Tascas

as refeições são outra das coisas que nos come a carteira durante as férias. mas até para isso já desenvolvemos uma série de truques, entre eles descobrir tascas e outros sítios improváveis. corre-se alguns riscos, claro, mas temos apanhado verdadeiras surpresas :D

 

já há muito que desistimos dos restaurantes da zambujeira que ali praticam-se preços para turista, e o único "pecado" destas férias foi um sargalhão no café central (brejão), outro daqueles restaurantes impossíveis em agosto, com filas de espera que nem ao diabo lembra.. e no fim, nem por isso ficamos com a sensação que vale a pena. tenho cá para mim que eles ganham muito com a malta que não consegue mesa no restaurante da azenha..

 

mas ao que interessa. numa das noites, atraídos pelo cheirinho a grelhados que pairava pelas ruas de s. teotónio, fomos parar a uma tasca. mas uma daquelas *bem* genuínas, onde os homens da terra se juntam para ver a bola, mamar uns bagaços e umas jolas, mas que por acaso tem uma sala de refeições escondida lá nos fundos. fomos à experiência. 

 

como as doses nestes sítios costumam ser generosas (ou somos nós que comemos pouco lol à memória vem-me logo um certo cozido de grão, em corvos, cuja dose dava para três pessoas) perguntamos se era muita comida. disseram-nos que "ah não, são só dois pedacinhos de carne..".  

 

ok, então manda vir uma de entremeada e outra de entrecosto, ca gente depois trata de dividir!

 

esses "dois pedacinhos" traduziram-se em dois pratos a transbordar de comida. duas peças generosas de carne, batata-frita e arroz. a carne estava grelhadinha no ponto. um regalo!

pagamos, por duas pratadas de comida, uma garrafa de 1,5l de água, pão e azeitonas, a módica quantia de 12€. até nos sentimos mal por comer tanto e pagar tão pouco.. lol!

 

ainda em s. teotónio, fomos experimentar a tão gabada pizzaria il padrino. encontrá-la é que foi jeitoso.. é que a vila é um bocado labiríntica e gps ou gmaps, ESQUECE lá isso...

 

topámos que as pizzas eram enormes, e para não desperdiçar, pedimos uma para os dois e uma salada para acompanhar (adoro pizza com salada). por esses dois pratos, mais azeitonas e 1,5l de água pagámos.. 11.90€, again, até nos sentimos mal.. esta malta vem da cidade muito mal habituada :D

 

fiquei curiosa com a história daquele italiano.. como é que acabou ele a fazer pizzas em forno de lenha no meio do alentejo? btw, a pizza estava deliciosa! e passou por nós muito prato com bom aspecto: pastas, lasanhas, calzones. fica prá próxima :D' 

 

no chaparro, em odeceixe, por dois pratos, pão e azeitonas, sobremesa e água pagávamos em média 22€, o que também não é mau, vá!

tasqueiro 

bares de praia. ficámos fãs do kiosk agapito, (calhou andarmos por lá na altura que isto aconteceu, não se falava noutra coisa na vila..) que tem uma das ementas mais elaboradas que já vi num tasco do tipo (mas têm que me dar um desconto porque não conheço muitos). tudo com produtos da região e uns preços muito.. estranhos, tendo em conta a localização :D

 

saladas e umas omeletas brutais, acompanhadas por uma fatia de pão ligeiramente tostado com um fio de azeite e oregãos - uma delicia. e paga-se tanto como no carvalhal por dois cachorros. 

 

por falar em carvalhal, os cachorros em pão alentejano do bar de praia também são bem bons, e com sorte temos DJ a animar a refeição, mas o lanche com bebidas e batata-frita, paga-se ao preço da cidade.

mostarda com cachorro

4 de Setembro de 2012, às 23:55link do post comentar