Castro Verde + SpaceBits = fim-de-semana brutal!

um grupo de pessoal lá do sapito dedicou-se, nas horas vagas, a um projecto muito interessante que consistia em mandar para a estratosfera, um balão meteorológico com uma caixinha agarrada. caixinha essa que continha, entre outras coisas, vários sensores, gps's, e máquinas fotográficas para registar o "passeio". geek q.b.!

o lançamento estava agendado para este fim de semana, e como eles aliciaram a malta para ir assistir ao lançamento e ajudar a encontrar a caixa quando esta tivesse cumprido a sua missão, o marido perguntou-me se alinhavamos e eu não vi porque não, encontrar caixinhas escondidas no meio de nenhures com gps tem sido o pão nosso de cada fim-de-semana nos últimos tempos, né?

mas fizemos a coisa com tempo, marcamos hotel e fomos para castro verde no sábado à tarde.
chegamos lá por volta das seis (ainda de dia YAY), e depois do check-in feito, fomos sondar a área onde iria ser o lançamento do balão. por acaso acho que não podiam ter escolhido sitio melhor, ali bem no meio das searas. awesome! já disse que adoro searas?
quer dizer, aquilo que ali crescia não eram propriamente dito cereais... mas pareciam searas, isso para mim já é suficiente he he 
acabamos por ficar por ali a tirar fotos até ao sol posto :)



de volta a castro verde fomos à procura de jantarito. no hotel sugeriram-nos dois sitios, o castro e o market.
indecisos, optamos pelo último e fomos muitíssimo bem servidos. eu comi um bifinho grelhado muito bom, tenrinho, tenrinho, e o marido umas gambas flambeadas que também estavam um espectáculo. para sobremesa saiu uma sericaia com ameixa, e no fim, como resultado da valente barrigada que apanhamos, tivemos que andar às voltas pela vila durante uma hora na tentativa de desmoer aquilo antes de nos deitarmos :P

domingo acordou limpinho e nem sinal do vento que estava no dia anterior.. e quente, muito quente!
pequeno-almoço, check-out do hotel, e ala pro local de lançamento. quando lá chegamos, a uns 20mn antes da hora prevista para o lançamento, já lá estava uma comitiva valente.

mas como imprevistos acontecem, uma hora depois da inicialmente marcada, eis que o balão era finalmente libertado.. e ali ficamos a vê-lo desaparecer no céu.
foi genial!



dali fomos à procura de sitio para almoçar. como éramos muitos, a coisa não foi pacifica. ainda por cima tinha que ser rápido, pois tínhamos cerca de duas horas até a caixa cósmica dizer-nos onde ia aterrar.

como resultado da complicação que foi encontrar sitio e o tempo que a comida levou a chegar à mesa, quando a SMS chegou com as coordenadas do local da aterragem, houve pessoal que nem chegou a almoçar. por acaso eu e o marido tinhamos acabado naquele preciso momento, pegamos em nós e SIGA!
(alguém ficou de pagar o almoço por nós heheh)

parecia a corrida ao ouro lol
enquanto eu tratava de nos meter à estrada, o marido pegou no iphone e determinou o percurso que nos permitia ir chegar o mais perto possível do sítio indicado pelas coordenadas. 
pelo caminho passamos um grupo de "caçadores" que tinha saído minutos antes de nós e que optou por cortar a direito pelos montes. podíamos ter feito o mesmo, mas achamos por bem continuar com o plano original. então uns km's mais à frente saímos do asfalto e enfiamo-nos por estradas de terra batida por cima daquelas serras. foi a loucura. o marido a dar indicações, eu a desviar-me das pedras e dos buracos e dos ramos..pobre carro (eu adorei, claro lol)

às tantas, chegamos a um ponto do caminho em que achei que era demasiado arriscado continuarmos montados no cascas (já aprendi a lição, há pois já :P) e parei, mesmo à má fila, a bloquear caminho e tudo (não parecia ser muito usado anyway), e a partir dali seguimos a pé, debaixo de um sol abrasador. por sorte já não faltava muito.

estávamos convencidos que não iamos ser os primeiros a alcançar o spot, já o grupo que entrou a corta-mato devia levar um belo dum avanço sobre nós... mas não se via nem ouvia vivalma naqueles montes.
às tantas o marido grita "FOUND IT" e sai disparado pelas estevas a dentro. eu segui-o mas quando ele deixou de ver o pára-quedas da caixa, voltei atrás até conseguir voltar a vê-lo e orientei-o pelo meio do mato "esquerda..não, direita! sempre em frente..sobe..direita" lol.. e que lá estava a caixinha, que minutos antes se tinha andado a passear pelo céu a cerca de 30km de altitude. AWESOME!

e sem mais ninguém aparecer..

às tantas, e preocupada com a forma irresponsável como tinha abandonado o cascas, voltei atrás para ver se estava tudo ok.. quando nem a meio do caminho encontro o resto da malta que entretanto já tinha alcançado o sitio :D

tive pena de não me ter lembrado a filmar a "caçada", tinha sido brutal: o marido agarrado ao iphone a dar indicações, "vira aqui" e "vira ali" e "ops, não era por aqui, viemos parar a uma quinta. volta pra trás, volta pra trás", e o carro aos solavancos por cima das pedras e a levar vergastadas de arbustos. foi épico lol... fica prá próxima :)

depois voltamos para castro verde, de encontro com o resto do pessoal, para assistirmos à abertura da caixa, pois tavamos todos curiosos com o conteúdo dos cartões das máquinas fotográficas, que não desiludiu!

por volta das seis da tarde batemos retirada, mas não foi rumo a casa, foi mesmo para porto covo... go west, sempre a direito até ao mar, oh yeah!
uma hora depois estávamos na praia hi hi hi

ficamos por lá uma horita e depois fomos jantar ao marquês, como de costume.
chegamos a casa por volta da meia-noite, completamente estoirados.. nem tava com energia de ir descarregar os cartões e ver as fotos, foi mesmo banho e cama..

só me resta dar os parabéns ao pessoal pela iniciativa, e que apesar dos percalços acho que correu tudo muito bem, e um grande obrigado por nos terem proporcionado este fantástico (e diferente) fim-de-semana!

p.s. gostamos bastante de castro verde =D
não chegamos a fazer nenhuma cache verdadeira #fail por aquelas bandas, mas participamos com uma geocoin no lançamento de uma nova #win