhecer o logo.

 

isto aguça-me a curiosidade: a quem está dirigida aquela publicidade, aos visitantes do monumento ou aos condutores que passam na ponte? e já nem digo à malta que está em lisboa lisboa, que a coisa só lá vai com binóculos :D

 

se é para os primeiros (e quanto muito aos que viajam à pendura ou no fertagus), a coisa morre já por aqui e não se fala mais no assunto, mas se é para os segundos, então desculpem lá, mas aquilo não parece ser uma ideia particularmente iluminada..

é que as telas são tão "pequenas" que não se consegue ler um caracol durante a maior parte do trajecto no tabuleiro da ponte. só já perto da saída é que se começa finalmente a perceber que está ali qualquer coisa escrita.. pena que nesta altura não nos podemos dar grandes distracções, pois arriscamo-nos a espetar o carro no cú de alguém.. e quando voltamos a olhar lá para cima, puf.. gone with the corner!

 

(entretanto passei pelo monumento e confirma-se que é mesmo publicidade ao ACP, dirigida a quem passa na ponte.. :P) 

 

pergunto-me se os responsáveis por trás daquela obra já se terão apercebido da fraca visibilidade que aquilo tem? e o anunciante, que pensará de estar a pagar uma publicidade que não funciona? 

20 de Novembro de 2012, às 20:44link do post comentar

Dexter

como é que é possivel uma série já ir na 7ª temporada e continuar.. TÃO. BOA!?!?!?!

 

(atenção que há spoilers nos comentários lol)

20 de Novembro de 2012, às 00:30link do post comentar ver comentários (2)

Geek days

épica romaria anual dos geeks à capital a decorrer em pleno!

 

Untitled 

como já vem sendo hábito por esta altura do ano, os últimos dois dias foram passados num pavilhão escuro e isolado da luz natural, no meio de centenas de outros geeks e milhares de gadgets de todo o tipo: portáteis, tablets, smartphones, máquinas fotográficas, displays, set-top-boxes, leds, robots, mini-computadores, placas de circuitos, carros telecomandados, impressoras 3D, arcades, consolas, etc etc, cabos de rede e wireless a debitar 300mbps... 

 

...a definição de paraíso para muitos de nós :D

 

aqui respira-se tecnologia (srly - consegue-se cheirar o magic smoke libertado pelos aparelhos loll), absorve-se inovação, queima-se neurónios, germina-se ideias, desenvolve-se projectos, quebra-se dietas e assassina-se o sistema digestivo. tudo isto, rodeado de muita, muita diversão e convívio.. e onde tudo pode acontecer!

 

chick magnet

 

nem as poucas horas de sono demovem este pessoal, que aproveita tudo ao segundo \m/

17 de Novembro de 2012, às 01:54link do post comentar

LiWL, agora 99% menos verde!

acalmem os vossos corações ecologistas, foi apenas o blog que se despediu do verde :D

 

muhahaha os nossos olhos podem finalmente respirar de alivio. mas, cum caneco, se tava difícil de sair.. o primeiro esboço data de janeiro e passou por 8 versões até chegar ao resultado que me agradasse final... FFFUUUUUU!!

 

como as visitas com dispositivos móveis (smartphones, tablets, etc) dispararam alarvemente, fiz um esforcito para meter isto tudo pipi pra vomecêas (especialmente se são portadores de retinas, lucky bastards!!).

portanto.. não se admirem disto andar "partido" ou mal-amanhado nos próximos tempos, que ainda tenho aqui muito trabalhinho, entre afinações, bugs e limpeza de código manhoso nos posts.

 

agora.. fixe fixe era aproveitar o evento mais geek do ano para testar isto like a boss. o que não falta aqui são dispositivos, sistemas operativos e browsers, do mais mainstream ao mais.. exótico!


so.. vai uma ajudinha? :D

 

[entretanto a malta - muito obrigada, btw - tem estado a reportar bugs. há um stress no funcionamento do arquivo que tem que ser corrigido. as coisas em windows já estão melhores, o ie7 é que é para esquecer..]

15 de Novembro de 2012, às 22:58link do post comentar ver comentários (10)(1)

Vivo na zona errada do Outono

não sou nada fã do outono. custa-me horrores trocar os dias longos de calor e sol pelos dias curtos de frio e chuva, os calções por calças e as havaianas por botas, sem nada agradável em troca..

 

...ou era o que eu pensava até este primeiro fim-de-semana de novembro! 

 

covão da ametade

 

Untitled DSC_0250 Untitled Untitled Untitled Untitled Untitled Untitled

 

afinal o outono é lindo, cheio de cor e de contrastes, frio, mas agradavel ao mesmo tempo... pena ficar tão longe...

(mais fotos aqui

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mirc.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e yada yada, yada... é ler o blog ;)

bucket list

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores: #11 #10 #9 #8 #6 #5 #4

seguir nos blogs do sapo

Follow follow us in feedly