So, this happened... II

 

 

o momento em que a sasha ficou a saber sobre a sasha :D


also
, chegou a minha vez de ler badalhoquices muhahaha

 

28 de Setembro de 2013, às 23:50link do post comentar ver comentários (5)

Fire in the hole!!

há umas noites atrás, por ocasião da segunda parte de um jantar de aniversário, vários comensais reuniram-se para degustar umas carnes exóticas ofertadas, entre outras iguarias que cada um ficou de levar para compor o banquete.

 

achei que era a oportunidade ideal para pôr em prática uma ideia que me andava a assediar há algum tempo: reproduzir os NACHOS do chilli's \m/

 

nachos grande era um dos meus pratos favoritos da ementa do chili's, íamos lá quase só por isso.. mas entretanto aquilo fechou e ficámos a salivar em seco, todos saudosos - até ao dia em que descobri que o jeronymo food&friends tinha açambarcado parte da ementa do chili's.. e o que é que lá havia?? NACHOS!!

tomámos aquilo de assalto, todos lambões. só que para nosso desencanto, aqueles nachos não chegavam nem aos calcanhares dos outros… faltavam alguns ingredientes-chave… e eu sabia perfeitamente quais eram, com as quantidades que comi, era impossível esquecer-me deles muhahaha

 

preparar aquilo não tem ciência nenhuma... dá é um "certo" trabalho!

 

a começar pela lista de compras: tortilla chips, pickled jalapeños, cheddar, refried chili beans (no idea como se traduz isto para tuga), alface iceberg, tomate, cebola, alho, coentros, sour cream, abacate, e limas.. puf, para um snack tão simples, o que praqui vai.. e a conta do supermercado? ouch!

 

a parte mais "chata" do processo é preparar o pico de gallo. é um dos componentes mais importantes e provavelmente o mais fácil de arruinar. pode não parecer, mas aquela mistura tem alguns segredos. por exemplo, nunca jamais em tempo algum substituir os coentros por salsa (não gosto nada de coentros mas só caí nessa asneira uma vez lol), não abusar da lima, e não skippar os temperos. also, deve repousar um bom bocado antes de ser usado. 

 

para o guacamole (não gosto, blergh) basta roubar um bocado do pico de gallo, juntar-lhe o abacate, e espapaçar aquilo tudo.

 

next, nachos assemble!!

despejar as tortilla chips para um prato refratário, cobri-las com cheddar ralado e pregar com aquilo no forno pré-aquecido durante uns 5-7 minutos - o tempo suficiente para o queijo derreter. depois é sacar o prato e guarnece-lo a gosto com feijão (previamente aquecido), alface, pico de gallo, e por fim, JALAPEÑOS!!!  (o guacamole e o sour cream podem ser servidos em cima da montanha, ou ao lado)

 

fire in the hole

 

there…fucking DELICIOUS, o snack perfeito para festarolas. a malta atirou-se a isto que nem leões :D

 

para uma primeira tentativa, tenho que a dizer que não saiu nada mau - mas then again, é muito difícil fazer asneira com isto lol
agora é ir aprefeiçoando a coisa e procurar dos ingredientes ideais, tipo as tortillas, podiam ser maiores e ter menos sal e o cheddar que usei solidificou demasiado rápido, tenho que experimentar outros ou mesmo tentar a sorte com molho de cheddar. we'll see!

 

facto curioso.. costumávamos achar que nachos tinham um preço um tanto ou quanto exagerado - 10€ por prato, mas depois de ter feito o equivalente a 2 pratos, tenho a dizer que é barato! pelas minhas contas gastei cerca de 17€ em ingredientes, fora a trabalheira e o tempo que perdi a construir aquela montanha - por isso, não, o preço no restaurante até é em conta :)

28 de Setembro de 2013, às 00:50link do post comentar ver comentários (3)

Twelve f* years

 

26 de Setembro de 2013, às 19:35link do post comentar ver comentários (4)

Há fins-de-semana brutais...

...e depois há fins-de-semana como este que passou, que foi absolutamente épico \m/

 

conseguimos aproveitar o último suspiro do verão para darmos um saltinho até à galé. não podia simplesmente deixar fugir a época de calor sem bater com os costados no paraíso, pois não? que saudaaaaaades!!

 

chegámos ao parque por volta das três da tarde de sábado, e eu nem queria acreditar na minha sorte: um calor do caneco e nem bafo de vento. parecia que estávamos em pleno junho :D

 

sem mais demoras, lançámos a tenda e siga prá praia, que aquele dia merecia ser devidamente desfrutado. tava-se tão bem que nos arrastámos por lá até quase ao anoitecer, a tarde tava maravilhosa e fez um daqueles pores-de-sol que enchem a alma, de tão bonitos que são.

 

Untitled

 

saímos de lá fisgados à janta e no restaurante fomos surpreendidos por uma fila como à muito não apanhávamos, e de junho saltámos para agosto!

a onda de calor apanhou-os desprevenidos e já não estavam com staff suficiente para a afluência fora do normal. sem stresses, não estávamos propriamente dito com pressa para ir a algum lado.

 

mais tarde, depois da cama insuflada e do banho tomado, crashámos no bar da piscina. dois gelados, uma lata de cácáuétes picantes, e uma castello depois, chegámos a conclusão que estávamos a desperdiçar a noite, que estava fantástica - calmissima, morninha, e iluminada por um luar poderoso que tingia a penumbra em tons de prata.

 

então e que melhor sitio para apreciar a paisagem prateada se não junto da falésia? o cenário estava de cortar a respiração, tive que ir buscar a máquina a ver se conseguia registar aquele assombro.. epá, gosto tanto, TANTO de noites assim.. parecem-me tão irreais, quase como se tivesse a sonhar. entretanto o marido disse "vou ali e já venho" e voltou munido duma toalha de praia.

 

Untitled

 

e ali ficámos nós, a rebolar-nos no chão enquanto a máquina ia tirando fotos. às tantas, o homem decide fotografar a lua…

 

erm… pró casal de camónes que se abancou a umas 10 jardas de nós, a fumar uma broca: não, não estávamos sobre o efeito de ácidos! 

apenas descobrimos que dá para fazer light painting com a lua, é por isso que estávamos deitados no chão, de máquina fotográfica apontada ao céu e rir às gargalhadas feitos tolos :D


(assim torna-se difícil de acreditar muhahahaha)

 

quase que passámos a noite ali, ao relento. não fosse pela mosquitagem.. é que o homem exerce um magnetismo invulgar sobre eles, iriamos acordar a meio da noite todos ferrados :/

 

o domingo amanheceu ainda mais quente. às 10 da manhã a tenda estava transformada em forno e não tive grande remédio senão abandoná-la. é uma das vantagens do campismo, não há cá ronhas até às tantas para ninguém, é por isso que os dias rendem tanto.

 

depois do pequeno-almoço e do check out feito, não tardou muito até descermos para a praia. outro dia absolutamente fantástico, quem diria que tivemos praticamente no fim de setembro uns dias de praia tão grandiosos. quase que valeram por todos os outros que ficaram por aproveitar, às contas do mau tempo.

 

mas o que é bom acaba depressa.. saímos da praia por volta das sete e meia, arrumámos a tralha nas calmas e tomámos uma banhoca. à mesma hora que o verão se despedia de nós, despedíamos nós do parque, que sete anos depois continua a ser, sem dúvida alguma, o nosso spot favorito na costa alentejana. voltamos de lá sempre com as energias renovadas e um sorriso pateta na cara heheh

 

mas antes de darmos a coisa por terminada, fizemos um desvio para ir jantar numa tasca em melides, onde fazem uns grelhados deliciosos e onde há um par de anos atrás, assisti a um possível recorde do guiness - um velhote franzino, a devorar uma travessa inteira de caracóis sozinho, mas com uma sofreguidão tal que me deixou impressionada. MAN, eu gosto *bastante* de caracóis, mas jamais conseguiria comer tantos e em tão curto espaço de tempo :D

bom, não havia lagartos, mas os secretos tavam bem bons!

 

e pronto, hora e meia depois aterrávamos em casa, todos felizes todos contentes, onde fomos recebidos por um gato com ar de poucos amigos, mas cheio de saudades.

FFFFUUUU!!!

a única explicação possível para a season o cagalhão finale do dexter é que foi escrito por alguém que nutria um ódio visceral pela série e quis arruiná-la de tal forma que tornasse impossível alguém querer voltar a pegar nela… se soubesse que ia ser assim, tinha-me ficado pela sétima... fdx!

e não vamos falar no último episódio, que só de pensar nisso, as tripas começam-se-me praqui a torcer todas :P 

24 de Setembro de 2013, às 13:27link do post comentar ver comentários (8)

Ontem matou-se saudades do vício!

 

tá… giro, vá. IMO um bocado acriançado, o que é uma pena porque a fanbase da série está praticamente toda na casa dos 30+ (ou para lá caminha), e se calhar esta malta já pedia uma coisa mais séria. além disso, podiam ter aproveitado melhor as personagens menos poderosas, em vez de arrumá-las a um canto com um sopro logo ao inicio e centrar novamente a ação no tosco do son goku.. 

 

mas tem um momento ou outro que acaba por fazer o filme valer a pena. keep 'em coming :D

Gregos e troianos...

o bashing tremendo que o coitado do iphone 5C anda a sofrer por essa internet fora, e eu aqui toda contente, por a apple ter lançado novamente um aparelho com um grip confortável e delicado, em vez daquele bloco frio de quinas agressivas.. qual é o problema do plástico mesmo? 

 

conto vir a por as mãos num 5C.. ou então num lumia (com windows phone, SIIIIIIM :D), ainda não me decidi - é que flat por flat, ao menos não ficava com a vista (e a alma) ferida cada vez que metesse os olhos no home screen :P

 

gente mais complicada de agradar, pá :D

11 de Setembro de 2013, às 22:37link do post comentar ver comentários (8)

Ondé que já vi isto antes?

ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai...

 

ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai...

 

ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai...

 

ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai...

 

ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai...

 

ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai...

 

primeiro foi o total recall, agora este… estes remakes de merda põem-me doente :P

6 de Setembro de 2013, às 13:10link do post comentar ver comentários (1)

Hoje é dia de festa!

então o sapito comemora hoje o seu 18º aniversário, o que em idade de internet é uma eternidade \m/ 

 

conheci-o ainda muito, muito verdinho e na altura, jamais me passaria pela cabeça a importância que anos mais tarde viria a ter na minha vida, tanto a nível profissional, como pessoal. 

 

e hoje em dia, apesar de continuar verde, cresceu e tornou-se gigantesco, e é com muito orgulho que todos os dias dou o meu contributo para que se torne maior e melhor :D

 

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mirc.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e yada yada, yada... é ler o blog ;)

bucket list

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores: #11 #10 #9 #8 #6 #5 #4

seguir nos blogs do sapo

Follow follow us in feedly