On tour!

uma das utilizações que ainda dou ao last.fm é seguir o feed de eventos de várias bandas/músicos que quero (re)ver ao vivo e em altos berros.. e cada vez que há actividade nesses feeds, sofro micro ataques-cardíacos!

 

uma dessas bandas é kraftwerk. quando aos vi ao vivo pela primeira vez e apercebi-me que tinha perdido um concerto brutal deles no coliseu uns meses antes, apeteceu-me apertar o pescoço a mim mesma.
vai daí, foi uma banda que ficou marcada como "OBRIGATÓRIO REVER".

 

mas desde há uns tempos para cá que andavam um bocado quietos.. e para piorar as coisas, um dos fundadores abandonou o grupo ao fim de 38 anos, o que começou a assustar-me seriamente.. querem ver que ainda acabam sem eu voltar a vê-los outra vez ao vivo? NÃO PODE SER!!

 

às tantas desisti de esperar que voltassem cá e comecei a prestar atenção aos concertos que davam pelo estrangeiro, a ver se algum era fazível.. andaram pelas américas, fiquei seriamente f*dida quando os vi a caminho do sónar no rio de janeiro em vez de barcelona (o que tinha sido BRUTAL, porque aproveitava e via deadmau5 :P), japão (..i wish!).. suécia.. EH LÁ!

 

suécia é fixe. temos malta na suécia a quem estamos a "dever" uma visita há anos! 

fui ver o preço dos voos para lá e dos bilhetes do festival onde iriam actuar e fiquei deprimida.. esquece lá isso, move along..

 

semanas depois pingaram novidades no feed. FIGAS..

 

zurique.. OI?! 

 

tratei logo de investigar a coisa. iam actuar no dia 25 de agosto, num festival cujo o cartaz estava *bem* recheado: para além de kraftwerk, contava com chemical brothers, the prodigy, orbital, simian mobile disco, soulwax, the bloody beatroots, 2 many dj, richard dormfeister, entre outras coisas mais indie ou avariadas tipo dubstep (que nem por isso me interessam).

 

e os bilhetes nem por isso eram caros... e os voos também não... WHOA!!

 

comecei a ficar ansiosa.. será que consigo convencer o homem a meter-se lá comigo?

13 de Setembro de 2012, às 00:41link do post comentar