Coisas de gato

dos vários hábitos estranhos que os nossos senhores felinos têm, aquele que mais me intriga é a mania que eles têm de seguir-nos para o WC. uma pessoa não pode ir tratar dos seus assuntos privados em paz, que não tardando muito tem o gato à perna - pode estar a dormir, ou a brincar, ou a comer na outra ponta da casa, ou até mesmo derretido a receber mimos, que assim que topa alguém a deslocar-se na direcção da casa de banho, aí vai ele!!

 

as visitas à solitária são tudo menos solitárias quando se tem um gato.. e não adianta deixá-los fechados do lado de fora, que ficam ali plantados a esgravatar a porta e a miar com tom mais infeliz do mundo. tanto insistem que às tantas levam a melhor porque uma pessoa nem se consegue concentrar na tarefa que a levou lá.

 

dizem que os gatos não são tão fiéis quanto os cães, mas acho que não há maior prova de fidelidade que ter um gato - esse animal tão independente e senhor de si - sentado ao nosso colo ou aos nossos pés, a aguentar corajosamente a atmosfera potencialmente tóxica que toma conta do cubículo, como se fosse o seu dever.

 

companheirismo? oportunidade? solidariedade? curiosidade? fetiche? não encontro explicação para isto e ainda não li nada verdadeiramente conclusivo sobre tal hábito, por isso venham daí as essas teorias :D

24 de Dezembro de 2014, às 01:22link do post comentar