A melhor invenção dos últimos tempos

EU! 
PRECISO! 
DISTO!


a sério que preciso. quando boto as mãos na serigata, vou sempre de tromba apontada à cabeça dela. adoro enfiar o nariz naquelas bochechas felpudas, esfregar-me toda na carinha fofa dela e enche-la de beijos, especialmente em redor das orelhas. e não consigo parar, que o raio da fulana

 

CHEIRA. TÃO. BEM!

 

não é fácil descrever o aroma, mas parece quase talco.. doce, levemente almiscarado, mas muito suave e caloroso.. só sei que é viciante. quando começo a snifá-la não consigo parar, quase vomito arco-íris. ela não acha muita piada às doses massivas de mimo, mas perante a violência da minha compulsão olfactiva por ela, até acho que é bastante paciente e tolerante :D

nada disto seria um problema se eu não fosse alérgica ao pêlo. acabo sempre interrompida por uma comichãozorra que me apetece a arrancar o nariz ou uma salva de espirros, coisa que ela detesta e pira-se logo a milhas de mim.

esta água perfumada a cangote de gato, (que só podia ter sido) inventada pelos nossos amigos japoneses, que nutrem uma grande paixão por felinos, era a solução ideal: dava folga à bixa e às minhas vias respiratórias. espichava a casa toda com aquilo e...

 

BLISS!!!

11 de Dezembro de 2015, às 19:47link do post comentar