Episódios da vida na aldeia VI

há uma auto-estrada nova no quintal, paralela à A2 desde perto de almada (funchalinho) até coina, e em coina liga ao antigo IC 32 (que entretanto passou a ser designado por A33). como deve ter custado uma pipa de massa e os bolsos do estado estão cheios de traças, os seus 18km são portajados. 

 

percorrê-la custa a módica quantia de 1,70€ - QUANDO ali ao lado, pela A2, sai à borla. é uma estrada fixe porque ESTÁ SEMPRE ÀS MOSCAS...

 

a minha pergunta é.. para quê?

 

se a intenção era facilitar a vida às pessoas que moram nas zonas por onde passa a nova estrada, não podiam, sei lá.. construir uma mais pequena e sem portagens.. ou mesmo recuperar os acessos que já lá existiam? digam-me, vizinhos da margem sul, esse troço da A33 é-vos realmente útil, ou fogem dele como o diabo da cruz? 

23 de Janeiro de 2013, às 20:40link do post comentar