Mini-férias de carnaval

este ano tivemos pela primeira vez despensa na terça de carnaval. aproveitamos para tirar a segunda e fazer umas mini-férias na serra, para ver se a cabeça faz reset.

só não estávamos a contar que portugal INTEIRO tivesse tido a mesma ideia... não, não sabíamos que o carnaval é a pior altura para ir para serra da estrela.. magotes de gente por todo o lado, restaurantes e cafés sempre à pinha, e trânsito medonho. já lá fomos umas quantas vezes, e em diferentes alturas, e nunca me tinha deparado com tal cenário.

na primeira tentativa para subir à torre, que o dia estava bonito e prometia umas horas fixes na neve, ao chegar ao centro de limpeza, olho para cima e começo a ver os carros a abrandar praticamente no inicio da subida. "aquilo é uma fila, a começar ali logo na curva???" pergunto ao homem. era.. tudo parado na encosta da montanha.. nope, nope, nope. temos tempo, siga dar a volta ao monte e entrar pela porta dos fundos. ah ah ah que ideia tão boa, aqui não há filas!!

até que o manto branco apareceu no horizonte, e com ele a confusão. acabámos por nem sair do carro. quase 1h para fazer 2km.. tanta, tanta gente. quando finalmente começamos a descer, fiquei surpreendida por não estar fila para cima. motivo, tinham fechado o acesso à torre no centro de limpeza. fónix...tal na era!



só lá voltámos na terça, no último dia na serra. estava com fé que as nuvens estivessem baixas e que ia chegar lá a cima e estava um dia azul de primavera. mas não, não se via a ponta dum corno por causa do nevoeiro. tava frio e uma ventania do caneco, mas mesmo naquelas condições, andava montes de gente a tentar divertir-se na neve.

passamos pelas paisagens do costume e ainda deu para visitar duas aldeias, que estavam há muito marcadas no mapa, folgosinho e linhares. nunca tínhamos ido para aquela zona da serra e ficamos deslumbrados com a paisagem. pena que as nuvens decidiram assentar arraiais e tiravam a visibilidade. passamos pelo covão da ponte, banhado pelo rio mondego, outro daqueles recantos preciosos da serra, que merece definitivamente uma visita mais demorada.  



a gatifonga foi connosco, que o homem queria levá-la a passear na natureza. desta vez não chegou a ir à neve, que as condições não estavam para isso. mas andou pelas penhas douradas e pelo covão da ametade, e não me pareceu muito chateada :D


a sacana porta-se mesmo bem a andar de carro. vai o tempo todo deitada no colo do homem, a dormitar, ou no banco de trás. não mia, não bufa, não chateia. e aguenta horas sem stresses.

encontramos um gato igualzinhho a ela em folgosinho, apenas mais gorducho. nessa altura não estava connosco mas havia de ser giro metê-los lado a lado he he he

álbum completo no sítio do costume

4 de Março de 2017, às 19:00link do post comentar(4)