O furas sabe como deixar-me deprimida!

hoje atravessei lisboa para ir levantar uma encomenda vinda de espanha, cheia de coisas pro meu diabrete. perdi uma hora da minha vida e despertei à procura da sede da transportadora, que ficava mais escondida que eu sei la, porque não me podiam ir levar aquilo a casa a horas decentes. fartei-me de andar e fiquei cheia de dores dos braços por carregar a caixa de seis quilos.

chego a casa, chamo pelo bixo, abro a caixa, que pesava cinco vezes mais que ele, ele rebola-se dentro da caixa no meio dos pacotes todos, como se soubesse que aquilo era tudo para ele.

dois sacos de comida própria para furas, cada um com quase dois kilos, três pacotes de guloseimas, um deles, oferta da loja que eu nem sabia, e um bebedouro novo.

abro o primeiro saco de guloseimas e dou-lhe uma. parece gostar.
abro o segundo saco, dou-lhe uma a cheirar e ele volta-me as costas.
abro o terceiro, idem.
abro um dos sacos de ração, dou-lhe a cheirar, faz-me um manguito.

gostou mais da caixa de cartão do que das outras coisas todas juntas...

sacana de bixo mais esquisito. tenho cá para mim que ele não curte da ração que nós lhe andamos a dar há 2 anos, mas que é a melhor que encontro por aí, e come porque é obrigado. agora, mando vir aquela especial de espanha, que não há cá, e ele vai-se armar em esquisito com aquela também...

o que ele quer sei eu, mas não pode ser todos os dias...ou então pode e eu é que sou uma granda preguiçosa...

9 de Julho de 2008, às 00:40link do post comentar