É oficial, temos um novo hobby!

"porque é que raio só aos 30 é que comecei fazer caminhadas?" perguntava-se o marido ontem, quando regressávamos de mais uma cache perdida algures da arrábida.. 

i say mais vale tarde que nunca!

de facto, descobrimos que gostamos de fazer caminhadas. há que culpar o geocaching por esse achado, pois foi aquilo que nos meteu a palmilhar vales e serras como se não houvesse amanhã! 
agora acabamos quase sempre por escolher caches que nos proporcionem caminhadas jeitosas. não há nada como sair num dia bonito, para uma zona bonita, e andar uns quantos quilómetros a puxar pelas pernas e a respirar ar puro. tanto faz bem à alma como ao corpo. e as dores musculares resultantes do esforço até se digerem bem he he he

inclusive passamos a apreciar mais os sítios por onde passamos, porque, se antes fazíamos tudo de carro para ver o máximo possível no tempo que tínhamos disponível, agora já vamos assentado e preferimos dedicar mais tempo a conhecer bem determinada zona em vez de andar a correr de um lado pro outro feitos loucos.

o mais curioso é que eu nunca fui muito fã de andar à pata, e continuo a não ser, se tiver que o fazer por obrigação, tipo ir buscar/deixar o carro à garagem ou ir ao supermercado, etc etc, agora, no meio do mato, a coisa muda completamente de figura, sou capaz de andar até ter os pés e as pernas feitas num oito. é brutal!

a peneda/gerês e a estrela é do melhor que conheço para caminhadas extensas, e a arrábida é especial porque combina duas das coisas que mais gosto: montanha e mar, apesar dos trilhos serem bastante intensos e algo manhosos. 
agora há que procurar mais e conhecer outras zonas, há muitas montanhas e parques naturais por esse país fora. caramulo por exemplo, deve ser espectacular e não me pareceu difícil de palmilhar. o algarve também tem trilhos bastante interessantes que vale a pena descobrir. 

é arranjar mapas, senhor, é arranjar mapas!

27 de Abril de 2010, às 00:08link do post comentar