WTF..

já chegámos ao fim de abril, srly?? prondé que foi o raio do tempo que não dei por ele passar? a este ritmo, daqui a meia duzia de dias tamos no natal outra vez, bah!


(sim, porque o verão passa a *sempre* correr.. ou sou eu que passo o verão sempre a correr.. qualquer coisa desse genero :D) 

    30 de Abril de 2013, às 01:05link do post comentar ver comentários (1)

    ...e agora algo inédito neste tasco!

     ***drumroll***

     

    a isa vai postar um video e cuscar sobre celebridades de hollywood woooooooooh

     

    i know.. i know.. desculpem lá, mas isto é demasiado bom para deixar passar. então, a gwyneth paltrow (aka a mulher mais bela do mundo segundo a revista people :D) foi ao programa da ellen degeneres e deixou escapar um detalhe embaraçoso sobre o vestido que usou na estreia do iron man 3

     

     

    melhor que o ar envergonhado da gwyneth enquanto descreve a cena, é o ar de "ai miga, tou aqui tou a saltar-te prá espinha" da ellen :D

     

    "i work a 70's vibe" partiu-me a rir muhahaha 

    26 de Abril de 2013, às 21:43link do post comentar(1)

    Se ele não fosse assim... II

    pobre do meu hóme anda com a garganta toda lixada, já tá rouco de tanto tossir.. 

     

    e o que é que ele aproveita para fazer com a sua recém-adquirida voz de bagaço?
    diverte-se a declamar quotes do darth vader!

     

     ♥

    25 de Abril de 2013, às 23:33link do post comentar ver comentários (3)

    Iron Man 3

    (atenção que tem spoilers


    yep, ontem foi noite de nerdgasm colectivo, mas confesso que estava assim à espera de um bocadinho mais.. 

     

    nada a apontar no departamento de acting*, efeitos especiais e visuais (cada vez mais realistas), cenas de acção, muita pancadaria e destruição, tecnologia futurista e artesanal, robots (agora sim, podem ser chamados de robots sem reservas), o humor do costume, comic relief's e plot twists qb.. mas a história parece uma manta de retalhos, para uma produção daquelas, podia estar um bocadinho melhor amanhada..

     

    o grande tony stark surge desgastado, com ataques de ansiedade agudos e insónias por causa dos deuses de asgard e o ataque dos chitauri - C'MON, srly? o homem tava fresco que nem uma alface quando o avengers terminou, que raio de desculpa mais esfarrapada, aquela.. servir apenas como pretexto para o filme ser mencionado exaustivamente? bah!

    neste terceiro filme decidiram focar-se mais no homem e menos no invólucro mecânico. um regresso às origens que o obriga a desenvencilhar-se sem a ajuda de tecnologia de ponta - not as good como no primeiro filme though.. passa o filme todo a levar porrada e a fugir de um lado para o outro, demonstrando que sem o mark não é capaz de dar conta do recado, mas que tem um par de tomates à altura do seu ego.

     

    o vilão principal, mal e porcamente desenvolvido, com motivações coxas - lá porque levou uma tampa do tony no terraço de um edifício na suiça, durante a passagem de ano, isso é motivo credível para tanto ódio? não, não é! fraco, fraquinho, desprovido de carácter e nada convincente.. 

     

    uma segunda personagem feminina que tinha potencial para criar ali muito estrago, mas cujo papel acabou por arremessado para um canto mal se percebeu o que é que andava ali a fazer. muitíssimo mal explorada.

     

    uma conspiração extremamente exagerada que envolvia ataques terroristas e políticos, e que vai'sa ver, servia apenas de fachada para conter os estragos provocados pelas falhas de uma substancia que estava a ser testada para reparar ferimentos incapacitantes em militares. meh!

     

    de resto, a relação do tony e da pepper, esperava-a um pouco mais desenvolvida. esperava também que a pepper se tivesse enfiado no mark para andar a limpar ao sebo a uns quantos mazões, e não ter tido apenas uns segundos de joy ride.. oh well..

     

    não deixa de ser um bom filme para devorar pipocas, mas podia ser sido um bocadinho mais emocionante, tal como o trailer prometia. o primeiro iron man continua a ser o melhor deles todos :)

     

    * apenas um, o guy pierce.. omg, detesto aquele actor.. makes me sick to my stomach :P

    25 de Abril de 2013, às 20:30link do post comentar

    Constatações VI

    um dos motivos que faz com que raramente comente em blogs alheios é ter receio da interpretação que os outros possam fazer das minhas palavras, especialmente quando o assunto é delicado, tipo divergência de opiniões. como prefiro dar respostas mais construtivas do que um simples "bom post" ou "concordo plenamente" é um risco que corro. é que ao não ouvir o meu tom de voz nem a observar a minha expressão facial e até mesmo linguagem corporal, quem está do outro lado pode levar a coisa demasiado a peito (inclusive detrupar o teor da mensagem) e responder na defensiva sem necessidade disso.

    às vezes é desagradavel e tira-me um bocado a vontade de "socializar" mais neste meio..

     

    também acontece comigo, mas por estar ciente deste promenor (que é como quem diz - já me ter queimado umas quantas vezes), quando alguém desconhecido comenta os meus posts e o tom da mensagem não é imediato, tenho o cuidado de fazer várias leituras para não cair no erro de interpretar mal aquela pessoa. às vezes prefiro não responder a fazê-lo de forma desadequada..  

     

    imo, é um dos grandes handicaps da internet.. debater ideias é suposto ser saudavel, mas até inventarem uma forma de passar virtualmente estes elementos físicos tão importantes para a comunicação, vão sempre existir mal-entendidos.. até mesmo nas redes sociais, onde estamos rodeados de pessoas mais ou menos conhecidas e logo mais à vontade para nos expressarmos, acontece com frequência. 

    Get Lucky

    demasiado para ser verdade :P

     (pronto, já disse!) 

    22 de Abril de 2013, às 21:39link do post comentar ver comentários (2)

    Lost in… Serra do Risco

    como o passeio de ontem soube a pouco, hoje quando acordámos decidimos que era um bom dia para atacar a serra do risco. andamos há uma porrada de anos para conhecer a orla daquela zona da arrábida e o dia estava perfeito para caminhar. céu limpo, calor, e uma brisa suave que ajudava a refrescar.. e a serra estava linda, linda!! a chuva pode ser uma real dor de cú, mas faz maravilhas pela natureza :)  

     

    risco

     

    a primeira parte do caminho era-nos familiar, andámos por lá há uns tempos a fazer geocaching, mas a segunda dependeu quase toda do gps. a serra tá minada de caminhos e trilhos, um autêntico labirinto. 

     

    a dada altura, alcançámos um entroncamento. conseguíamos ver o estradão que subia até ao topo da serra, lá ao fundo. sem saber qual dos caminhos havíamos de seguir, consultamos o gps. no mapa apenas aparecia marcado o caminho da direita, mas o que seguia em frente parecia mais tentador. 

     

    "vamos por este (em frente), parece ser mais directo para apanhar o outro lá em cima" disse eu.

     

    mais directo.. yeah.. rite!

     

    uns bons metros acima, acaba-se o trilho.. e agora? podíamos voltar para trás.. mas já tínhamos andado tanto que seria um desperdício de tempo e energia. opá, caga nisso.. siga pró meio do matagal!

     

    só foi quase 1km de mato cerrado, com muitas paragens, muitos desvios, muitas vergastadas e arranhadelas. encalhávamos constantemente em becos sem saída que nos obrigavam a procurar alternativas, que às vezes pareciam impossíveis de existir. às tantas já estávamos tão embrenhados que voltar atrás não era opção. aguenta e não chora :D

    o que nos valeu foram os afloramentos de rocha e os arbustos espezinhados pelos animais.. lição do dia: se não está marcado no gps, TURN THE FUCK BACK loll

     

    eventualmente alcançamos a estrada. fiquei tão contente como se tivesse encontrado um oásis no deserto! 

    mas excitação durou pouco.. assim que olhei para a minha esquerda vi uma subida íngreme a piscar-me o olho. mas bastava vencer aquele último obstáculo para alcançarmos o nosso objectivo. YAY!

     

    achievement unlocked: risco

     

    a vista e a sensação de missão cumprida recompensaram a estopada. tivéssemos mais tempo (e água) e tínhamos continuado pelo carreiro que serpenteia a falésia até ao marco geodésico, o ponto mais alto da serra.. em vez disso, abancámos lá um bocadinho e aproveitámos para descansar o corpo e absorver a energia aquele azul intenso do oceano. tava-se mesmo bem naquelas alturas magnificas :D

     

    mas o tempo não pára e tínhamos 7km à nossa espera..

     

    a última parte da caminhada seguiu por uma zona particularmente espezinhada e escavacada por javalis, o hóme já só estrebuchava.. não lhe bastavam já as paragens constantes para fazer controlo das carraças (apanhou algumas 6) como também eu parava para fotografar tudo e mais alguma coisa e atrasar ainda mais o regresso.

     

    "OOOOooooh, tadinho… não que digas que tás com medo dos javalis? ha ha ha" gozava eu.

     

    quando nisto, ouve-se um granda chavasqueiro no meio do mato, a pouquíssimos metros de nós. alarmados, olhámos um pró outro e ai mãezinha… PERNAS PARA QUE TE QUERO!! "foda-se, caguei prós carrapatos" grita hóme e desatámos os dois a correr furiosamente por aquela vereda fora, com medo que um porco cabeludo mal-humorado viesse no nosso encalço. uma cena digna de filme loll

     

    se era um javali ou não, nunca o saberemos.. e ainda bem, espero nunca ter um encontro imediato de primeiro grau com um animal daqueles.. e pela quantidade de pegadas e terra fuçada, não devem andar por ali poucos!

     

    e pronto, praticamente 15km palmilhados, pernas bem moídas, braços todos arranhados, um belo escaldão, mas muito, muito satisfeita com a façanha \m/

    Hipster Spring

     

    Untitled

     

    aproveitámos este primeiro dia de primavera a sério para ir esticar as pernas ali prós lados do cabo espichel. foram apenas 7km, mas ainda puxou um bocadinho, por causa do terreno acidentado..

     

    e as saudades que tinha destes dias solarengos e sem vento? até me babava! :D

     

    mas acho que o meu cérebro ficou danificado pela quantidade de óleo inalado durante a preparação do jantar (jaquinzinhos com arroz de tomate).. é que durante a pós-produção, foram poucas as que escaparam aos efeitos hipster da moda muhahahah

     

    Untitled Untitled Untitled Untitled Untitled Untitled Untitled Untitled

    Opá, isto é tão bom!

     

    10 de Abril de 2013, às 21:57link do post comentar ver comentários (4)

    'Le me

    tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mirc.

    no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

    offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e yada yada, yada... é ler o blog ;)

    bucket list

    'Le liwl

    era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

    muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores: #11 #10 #9 #8 #6 #5 #4

    seguir nos blogs do sapo

    Follow follow us in feedly