Férias... a viagem!

então a viagem foi marcada para a segunda semana de férias, para dar tempo aos preparativos. 
entretanto aproveitei para absorver todo o tipo de informação necessária sobre a viagem e o destino para tentar minimizar as falhas, já que era a primeira vez que nos metíamos neste tipo de aventura.

a primeira semana de férias foi passada não só com os preparativos da viagem, como também a resolver questões burocráticas, coisas relacionadas com a casa (obras nos tectos e cozinha),  tirar o cartão do cidadão e ainda houve tempo para consultas médicas, depilações e manicuras. tinha uma checklist brutal e consegui fazer quase tudo :)

como somos umas pessoas muito descontraídas, começamos a fazer a mala lá prás 2 da manhã de domingo... a 8 horas da saída para o aeroporto. quando aterrei na cama eram 5 da manhã..mas não fazia mal, quanto mais sonolenta tivesse, maiores eram as hipóteses de dormir no avião...ou pensava eu lol

bom, às 10 da manhã os cunhados, que se tinham voluntariado para nos levarem ao aeroporto, chegaram. hora de nos por a mexer!!

chegamos ao aeroporto e fomos procurar o balcão de check in. quando lá chegamos, ia-nos dando uma coisa má por causa do tamanho da fila... tínhamos à vontade mais de duzentas pessoas à frente.... e a fila ainda engordou bastante atrás de nós..basicamente chegou toda a gente cedo, que era para conseguir lugares bons no avião :P

eu, que normalmente até sou uma gaja calminha comecei a stressar por vários motivos. era o voo que se aproximava, era a fila (que por acaso até andava bastante rápido), era o facto de nunca ter usado o passaporte antes, era o facto de ainda não termos ido trocar o guito para levarmos, enfim..

cerca de meia hora depois chegou finalmente a nossa vez. apesar daquela gente toda à nossa frente, ainda conseguimos lugares à janela hi hi hi
bom, já não nos restava muito tempo para ir tratar dos câmbios, e quando fomos atendidos, ficamos a saber que só tinham notas de 100 usd e eu achei melhor não trocarmos. ainda nos sugeriram trocar logo para pesos dominicanos, mas eu a ver o tempo a escassear, disse ao marido para desistir, que levávamos euros e trocávamos lá (primeiro erro, devíamos ter levado logo pesos).

depois corremos para a zona de embarque, que ficava bem próximo do cú de judas...bolas se o aeroporto é GRANDE!
e eu cada vez mais nervosa por causa do voo, e a amaldiçoar-me por não ter arranjado calmantes..

assim que chegamos começa a formar-se fila para o embarque. dali seriamos transportados por bus até ao A330 que nos ia levar a punta cana. como estávamos no primeiro bus e o marido é um lambão, foi o primeiro a entrar no avião!

entretanto, os nossos lugares à janela tinham que ter coincidido com o centro da asa... que fail, logo eu que detesto ver a asa do avião a agitar-se :P
o avião encheu num instante e quando demos por nós, estávamos na fila para a descolagem. tínhamos três aviões à nossa frente e aquilo foi engraçado porque, aterrava um, levantava outro, aterrava um levantava outro, até que chegou à nossa vez. 

já no ar, fomos informados sobre o filme que ia passar, o... avatar! ugh...

anyway..não sei se por o avião ser maior que os outros dois que já tinha andado, se por estar sentada ao centro da asa ou lá o quê, quase nem dei que estava no ar. praticamente não tremeu, e as sete horas e quarenta minutos de voo passaram-se rápido, entre o avatar e o 500 days of summer (que não ouvi, só vi, assim meio a dormir), as estatisticas de voo, as duas refeições a bordo, e a máquina fotográfica.
o gajo devia ir a voar bem alto porque desta vez, as nuvens tavam lá tão em baixo..tava um bocado de frio, mas os gajos deram uma mantinha e uma almofada a cada pessoa, o que ajudou bastante.

A330 almoço o bixo que nos levou pro "paraiso" aeroporto de punta cana

o meu nariz é que continua a não gostar do a/c dos aviões.. mas descobri o santo graal das viagens de avião: TAMPÕES PARA OS OUVIDOS!! omg, que grande invenção :)

a diferença horária da republica dominicana e portugal é de 5 horas e eu estava excitadissima por experienciar jet lag pela primeira vez na vida. fomos sempre em direcção ao sol, quando lá chegamos eram cerca de 5 da tarde, mas 10 da noite no meu relógio biológico :)

e eis que finalmente o avião aterrou no aeroporto internacional de punta cana. as portas abrem e a malta começa a sair. mal pus o nariz de fora levei com um bafo de calor BRUTAL!!

foi um choque térmico tremendo!! quentíssimo e abafado, apaixonei-me imediatamente por aquele calor. ainda não tinha descido a escadaria do avião e já estava a suar como uma porca muhahha

à entrada tiraram-nos logo uma foto acompanhados por duas mulheres em trajes típicos (primeiro indicio da chulice pegada que aqueles moços fazem aos turistas, pois se a quiséssemos, tínhamos que arrotar 10 eur/usd..), depois foi entregar os vistos de entrada (o que raio era aquilo que tivemos que preencher) e pagar 10eur (podia ter sido em dólares, que ficava mais barato, já que eles não ligam ao câmbio :P) cada um, carimbar o passaporte, recolher a mala, e ir à procura do nosso transfer.

já no transfer ficamos a saber que éramos o único casal do voo a ficar aquele resort.. o que não é propriamente dito, reconfortante..

(to be continued...)