..e eis que a terra me volta a fugir dos pés!

andar num balão de ar quente era daquelas coisa que nunca me tinha passado pela cabeça fazer.. já me tinham dito que era muito fixe, mas nunca me deu para esse lado.. até que na quinta-feira passada, apareceu-me via email, uma oportunidade para faze-lo.

era um concurso interno e estavam a oferecer voos a quem mandasse as piadolas de natal mais divertidas. pensei cá para mim que aquilo ia ser uma porrada de cães ao osso, mas só assim por descargo de consciência, lá arranjei uma anedota fixolas e mandei. e nem pensei mais nisso... até receber  a lista de vencedores hi hi hi

então, como a coisa ia ter lugar algures no alto alentejo, e era cedo pra caraças (tínhamos que estar lá às 7.30h da manhã), decidimos ir para lá no domingo à noite, para não corrermos riscos. não fomos cedo, porque o marido teve que adiantar trabalho de modo a poder esquivar-se na segunda de manhã. entretanto dediquei-me aos preparativos, incluindo escolher e reservar a estadia.

como de costume, atrasamo-nos e chegamos ao hotel por volta das dez da noite. às contas disso, já era demasiado tarde para jantar, mas no bar, fizeram-nos umas tostinhas de comer e chorar por mais :)
por acaso não estava nada à espera de encontrar um hotel de 4 estrelas num sítio tão pequeno e remoto como aquele, mas ele estava lá, e devia ter uma estrela a mais só por causa da simpatia do staff. 5 estrelas, i tell ya!

hoje o despertador tocou mais cedo que o costume, às seis da manhã. ainda era cedo para tomar o pequeno-almoço no hotel, mas tivemos sorte, pois quando chegamos ao local onde estavam reunidos os balonistas todos para o briefing, lá estava ele: um buffet digno de hotel. safou-nos de levar a barriga cheia de fome prós céus he he

depois saímos com a mob toda para o local de descolagem e em menos de nada eram só carros e balões por todo o lado. altamente!
entretanto, o organizador indicou-nos qual era o nosso balão e o piloto de serviço.

o piloto era um granda maluco e tava muito bem-disposto, coisa pouco habitual de se ver numa manhã de segunda-feira lol!

tivemos a assistir à preparação dos balões e depois chegou a hora de subir para dentro do cesto. aquilo ao principio não me inspirava muita confiança, mas essa sensação desapareceu à medida que ia vendo o chão a afastar-se. lá em cima, reinava a calmaria, interrompida ocasionalmente para injectar mais uma gazada de ar quente no balão.




subimos até cerca de 500m de altura, e durante uma hora pudemos apreciar a vista, que a paisagem alentejana é espetacular. ainda por cima, tivemos sorte, que a manhã estava linda e não havia vento, apenas uma ligeira neblina, chata para as fotos. e ao contrário do que eu imaginava, lá em cima não estava frio. só apanhávamos frio quando o balão descia para perto do chão.
a sensação de estar tão alto, e tão "livre" é estranha, não assusta nem um bocadinho..
atrás de nós pairavam dezenas de balões, pena que nós estavamos tão adiantados, e apenas viamos os outros ao de longe.. mas mesmo assim, aquilo é mesmo giro!

IMG_4040


quando o passeio terminou, aterramos num descampado cheio de espinhos e bosta de vaca, a cerca de 15km do local onde tínhamos levantado voo. pensava que iamos "lavrar" um bocadinho, mas a aterragem fui suave. foi mesmo *puf* touch down, toca a saltar para fora do cesto lolll

entretanto, o "resgate" já lá estava à nossa espera, e depois ficamos a vê-los recolher e arrumar o material. aquilo ainda dá uma certa trabalheira, e ia caindo de cú quando perguntei quanto custava um balão daqueles e me disseram a resposta... digamos que dava para comprar um apartamento jeitoso na margem sul lol



daí até estarmos de novo na estrada de regresso à realidade foi um instante...mas pronto, foi uma manhã de segunda diferente, como nunca antes tinha tido, patrocinada pelo sapito, que é um porreiraço :)

 

album completo aqui!