Caraíbas alentejanas II

o domingo acordou tristonho, ofuscado por umas nuvens assim com ar pesadão, mas ao abrir a janela senti-lhe a temperatura e gritei "WOW TÁ CALOR.. BORA PRÁ PRAIA!!" coisa rara este verão..

 

eis que o homem vem de lá e sugere um programa de festas diferente do habitual: deixar o carro em setúbal, apanhar o barco para tróia, e experimentar aquelas praias dali ao inicio da península, que nem eu nem ele conhecíamos…

...nós, que batemos a costa alentejana de cima a baixo e de baixo a cima, nunca tínhamos assentado o cú nas praias de tróia… e as vezes que passámos por lá, não há desculpa.. shame on us!!

nada mal pensado migo, nada mal!

carro estacionado, bilhetes comprados, catamaran chega, catamaran parte, cerca de quinze minutos de viagem, golfinhos a passear no sado perto do cais. tróia!

tá giro aquilo. bonito, bem tratado e cheio de vida nesta altura do ano.

a praia eleita, a do bico das lulas, não estava muito populada. o céu continuava salpicado de núvens mas a tarde estava impecável, quente e sem vento nenhum. o mar parecia uma piscina.

em vez de ficarmos apenas escarrapachados na toalha a fazer fotossíntese, como de costume, decidimos ir dar uma voltinha junto ao mar, tirar as medidas ali ao pedaço, que aquilo é realmente muito bonito.

praias (quase) desertas de areia branca fininha que é um mimo. já não é a primeira vez que reparo que aquelas praias fazem lembrar caraíbas e realmente, só falta aquela língua de areia umas fileiras de coqueiros e a coisa ia lá.. menos a água morna, vá :D

 

...se bem que ontem estava surpreendentemente "quentinha"!

andámos, andámos, andámos.. quando demos por nós estávamos a ficar assim pró cansados e com sede.. a modos que a desesperar por um oásis em forma de bar de praia. ainda tivemos que andar mais umas boas centenas de metros até à multidão que avistávamos ao de longe. ali havia um bar de certeza... ou então assaltávamos a geleira de alguém :D

quando finalmente alcançamos a entrada da praia, demos conta que fomos parar à praia atlântica.. a alguns 5kms das nossas toalhas.. jazus!

e vá lá que tínhamos as carteiras connosco. havia de ser giro termos que voltar atrás sem um lanchinho e uma bebida fresca no bucho. já vinha a olhar prá água do mar com ar guloso e a pensar que em último caso, lá teria que ser LOL

recarregámos baterias e toca de fazer o caminho de volta. a tarde teria sido perfeita se nos entretantos não se tivesse levantado uma ventania chatinha, daquela que levanta a areia no ar e atira-a contra a malta. 

 

de regresso ao bico das lulas, o nosso estaminé era o único que restava no areal. estivemos por ali até ao pôr-do-sol e depois fomos nas calmas, pela praia fora, até ao cais. mais 2km. bela caminhada que o dia rendeu, fiquei com as pernas feitas num oito.

 

a viagem no catamaran é rápida e bastante confortável. um bocado cara é verdade, mas contas feitas, até compensa. poupa-se tempo, combustível e pneus :)


a repetir, sem dúvida alguma!

4 de Agosto de 2014, às 23:25link do post comentar