Coisas idiotas que faço questão de deixar registadas

aos 4 anos e 8 meses o cascas foi finalmente mandado parar pela polícia (em portugal).. fónix, tava ver que nunca mais acontecia!!!

 

forças misteriosas do cosmos têm evitado sucessivamente que a bófia considere o meu carro necessitado de fiscalização, algo que me fazia suspeitar de algum imbróglio com a papelada e eu tinha era uma sorte do caneco. bom, foi hoje.

 

quase à porta de casa, like a boss. por momentos ainda pensei que já me tinha f'dido… a modos que é um bocado penoso respeitar o limite de velocidade da ex-zona pedonal, especialmente depois das dez da noite, e a coisa às vezes escapa uns 3 ou 4km do suposto. mas parece que não foi o caso. inda bem he he he

 

for the record, há mais de 5 anos que não flashava a carta de condução a um agente da autoridade :D

19 de Março de 2013, às 22:51link do post comentar ver comentários (4)

A internáite só me dá más notícias II

BAI BAI GOOGLE READER

 

custo a acreditar neste anuncio, e custo a acreditar neste tipo de modelo de negócio - irritar utilizadores fieis. aposto que na base desta decisão (merdosa) está o G+.. querem à força meter-nos a usar aquilo - que by the way, NOT GONNA HAPPEN. primeiro cortaram com os shares, uma funcionalidade muita porreira e que providenciava endless hours of fun, e agora decidiram dar-lhe o golpe final. 

 

quando me apresentaram ao RSS, no inicio de 2005, fiquei completamente rendida ao potencial da tecnologia, que me permitia pegar numa porrada de sites (especialmente blogs) e segui-los num único sítio. poupava-me imenso tempo e era uma forma realmente prática de acompanhar e consumir conteúdos quase desenfreadamente.

 

comecei por utilizar aplicações nativas, mas rapidamente voltei-me para as web based, sempre era menos uma aplicação a correr e apenas mais uma tab no browser. usei o netnewswire durante algum tempo, e depois mudei-me de armas e bagagens para o netvibes

 

entretanto veio-me parar uma coisa às mãos que mudou a forma como utilizava a internet - passou a andar comigo no bolso - e como tal, tive que ajustar os meus hábitos de internauta (ROTFL). um deles era precisamente a forma de seguir feeds. inicialmente experimentei várias apps, mas por causa da sincronização entre o iphone e os pc's, nenhuma parecia realmente portar-se à altura.

 

foi então que decidi começar a usar o google reader. conhecia-o de ginjeira, embora o seu aspecto tenha-me mantido sempre à distância.. mas como parecia ser a única solução, bora lá dar-lhe uma oportunidade.. e foi o inicio de uma longa e proveitosa relação, até aos dias de hoje!

 

adoro-o pela sua simplicidade, rapidez, funcionalidade e disponibilidade. entretanto sofreu vários facelifts ao longo do tempo que lhe foram tornando a interface cada vez mais agradável, culminando nesta actual, que está pura e simplesmente genial..

 

..e vão-lhe puxar a ficha.. ARGHHHHHHHHHHH!!! PQP!!

A internáite só me dá más notícias I

STAR WARS VII

 

não entrarás em pânico por causa da brigada do reumático ter sido convidada a integrar no novo "episódio" de star wars… não entrarás em pânico por causa da brigada do reumático ter sido convidada a integrar no novo "episódio" de star wars… não entrarás em pânico por causa da brigada do reumático ter sido convidada a integrar no novo "episódio" de star wars… não aprenderam nada com o indiana jones e o reino do crl qu'os f*da??

 

LARGUEM A MERDA DA TRILOGIA!!

 

lá por andar meio off the grid não quer dizer que não acompanhe todas as desgraças que acontecem por esse mundo fora :P

15 de Março de 2013, às 19:34link do post comentar

Já diziam os antigos…

..que não há dois sem três!

 

casamentos, that is. este foi um bocadinho diferente dos outros dois, mais descontraído, com muitas caras conhecidas, muita juventude, muita doidice. a quinta podia não ter um jardim muito grande, mas os espaços eram bastante acolhedores. e desta vez, como o local era bem mais perto de casa, já saímos vestidos e prontos para a cerimónia, não houve cá figuras à porta da igreja he he he

 

no fim até deu para dar um pezinho de dança - em cima de saltos, hem, respect! - que os dj's tavam on fire e eu (ou não tivesse nascido nos 70's) sou incapaz de resistir a disco :D 

 

Untitled Untitled

 

o tempo é que não esteve lá muito disposto a colaborar.. em vez de um dia de pré-primavera, como costuma ser normal no inicio de março, brindou-nos com vento forte, frio, chuva e até trovoada.. o verdadeiro party pooper. tanto, que até me inspirou um haikuzito:

 

março marçagão,

meu grande cabrão, 

que não nos poupas ao trovão! 

 

o meu outfit acabou condicionado pelo sacana.. se quisesse usar um vestido para a ocasião, tinha obrigatoriamente que enfiar-me num par de collants.. e esse era um sacrifício que eu tinha a certeza que não queria fazer.. tipo, umas horas aguento, um dia inteiro nem pensar. então não tinha grande remédio senão ir de calças..

 

só que entretanto, apercebi-me que as calças que ia vestir eram parecidas às do hóme, e bateu-se-me uma ideia peregrina: em vez de nos limitarmos a condizer a gravata dele ao meu outfit, como de costume, ia tratar de arranjar uma camisa branca e um casaco cinzento, para irmos de igual muhahaha

 

dito e feito. a única coisa que falhou foi o casaco, acabou por ser preto, mas ele compensou com a gravata. de resto tavamos iguais, head to toe: mesma cor de camisa, calças parecidissímas, sapatão preto, e para rematar, mesmo oculão de sol! 

 

Untitled

 

naice, very naice!

 

e já que estava numa de inovar, achei por bem fazer o mesmo com o penteado. vai daí, pedi à cabeleireira que me fizesse um updo.. que mais tarde se iria revelar numa excelente escolha. à pala aquela besaranha furiosa, tinha passado o dia a levar vergastadas na tromba..

 

mas realmente impressionante, era a firmeza daquela produção! tinha-lhe dito "miga, não sejas mitra na laca a ver se isto aguenta o dia todo" e ela seguiu o meu pedido à risca: enpapou-me o cabelo em espuma, laca, cera, e usou de duas dezenas de ganchos.. às tantas aquilo já nem era cabelo, era betão armado!

 

Untitled Untitled

 

acredito piamente que este penteado tinha sobrevivido a um tornado :D

14 de Março de 2013, às 21:01link do post comentar ver comentários (2)

Solving problems tuga style!

hoje ao entrar no parque de estacionamento, o cartão da avença recusava-se a abrir a cancela. ao fim de três ou quatro tentativas sempre a resultar em "cartão bloqueado", tirei um ticket e segui caminho. fdp do cartão, querem ver questa merda pifou? pqp, tecnologia de.. mumble mumble mumble..

 

mais tarde dei um saltinho à recepção, para ver que história tinha sido aquela. "boa tarde.. olhe, o meu cartão não está a funcionar, a máquina diz que está bloqueado…" 

 

a recepcionista arranca-me o cartão e o ticket da mão. "ah, sim! é que estamos a substituir os cartões por causa da numeração nova, e esta foi a única forma que encontrámos para contactar todas as pessoas. bloqueámos os antigos e assim têm de vir aqui." informa-me alegremente, enquanto esgravatava numa caixa, à procura do meu.

 

o.O? e um mail ou sms a avisar da mudança, não? contactos na minha ficha de cliente é coisa que não falta, escusava de ter gasto o meu latim brejeiro com aquilo :P

13 de Março de 2013, às 21:27link do post comentar ver comentários (1)

Não havia necessidade..

não costumo ligar a modas nem tenho por hábito criticar ou implicar com as opções de cada um, por mais excêntricas que sejam (excepto quando o assunto são leggings).. mas em certos casos é impossível não reparar no ridículo do exagero.. 

 

..como sucedeu ontem numa loja. a cashier pede os dados de cliente ao marido para introduzir no computador e quando começa a teclar, reparo nas unhacas dela - uns cascos ENORMES e pontiagudos, pintados de preto reluzente, que produziam um ruído pouco natural ao tamborilar e claramente lhe dificultavam a tarefa.. nisto, sou inconvenientemente trollada pelo meu cérebro. o labrego encarregou-se de me mostrar que a tipa parecia o predator a utilizar o dispositivo de pulso...

 

 

não sei onde fui buscar forças para estrangular a gargalhada maléfica que já vinha a caminho.. PRICELESS!

Os gatos

...são animais de estimação realmente úteis. cá em casa não há roedores, pequenos répteis ou insectos para exterminar (ainda que pape uma mosquinha ou outra), mas isso não impede a serigata de contribuir para a manutenção do lar. dá-nos uma ajuda preciosa com a limpeza do pó, especialmente naqueles sítios difíceis e chatos de alcançar, tipo atrás, debaixo ou por cima dos móveis? o topo do roupeiro, por exemplo, nunca andou tão limpo como agora :D

 

Untitled

 

also, qual é a diferença entre o esconderijo dum furão e o dum gato?

no do gato não há vestígios de comida!   

2 de Março de 2013, às 01:37link do post comentar ver comentários (3)

Adeus-ò-vai-te-embora!

pouco passava da meia-noite do primeiro de fevereiro, quando ao mudar de posição no sofá, desliguei acidentalmente a ficha de alimentação do mac. algo que acontece frequentemente e sem consequências algumas.. mas como tínhamos acabado de entrar no mês horribilis, o gajo desligou-se!

 

a bateria estava a meio, não havia motivo nenhum para aquilo ter sucedido.. quando voltei a ligá-lo, tinha feito um reset qualquer, que a data marcava 01-01-1970.. e surpresa das surpresas, no indicador de carga da bateria aparecia um avisozinho a dizer "reparar bateria".. desatei a rir, claro que desatei a rir. volta janeiro, tás perdoado!

 

ainda tentei uns voodoos, mas a coisa não se resolveu.. espero que não me faça entrar em despesas tão cedo. meanwhile, a lista das coisas que poderia correr mal nos vinte e oito dias que se seguiam era longa - prudência era a palavra de ordem, e que seja o que o menino quiser.

 

mas depois a máquina fotográfica (com a objectiva nova acoplada) podia ter ficado esquecida na pastelaria e não ficou porque alguém honesto chamou-nos a atenção, o cartão de 16GB recheado de fotos espetaculares afinal estava no bolso do casaco e não perdido como já o julgávamos, entre outras coisas.. e eu calei-me com a história dos azares. 

 

acontece que em vez de azarado, este fevereiro saiu-me estranho.. puta de estranho. resumiu-se uma sucessão continua de acontecimentos, uns agradáveis outros desagradáveis. num momento estávamos a caminho das nuvens, noutro o chão fugia-nos debaixo dos pés.. alegria, frustração, excitação, ansiedade.. uma bela duma trampalhada, que não há-de dar em nada (deu :D), foi o que foi!

 

1 de Março de 2013, às 01:31link do post comentar

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mirc.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e yada yada, yada... é ler o blog ;)

bucket list

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores: #11 #10 #9 #8 #6 #5 #4

seguir nos blogs do sapo

Follow follow us in feedly