Isso de ser geek...sim, essa coisa!

aí há uns dias o hugo questionava-se sobre o que é isso de ser geek e se ele se poderia considerar como tal, e falava das suas reservas quanto à utilização do rótulo.
eu, que já andava há mooontes de tempo para escrever sobre isso, vou aproveitar a boleia do post dele. só não sei se este é o blog certo, mas cá vai disto!

some say that geeks are nerds with (some twisted variation of) social skills...

acima de tudo, acho que ser-se geek é um state of mind. eu considero-me geek a 100% e ostento o rótulo com orgulho.. apesar de apostar que aqueles que são genuinamente geeks acharem que tou a contar uma piada de mau gosto quando digo isto, pois...

...não gosto de videojogos, não sei programar (eu disse programar), não sei configurar routers, não uso a  linha de comandos, não consigo memorizar quotes geeks / lines de filmes e espeta-los na altura certa, esqueço-me frequentemente de termos técnicos (se bem que estes dois últimos pontos podia atribuir culpas a esse buraco negro que é minha memória), etc etc, mas...

...para mim, ser geek é ter fome de conhecimento, é andar sempre em cima das notícias sobre tecnologia, acompanhar as últimas tendências do mundo da electrónica, ter uma paixão pornográfica por gadgets, ser fã incondicional de ficção-cientifica, partir-me a rir com html mal escrito e com as tiras do dilbert (as do xkcd volta e meia escapam-me :P) entre outras coisas igualmente geeks, e claro, e não consigo imaginar um mundo sem internet, nem sei como foi possivel viver sem ela durante tanto tempo!

depois tenho aquela costela anti-social, que já vem dos tempos de escola. sempre andei um bocado à margem porque não me conseguia encaixar nos grupos, só comecei a apanhar pessoal "igual a mim" já no secundário.
posto isso, não ganhei hábitos sociais, tipo, não gosto de sair à noite, não troco uma noite em casa agarrada ao mac ou a ver séries (ou ambos) por uma noitada num bar qualquer, nem sequer tenho um grupo de amigos pra ir prá má vida com eles.
já para não falar que o comum mortal não acha lá muita piada aos temas que eu gosto de conversar e aborrece-se com uma facilidade incrível (assim de repente, lembrei-me daquele sketch dos fedorentos, o tsunami de informáticos) e com razão lol

e pronto, a modos que é isso :)
geeks of the world, unite!

21 de Janeiro de 2010, às 22:32link do post comentar