First world problems... IV

às vezes dá-me assim umas paragens cerebrais e vou-me meter em sítios que tou farta de saber que devia fugir deles como o diabo da cruz.. como ontem por exemplo, que achei que era um bom dia para ir lagartar ali prós lados da comporta. tava calor e a praia é bonita, sei lá..

 

a quantidade de carros estacionados na berma da estrada era um prelúdio da confusão que lá estava instalada, mas que ainda assim não me demoveu do meu objectivo. não me apetecia conduzir mais 10 minutos até à praia mais próxima, anyway.

 

fiquei com o feeling que a comporta tá a dois verões de mudar de nome para caparica - tava de tal modo atafulhada, que para além de não haver espaço livre nenhum entre as "quintas", tornava-se quase impossível atravessar a selva de chapéus de sol à procura de poiso, já para não falar na dificuldade em assentar o pé sem tropeçar na malta que se banhava ao sol. até chegarmos a uma zona que tivesse pelo menos 10 metros de distância entre toalhas alheias ainda palmilhámos umas quantas centenas de metros. nem quero imaginar como será em agosto!

 

acho que tenho que levar um bloco de post-its para o carro e começar a assinalar os sítios proibidos durante o verão e espetá-los no pára-brisas :P



mas é tão linda :')