Socorro! Vivo rodeada de junkies!

local: cozinha
hora: de jantar

pizza. mal se lembrou que já não tinha piri-piri (liquido) o marido entra em pânico. cobre a pizza dele com pimenta moída, numa tentativa vã de substituir o picante. dá uma dentada e queixa-se que não é a mesma coisa. lembra-se que tem um pacote de malaguetas algures. mas onde?

desesperado, anda feito vai-e-vem entre o armário das especiarias e o armário-despensa. tira metade das coisas cá para fora enquanto geme "i'm in paaaain, i'm in paaaain". não encontra e desiste. senta-se, dá outra dentada na pizza e levanta-se novamente à procura, já em agonia. já farta da confusão, mando-o sentar-se e resumo a procura.

encontro o pacote das malaguetas e passo-lhe. ele, de olhos esbugalhados, desfaz três malaguetas por cima da pizza. "ahhh..foda-se, nada à ver!" e come todo contente. quando acaba queixa-se que tem os lábios rebentados, mas que valeu a pena!

o outro lambão, sabe que tem um bocado de carne de perú a descongelar em cima da bancada, e deita-se no chão mesmo por baixo do local, tipo cão de guarda. acha que a coisa tá a demorar, levanta-se e vem-se empoleirar nas pernas dos donos. os donos fazem-lhe umas festinhas, mas não é aquilo que ele quer. volta pro local e deita-se outra vez. depois levanta-se e empoleira-se na porta do armário, e estica-se o mais que consegue, a snifar o ar. depois desiste e deita-se, depois levanta-se. anda nisto até ao momento que finalmente alguém lhe põe a tacinha à frente do focinho. sorve a carne e vai-se deitar.

kórror!

27 de Abril de 2009, às 23:50link do post comentar