E por que eu a-d-o-r-o ter ideias destas...

a mana fez anos ontem. por volta das seis e vinte, fui-me meter com ela, que já tava mais que na hora de dar-lhe os parabéns, e mandei-lhe o habitual sms-pontapé-de-saída:  "tão, onde é que é a festa hoje?"

depois fiquei a olhar para o tlm à espera de resposta. entretanto, apercebi-me que ia ser o terceiro ano consecutivo que não ia estar presente no aniversário dela.. e nesse mesmo momento, sou atingida por uma ideia absolutamente selvagem!

telefono à minha mãe. perguntei-lhe se sabia de planos para a noite. disse-me que não sabia de nada, mas provavelmente não, que ela estava sozinha (o gaijo dela tinha ido trabalhar), e grávida de 8 meses, não deve ter apetite para grandes farras... então disse à minha mãe: vou aí abaixo! arranjas qualquer coisa, e fazemos-lhe uma surpresa!

entre sair do trabalho, ir a casa, ir buscar o carro, voltar a lisboa para ir buscar o marido que estava atrasado, às oito e 45 tava finalmente a sair da ponte 25 de abril em direcção a lagos.

fiz a viagem em duas horas e dez minutos, recorde absoluto. abençoada A2, que nos torna a vida tão fácil!
entretanto, os pais já estavam na casa dela e tinham preparado o petisco, sem, claro, avisa-la do par de malucos que descia o alentejo a grande velocidade.

a expressão dela foi priceless, quando abriu a porta, e ao lado do meu pai, que segurava um bolo de aniversário com as velas acesas, aparecemos nós do escuro, a cantar os parabéns. foi completamente apanhada de surpresa. era a última coisa que tava à espera naquela noite, ver-nos ali :)

a visita foi curta, pouco mais de hora e meia, e às três da manhã estávamos de volta a casa, que no dia seguinte era dia de labuta.
no total foram alguns 600km e quase 5 horas a conduzir, numa só noite. muito bom! e valeu cada quilómetro!

engraçado...ela nunca chegou a responder à minha sms he he

19 de Março de 2009, às 19:31link do post comentar