Os mirones de Sagres são BEM mais discretos...

...que os da fonte da telha.. DASSE!

em sagres era frequente apanhar os velhos junto às falésias com binóculos a observar o pessoal na praia, chegávamos a fazer apostas qual seria o dia em que um deles ia parar lá a baixo, mas esses ao menos não chateavam ninguém..

já na fonte da telha, os sacanas andam à luz do dia e não dão *NADA* nas vistas!!
por duas vezes já tivemos que sair da praia mais cedo por causa desses tarados sem-vergonha..

optamos por frequentar as praias mais afastadas da caparica para evitar as enchentes. ao principio tava-se bem, mas agora que a praia já não chama tanta gente, já se começa a notar quem realmente vai para lá para desfrutar do sol e quem vai desfrutar dos outros :P

há uns fins-de-semana atrás, tavamos nós a apanhar o solinho dos últimos dias do verão, quando um cota estaciona ali perto. tinha a praia toda para ele, mas obviamente, sentia-se mal sozinho :P
ao principio não ligamos, mas depois reparamos que ele olhava insistentemente na nossa direcção (para não falar no resto)..
às tantas, começamos a não achar piada à brincadeira e decidimos que tava na altura de ir... e não é o fulano ainda teve o descaramento de nos acenar quando fomos embora?

mas esse ao menos tava quieto!!
hoje andava lá um sacana que devia ter bichos-carpinteiros no cú. não parava, sempre pra cá pra lá, pa cá pra lá.. e de olhos postos em nós e noutro casal que estava mais à frente..
entretanto, as poucas pessoas que ali estavam começaram a abandonar a praia, e demos por nós ali sozinhos, com o gajo a cerrar ainda mais a marcação..

e como se aquele não estivesse a ser suficientemente chato, às tantas aparece outro!!
dois filhas-da-puta nojentos, sempre dum lado pro outro, dum lado pro outro, dum lado pro outro...wtf??
ainda por cima os gajos devem ter algum código de conduta mirone, já que tinham o circuito sincronizado de modo a não passarem perto de nós ao mesmo tempo!

começamos a ficar seriamente incomodados com aquilo e achamos que tava na altura de lhes acabar com o espectáculo e ir embora. então começamos nós a olhar para eles com um ar bastante enraivecido, mas mesmo depois de terem sido topados, aqueles desavergonhados não conseguem parar!
olhamos várias vezes para trás quando regressávamos deu perfeitamente para ver que, sem ninguém ali, acaba-se o vai-e-vem, como seria de esperar :P

é que nem tão cedo volto a por os pés naquela parte da praia, antes estar no meio da malta, do que estar sozinha e a sentir a minha privacidade a ser ameaçada daquela forma..

(S@rit@ agora já te percebo.. não imaginava que os mirones ali fossem tão descarados :P)

11 de Outubro de 2009, às 03:33link do post comentar