Evolução campista II

há dois anos atrás diverti-me a descrever a evolução da nossa experiência enquanto campistas. da cangalhada que carregávamos ao inicio, e a eternindade que demorava montar o acampamento, até à carga minimalista que nos permite assentar arraiais em 5 minutos. cada vez que leio o post desmancho-me a rir :D aqui fica o comparativo:

 

a primeira vez que fomos acampar, um fim-de-semana

 

Polo

 

tínhamos que rebater os bancos do chasso para caber tudo muhahaha

e eis o que actualmente carregamos para uma semana no camping

 

Untitled

 

é uma certa diferença lolao três sacos e a tenda, na foto faltam apenas as almofadas. depois de tantos anos a virar frangos, está tudo afinadinho ao milimetro, desde dos frascos do gel de duche, até à forma como estendemos a roupa na corda de modo a que não seja necessário usar molas.

o colchão do sleepin'bed é que sofreu um pequeno acidente doméstico na estreia desta temporada: bombámos ar a mais e duas das secções descolaram-se quando saltámos para cima dele.. mas até chegar ao ponto de ser impossível dormir confortavelmente, irá continuar ao serviço. 

also, oito anos depois, ainda continua a ser a minha forma favorita de passar férias \m/

29 de Junho de 2014, às 15:41link do post comentar ver comentários (4)

Resumo das férias "grandes"

edge of tomorrow style

 

29 de Junho de 2014, às 14:58link do post comentar ver comentários (2)(1)

First world problems... III

o que me custa habituar os pés às havaianas no inicio do verão.. e o que me custa desabituá-los no fim.. fosga-se!!

14 de Junho de 2014, às 19:40link do post comentar ver comentários (2)

Ahhhhhhhhhhhh...

aquela altura do ano em que metemos um pé fora de casa e sentimo-nos instantaneamente a assar.. como eu adoro do verão 

14 de Junho de 2014, às 14:48link do post comentar

Edge of Tomorrow

(atenção que tem spoilers)

era um dos que constava na minha lista para 2014, depois vi o trailer fiquei naquela "xiii.. cabrão do filme deve ser uma seca de todò tamanho".. não me convenceu nem um bocadinho aquela espécie de groundhog day on steroids, e por mim, tinha ficado para ver no sofá..

mas depois lembrei-me que no ano passado quase que deixei escapar o oblivion, que acabou por ser o meu filme favorito do ano e achei melhor dar uma oportunidade a este também, não fosse o diabo tece-las.. antes chateada do que arrependida.

lá me arrastei até ao cinema e quando filme acabou, tive que ir buscar o queixo ao chão...

...QUE BRUTEZA DE FILME!

então a terra foi invadida por uns extraterrestres manhosos, parecidos às sentinelas do matrix (ou como alguém nos fóruns do imdb tão genialmente os descreveu, "dreadlocks on cocaine"), que apesar dos esforços das forças unidas, conseguiram conquistar uma boa parte da europa. entretanto os militares começam a utilizar uns fatos de combate especiais que se revelam eficazes no controle da praga e a esperança no futuro da humanidade renasce.

confiantes com o sucesso dos tais fatos, as forças unidas preparam uma grande ofensiva militar no norte de frança, qual dia D, para tentarem cercar os aliens ali. o general inglês à frente dessa operação manda vir o assessor de imprensa do exercito americano que dá a cara pelos fatos, para ir fazer a cobertura mediática daquele que ele acredita ser um grande triunfo sobre os invasores. 

acontece que esse moço americano, apesar de ser militar, é um cagadinho de todo o tamanho e…

IDE VER O O FILME, MAZÉ!!

srly :D

o argumento está impecável para um filme do género. cativante, engraçado, inteligente mas despretensioso, e acima de tudo, coeso.

não lhe encontro nenhuma falha, nenhuma inconsistência, nada nada - isto é tão RARO em filmes de ficção cientifica (pelo menos naqueles que têm saído cá para fora nos últimos anos). é quase como se o realizador tivesse nomeado uma comissão de caça ao pintelho para eliminar tudo o que a malta pudesse pegar.. sempre que me lembro de algum detalhe suspeito, revejo mentalmente o filme e pimbas, lá tá a explicação… é frustrante LOL

o enredo foi adaptado do romance japonês all you need is kill (que eu não conhecia mas já o tenho ali no kindle, estou curiosa sobre a adaptação) e mistura em grande estilo dois grandes clichés da ficção cientifica: invasões extraterrestres e loops temporais. 

tinha tudo para correr horrivelmente mal - podia tornar-se penoso estarmos sempre a levar com as mesmas situações, as mesmas caras, as mesmas conversas, os mesmos cenários.. mas é exactamente o oposto! está pejado de plot twists que tornam difícil adivinhar o rumo daquilo e a história dos resets dá uma dinâmica incrível ao filme, que até nos tira o folgo. kudos para a equipa que montou e colou aquilo \m/

a acção decorre a um ritmo alucinante, as sequências de batalha são arrebatadoras - maquinaria pesada, tiros, explosões, destruição qb, e aliens possuídos por diabos mafarricos por todos os lados. não há grandes abusos de CGI e os efeitos sonoros tão do cara.. ças (especialmente em dolbi atmos). 

não se meteram com grandes invenções no que respeita à tecnologia. supostamente a acção desenrola-se daqui a cinco anos por isso o filme queria-se realista. o mais improvável são os hologramas, porque de resto, os quadcopters gigantes de transporte de topas e fatos de combate até são bastante credíveis. é como o realizador do filme diz, nada como uma guerra massiva para por as mentes dos cientistas e engenheiros a funcionar a todo o vapor e construir aquele tipo de coisas - especialmente os fatos de combate, que foram baseados em desenhos e investigação que já existe actualmente.

e deram-se mesmo ao trabalho de construi-los para o filme, para a infelicidade dos actores, que não parecem particularmente confortáveis quando andam enfiados naquilo, a correr de um lado pró outro. coitados :D

por falar em actores…

tenho seriamente que rever a minha embirração com o tom cruise porque começa a não fazer sentido. mais uma vez conseguiu deixar-me impressionada com outro papelão épico (provavelmente o seu melhor de sempre, IMO). até pode ter umas convicções um bocado duvidosas e uns tiques estranhos, mas sabe fazer filmes e no fim do dia, é isso que importa. não conto vir a privar com o tipo anyway.

o desenvolvimento que a personagem dele tem ao longo do filme é fenomenal - vai de coninhas a badass motherfucker com uma pinta do caraças e consegue-nos deixar desconfortáveis perante as provações a que é submetido.. algumas cenas são um bocado agressivas..   


outra actuação que me deixou surpreendida foi a da emily blunt. não dava muito por ela, mas revelou-se uma mulher de armas (literalmente) neste filme. parece que nasceu para andar a esquartejar aliens com uma pá de helicóptero afiada :D já havia tempinho que não tínhamos uma personagem feminina com tanto carisma a distribuir porrada no ecrã.

e a química que aqueles dois têm juntos?? over 9000!!

 

o resto do pessoal que por lá calçou também esteve muito bem, especialmente o bill paxton e o brendan gleeson. todágente à altura do desafio, ninguém ficou feio na fotografia. 'cá beijinho!

apanhou-me completamente de surpresa. já vi o filme duas três vezes e estou-me praqui a controlar para não ir uma terceira.. acho que fiquei assim a modos que pró obcecada com aquilo :D

...e eu convencida que o captain america ia ser o meu filme do ano.. temos pena muahahaha

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mirc.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e yada yada, yada... é ler o blog ;)

bucket list

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores: #11 #10 #9 #8 #6 #5 #4

seguir nos blogs do sapo

Follow follow us in feedly