Supermercado geek-friendly!

há já uns tempos que o jumbo vinha a prometer um engenho que se resumia a fazermos as compras acompanhados de um leitor de códigos de barra portátil, mas não sabíamos muito mais. na sexta-feira tivemos que ir ao forum e aproveitamos para fazer umas comprinhas.

a primeira coisa que vimos quando entramos na loja foi um stand do tal serviço, rodeado de curiosos, e o marido disse: "olha, já está a funcionar". como bons geeks que somos, quisemos logo experimentar. activamos o serviço e em menos de nada estávamos nós, de pistola em punho!

o serviço, chamado quiq plus, tem montes de potencial. deram-nos três sacos grandes e reutilizáveis e foi-nos explicado que à medida que íamos fazendo as compras, registávamos os códigos de barras e íamos enfiando logo as coisas nos sacos, pagavamos e seguiamos!
e é basicamente isto, saca-se o código da prateleira ou do pacote, e aparece logo o nome e o preço no mostrador do leitor, que vai listando e somando o valor das nossas compras. se nos enganarmos ou mudarmos de ideias, clickamos no botão de anular e apontamos para o código do produto que queremos anular e voltamos a meter na prateleira.

no fim, é só passar por um terminal e fazer a leitura de um código de barras e largar o leitor. esse terminal emite um talão com um código de barras que depois vai ser lido numa das diversas caixas disponíveis para efectuar o pagamento.

a grande vantagem aqui, é que não precisamos de estar numa fila nas caixas, nem precisamos de por as compras no tapete e esperar que sejam ensacadas. elas foram ensacadas à medida que íamos comprando. isto poupa muito tempo e elimina uma parte bem chata do processo: as passagem pelas caixas.

então, a modos que resumindo:

- consigo fazer controlo de custos, pois sei quando já tenho ali em compras;
- consigo anular produtos que não quero sem ter que chatear ninguém;
- sei logo se um produto tem algum problema com o código de barras e evitar aqueles telefonemas chatos nas caixas;
- confirmo os preços na altura e não apanho barretes na caixas, como já tem acontecido;
- não perco tempo em filas nas caixas;
- não tenho que tirar tudo do carrinho outra vez para passar pelo tapete;
- não venho carregada de montes de sacos de plástico da treta, apenas três sacos grandes e muito resistentes (daqueles que eles têm lá à venda nas caixas)
- gostei e recomendo!

claro que a malta pensa logo: "eix, que vai haver pessoal a aproveitar-se disso para não pagar muita coisa". este serviço implica que eles à partida tenham a confiar na honestidade das pessoas, mas podemos ser aleatoriamente seleccionados para uma auditoria à saída, pelo que convém não armarmo-nos em chicos-espertos. cá para mim, deve andar lá pessoal de olho em comportamentos suspeitos, por isso, mais vale sermos mesmo honestos para nos poupar a vergonhas..

o supermercado estava cheio, mas apenas encontrei outra pessoa a usar o serviço. aquilo provavelmente não vai ter grande aceitação nos primeiros tempos, já se sabe que old habits die hard e maioria das pessoas é avessa a estas modernices. mas aposto que quando verem o potencial do serviço começam a alinhar. eu pelo menos, cada vez que lá voltar, vou usar!

17 de Março de 2008, às 00:50link do post comentar