Lost in... Santa Luzia

tenho que confessar uma coisa, tenho o coração divido entre tavira e santa luzia... não sei de qual gosto mais. tanto que temos um ritual obrigatório, as nossas visitas começam sempre em tavira, e terminam sempre em santa luzia.

tavira é uma cidade linda, luminosa, radiante, e cheia de vida. santa luzia quase passa despercebida. é uma pequena e pacata vila, onde permanece aquele charme tradicional, da arquitectura típica algarvia, das fachadas revestidas a azulejos nas combinações mais incríveis, e das buganvílias em cascata nas ruas estreitas.

está plantada nas margens da ria formosa, e tem as suas raízes no mar e na pesca. o aroma no ar não deixa enganar, é terra de pescadores. talvez por isso, é dos sítios onde melhor se come naquela zona. especialmente polvo, o ex-libris da vila.

ali os pores do sol são deslumbrantes. o céu funde-se com a água, espelhando a paleta de cores do crepúsculo, e o silêncio da ria, rompido apenas pelo canto das aves marinhas, faz parar o tempo e transporta-nos para outra dimensão. em noites de lua cheia, o cenário é ainda mais pitoresco, quase irreal.

santa luzia santa luzia

mesmo no pico do verão, na confusão do trânsito e das pessoas, santa luzia consegue manter-se serena. é um sítio mágico, onde se vive devagar. e na hora da despedida, um valente sacrifício ter que deixá-la para trás...

24 de Setembro de 2017, às 23:33link do post comentar