Senhor doutor, tenho uma dor..

o médico de medicina geral que me calhou na luz é um amor de pessoa (assim como a maioria dos médicos que lá tenho apanhado). faz-me esperar horas pelas consultas, mas a simpatia do homem desarma-me assim que entro na sala. i kid you not, até apetece fazer festinhas. é um querido.

 

vou lá, faço as queixas do costume, ele examina-me, a mim e ao meu historial completo, e manda-me fazer shitloads de exames e análises. 
nunca encontra nada de anormal e é aí que está o problema, porque se eu sentisse que estava tudo normal, não estava constantemente lá metida, a queixar-me sempre do mesmo. acabo por sair de lá mais frustrada do que entrei.

 

à quinta consulta que tenho com ele é mais do mesmo.. não sei se lá volto..

16 de Maio de 2011, às 13:47link do post comentar