Sushi para Principiantes

(atenção que esta é uma as raras ocasiões onde se vai falar sobre literatura por estas bandas)

Devorei este livro (por favor, não liguem à minha "montagem" ranhosa, que por acaso ficou grande demais, utilizando uma imagem roubada à webboom em vez de lhe tirar uma foto) entre o fim-de-semana passado e este feriado.
Tendo em conta que são quase 500 páginas, não está mal, não senhor!

(e não, não é nenhum livro de receitas ou coisa parecida)
 
Fazia parte do par de livros que comprei há umas semanas para entreter-me durante os fins de semana de campismo e dias de praia (que ultimamente têm andado inseparáveis). Ao contrário do outro, que foi um bela perda de tempo, este tem-me entusiasmado bastante. Tanto, que acabei com ele em três tempos hi hi

É literatura do tipo chick lit (que é como quem diz, leitura pa gaijas), e como que não há que ter vergonha em admitir certas coisas, eu gosto bastante de ler merdas dessas.
Não nos ensinam muito, nem por isso nos fazem reflectir em questões existenciais e afins, nem tem grande impacto em nós, mas divertem, fazem rir, e até conseguimos identificar-nos com certas situações, e eu gosto isso. Prontos!

São geralmente histórias sobre mulheres (ente os 20-30) e das suas peripécias no campo da carreira, do coração, das amizades, lifestyle, etc. Vivem em grandes centros urbanos, têm profissões sofisticadas,  e vidas atribuladas, cujo objectivo é alcançar a felicidade e realização pessoal, e estão dispostas a tudo para conseguir isso.
É, no fundo, a leitura ideal para praia...se bem que algumas destas histórias deram em filmes com bastante exito e tudo, por isso não podem ser assim tão desprezíveis, né? he he

Como gostei do estilo da autora, vou ver se desencanto mais alguns livros dela. Em Portugal só existem três editados, mas ela tem muito mais. amazon, aqui vou eu!

Mas esta não foi a primeira vez que peguei num livro da marian keyes.. No ano passado ofereci um outro dela, chamado melância, à madrinha-malvada. Ofereci-lhe porque a capa chamou-me a atenção, e pelo resumo achei-o divertido. Era enorme como este, mas aquilo até se lê bem. Não sei se ela chegou ao fim, mas se não chegou devia chegar...chegaste?