Isa vai ao ginásio: o regresso

depois de ter esperado 5 meses até que o ginásio onde me inscrevi finalmente abrisse (ok, confesso.. é uma desculpa esfarrapadona.. podia ter activado a inscrição antes e frequentado outro nos entretantos, como fez o homem), eis que maio trouxe consigo o tão temido regresso.. um ano inteiro sem me mexer. um. ano. inteiro!!

entrei de mansinho e não me custou nada, nem senti aquelas dores chatas nos músculos. já me tinha esquecido como era fixe suar um bocadinho depois de uma jornada de trabalho, até tenho dormido melhor \m/

mas decidi que desta vez as coisas vão ser um bocadinho diferentes. apercebi-me pela experiência anterior, que se não sabermos o que andamos a fazer, não vamos a lado nenhum. estive quase seis meses a ir ao ginásio com uma frequência aceitável, e não vi resultados quase nenhuns, nem a nível da resistência, nem no corpo...

por isso vou confiar a missão a uma PT fofinha. espero que seja fofinha também durante os treinos e não me faça chorar sofrer muito. venha daí um plano de treino para cumprir à risca, e treino supervisionado uma vez por semana.

fiz a avaliação física da praxe. anos a fio de sedentarismo e pouca disciplina no exercício físico, estão mesmo a fazer estragos.. a minha pobre máquina está à beira da tragédia. a começar pela desgraça que se tornou a minha postura, o bloco de pedra em que os meus ombros e pescoço estão transformados (mas isso já eu sabia), os músculos todos do meu lado direito que pelos vistos esqueceram-se de como é suposto funcionarem, mais a dificuldade geral que sinto ao levantar-me ou dobrar-me para fazer quer coisa...

...e eu não quero chegar aos 40 a sentir-me como se tivesse 60, quero chegar aos 40 a sentir-me como se tivesse 20 CRL!!!

porque há muito trabalhinho para fazer, vai levar tempo. primeiro há que corrigir a postura, ensinar os músculos a trabalhar correctamente e fortalece-los, e só depois se passa a coisas mais sérias. não tenho pressas, e desta vez não vou meter um prazo no desafio. desta vez é para se tornar parte da rotina.

é que sem exageros, eu passo ~ nas calmas ~ 12 horas sentada por dia, entre a secretária, o sofá, a mesa, e os bancos dos transportes públicos. mais 7 deitada, restam praí 5 horas a mexer-me minimamente. isto não pode ser saudável...

à hora de publicação deste post, encontro-me a ser torturada pela PT. espero sobreviver ao primeiro dia, para contar a história. rezem por mim.

7 de Junho de 2017, às 21:00link do post comentar