Loop do dia XII

demorou anos (décadas!!), mas finalmente aconteceu.. rendi-me a radiohead!

tem sido uma relação complicada, desde que os conheço, nos primórdios dos anos 90. inicialmente era porque era demasiado rock para o meu gosto, depois começaram a ficar mais electrónicos, mas também mais melancólicos, o que provavelmente não combinava com o meu mood. sempre tive pena disto, porque reconheço-lhes o génio. simplesmente não temos estado na mesma frequência...

fast forward 20 anos, com alguns namoros pelo meio (o thom yorke tem músicas a solo lindíssimas), a the numbers meteu-me a ouvir o a pool shaped moon em loop. pela melodia profunda mas delicada, pela montanha russa sonora, pelas emoções que arranca, e pela progressão fantástica entre as músicas. ouve-se sem cansar durante horas a fio.

depois fui voltado atrás no tempo. encalhei no the king of limbs, depois no amnesiac. o ok computer está mais difícil (mas hei-de chegar lá!!), mas há uma pérola no segundo álbum do oknotok, que me faz levantar os pés do chão. tenho a dizer, que de todas as rendas mensais que pago por serviços na internet, a do spotify é a que me custa menos a pagar :D

portanto, o meu último loop de 2017 é uma playlist de duas horas e meia, com (todas as) músicas do a moon shaped pool, (quase todas do) the king of limbs, (metade do) amnesiac, ok computer, kid a, e in rainbows ♥

26 de Dezembro de 2017, às 21:00link do post comentar