Tenho uma vizinha

a ouvir (e acompanhar a letra em altos berros), aquelas baladas romântico-pirosoas de corações despedaçados, tipo jardins proibidos, o anel de rubi e umas outras que dou graças ao senhor por não saber o que é, mas que soam igualmente lamechas.

será que devia ir até lá, oferecer-lhe o meu ombro amigo para ela chorar, ou ver se está tudo bem, se precisa que lhe dispense um rolo de papel higiénico (não tenho kleenexes em casa, ora bolas)?

30 de Julho de 2015, às 21:11link do post comentar(1)