Lost in… Trás-os-Montes e Alto Douro

faz em 2016 dez anos que iniciamos as explorações aqui pelo nosso pedaço à beira-mar plantado, e com isso acabaram-se-me as desculpas para visitar a única região do pais que ainda não conhecia: trás-os-montes e alto douro. rocei nela há uns anos atrás, quando passeámos pelo alto rabagão e montalegre, e tinha no mapa dos check-ins uma enorme mancha a nordeste que andava a atormentar-me há anos.

mas tenho que confessar uma coisa.. no trabalho de casa que andei a fazer nas semanas que antecederam à viagem, encontrei tão pouca informação sobre o que visitar que tive receio de ir lá e não ver nada de especial. não existem muitos guias ou roteiros sobre as zonas que mais me interessavam (parques naturais do montesinho e douro internacional), e como tento evitar as tourist traps, ainda pior. fui marcando uns pontos no mapa que me pareceram mais interessantes. eram sítios muito dispersos, pelo que a melhor forma de fazer a coisa era em modo roadtrip, e pernoitar em zonas estratégicas para iniciar as várias fases da viagem.

o que eu não esperava é que fui numa de despachar a coisa, e acabei por tropeçar no segredo mais bem guardado de portugal!

desde o inicio do passeio até ao fim (sem contar com a ida e o regresso), foram cerca de mil quilómetros de curvas, de subidas e descidas. de paragens constantes para apreciar as vistas, de desgostos por não ter mais tempo para perder-me naqueles lugares remotos, ou ficar horas nos miradouros simplesmente a absorver a paisagem, ou visitar outros sítios que acabaram por ficar para trás, ou degustar todas as especialidades.

é o lado mau deste modo de viajar, por um lado fica-se a conhecer uma grande área, por outro, não temos tempo para apreciá-la devidamente. acabou por ser uma grande volta de reconhecimento, que vai ser muito útil em passeios futuros. porque vou de certeza lá voltar, e agora sei precisamente onde quero demorar-me mais \m/

also, minha pancada por fronteiras teve em grande. conto algumas seis incursões por espanha e muitas macacadas na raia hi hi hi

 

seguir para o dia 0 >