Mais um fim-de-semana, menos umas caches para encontrar!

no sábado passado voltamos à carga na costa vicentina.

tínhamos planeado iniciar a "limpeza" cedo, mas saímos de casa já passava do meio-dia...
o dia não estava grande coisa, muitas nuvens e uma ventania irritante. aquela historia de usar bandana em vez de chapéu é completamente WIN em dias assim (mas da próxima, faz favor de não esquecer de espalhar protector solar nas trombas :P)!

começamos pelas caches de odeceixe. a primeira, que estava já em solo alentejano, fez-nos dar uma passeata de 3km. deixamos o carro na praia e subimos o monte, em direcção à falésia.
aquele sitio traz-me sempre recordações porque era costume a famelga acampar por ali no verão, e eu gostava daquilo :)

odeceixe

depois passamos para a outra margem. tínhamos pela frente um percurso a pé que prometia vistas de cortar a respiração sobre as falésias e oceano.
e não desiludiu!

entretanto, as nuvens decidiram dar folga e o dia até se compôs...menos o vento, que continuava irritante :P

já perto da cache, demos com uma cascata que impunha um certo respeito, onde ainda perdemos uns minutos a apreciar e tirar fotografias.

waterfall waterfall

o trilho era impecável, tinha apenas um problema: tamos em época de carrapatos e os arbustos que ladeavam o caminho estavam infestados deles. cada vez que nos roçávamos nas plantinhas, tínhamos que parar para checkar as roupas e sacudir os passageiros clandestinos.
e desta vez fui eu quem ganhou o troféu carrapato-mais-nojento-da-caminhada. era gigantesco, mais parecia uma sapateira, e tava a esforçar-se para entrar meia a dentro (as pernas estavam estrategicamente protegidas por uns leggins, que nós já aprendemos a lição :P).. ca noijo blergh

dali, arrancamos para uma praia vizinha atrás de mais uma cache. ficamos um bocado assustados com o penhasco por onde tínhamos de descer.. pergunto-me como é que raio aquilo pode ser considerado praia..
andamos as voltas pelas paredes de cascalho solto, a arriscar a nossa integridade física mais que o normal, e nada da cache. n-a-d-a! ficamos mesmo lixados. o terreno era do piorio, o vento tava cada vez pior, a cache que não aparecia, o estômago a começar a chatear..mau!

desistimos e acabamos por nem tentar fazer o percurso a pé até às próximas caches, como estava planeado. passamos essas e fomos tentar a da praia de vale dos homens, mas quando o marido me disse que "esta ali naquela ponta" perdi logo a vontade..

seguimos prá amoreira, uma das nossas praias favoritas da zona e onde iria ser deixado um travelbug especial de corrida (literalmente).

pelo caminho ia atropelando uma galinha..há sempre uma vez para tudo :P

a última do dia foi feita no castelo de aljezur. é daquelas que chateia não ter feita, já que passamos por lá moooontes de vezes :P

o domingo acabou por ser uma surpresa, pois demos um salto até vilamoura (no sota-brrrr-vento algarvio), ter com o sr farrajota (FINALLY) para nos entregar umas cenas a pedido do sr gomes e nos pagou uma cafezada he he
ficamos um bocado espantados, pois tavamos a espera que vilamoura fosse diferente. acabamos por estacionar o carro e ir conhecer aquilo, que é como quem diz, fazer umas caches.

aproveitei pa experimentar a água do mar, que dizem ser mais quente praquelas bandas.. eu cá não notei diferença nenhuma lol

pronto, a modos que assim se passou mais um fim-de-semana :)

(mais fotos no sitio do costume)

7 de Maio de 2010, às 00:06link do post comentar