Decisions, decisions..

novembro, ou o mês mais destrambelhado da história, fez com que metêssemos uma pausa no menu diário de transportes públicos. porque tínhamos que ir ao parque das nações três vezes ao dia; porque estávamos a terminar projectos que obrigaram a umas quantas noitadas; porque veio o codebits e nunca havia hora para regressar a casa (quer dizer, havia.. 2, 3 da manhã :P); porque meteu-se a holanda pelo caminho.. puff!

 

foi-se novembro e chegou dezembro. o passe do marido expirou e ele nunca mais ia tratar da renovação e a saga continuou. em janeiro andávamos cansados do trabalho e sabia muita bem meter-nos no carro de manhã e à noite. em fevereiro foi o frio que serviu de desculpa..

 

até sou uma pssôa cheia de boas intenções e queria atinar com os horários, para ver se apanhava os períodos de maior frequência dos transportes, mas não vale a pena, largo *sempre* o trabalho a umas horas de merda, e levar quase hora e meia para chegar a casa não é das coisas que mais me excita, especialmente durante o inverno.

um autocarro ou metro que nunca se sabe quando aparece, que as carreiras estão cada vez mais reduzidas, um barco de demora uma eternidade a atracar, o desconforto das viagens, as horas perdidas em transbordos, a manada que se arrasta e mais parece que está a caminho do matadouro.. morre-se um bocadinho todos os dias nisto :P
nestes seis anos de deslocações diárias entre almada e lisboa já tentei todas as combinações possiveis e nenhuma é minimamente decente.. 

 

então comecei a fazer contas à vida.

 

claro que levar o carro fica mais caro.. duas vezes e meia mais caro.. mas... à noite percorro os 13km que separam a casa do trabalho em 15 ou 20 minutos em vez de uma hora e tal.. notamos um aumento tão grande na qualidade de vida que caguei mesmo pro preço a pagar. a sério!

 

entretanto oficializamos a coisa e arranjamos uma avença mensal num parque perto do trabalho, o que baixa bastante a despesa.
assim, de manhã levo 20-30mn a chegar e à tarde 15-20mn a regressar.. até nos dias que tenho apanhado trânsito na ponte demoro menos que se fosse de transportes. e a avença pode ser cancelada a qualquer momento sem problemas, por isso, tásse!

 

o cascas, poupadinho como é, ajuda a tornar isto possível w00t

29 de Fevereiro de 2012, às 20:26link do post comentar