E vão três!

claro que voltamos ao cinema para (re)ver o tron. 

já tínhamos os bilhetes na mão quando nos apercebemos que o filme já não estava na mesma sala e quando vi qual era até tremi. uma semana após a estreia, já tinha sido despromovido para uma das salas pequenas, tal não foi o *sucesso* que o filme teve :P

cagando e andado, siga pa bingo.

uma vez lá dentro e já acomodados nos nossos lugares favoritos, o marido sugere:

- então e se fossemos prali?

"prali" era a segunda a contar do ecrã, bem em cima, portanto.. mas fui lá checkar.
era realmente muito perto da projecção, mas hey, compensava o tamanho (mais pequeno) do ecrã lol mas como era perfeitamente suportável, mudamo-nos!

enterrei-me confortavelmente na cadeira e esperei pelo inicio do filme.

à intro que faz cócegas na barriga, só faltava mesmo a cadeira mexer-se ao sabor das imagens para mim jurar que estava mesmo a voar. assim de repente, ainda bem que nos tinhamos sentado ali.

mas é quando o gajo entra na grid que começa a diversão a sério!
durante a cena das disk wars fiquei possessa. desde "levar" com os discos nas trombas, os gajos "caírem" em cima de nós, e os destroços, omg.. parecia TÃO real!!

só que o melhor ainda estava para vir. a cena das light cycles (a minha favorita), pura e simplesmente partiu a loiça toda!!
quase que conseguia sentir aquilo..eu gemia, eu contorcia-me, eu esperneava, eu ria feita histérica.. vá lá que não estava ninguém perto de nós, haviam de ter pensado que estavamos completamente doidos. cena acabou e eu tinha os olhos molhados, tal não foi a emoção.

...e a maradice continuou.. até aos créditos.. que raio de filme aquele... até o logótipo da disney tá espectacular!
engraçado foi que estavamos tão concentrados naquela cena toda que... a OST até passou ao lado loll

não me lembro se alguma vez tive uma experiencia cinematográfica tão intensa como aquela, mas acho que não..
só sei é que saí de lá pronta para regressar... tenho cá para mim que nem tão cedo volto a daquilo num cinema. fosga-se, que b-r-u-t-a-l-i-d-a-d-e!

(nada mal para quem não tinha lá muita fé no filme muhahaha)

21 de Janeiro de 2011, às 20:28link do post comentar