Sacana do furacão

há uns anos compramos um kit de limpeza para as máquinas fotográficas, onde vinha incluído um soprador. soprador esse que levou um sumiço pouco tempo depois..

visto que se tinha tornado numa das obcessões do furas (e quando ele metia uma coisa na cabeça, era imparável), tínhamos uma ideia de onde poderia estar escondido, mas não conseguiamos lá chegar - o interior da chaise longue!

o furas tinha dois esconderijos, o sommier e a chaise longue, e uma das suas actividades favoritas, era acartar com os seus "tesouros" entre as duas localizações. por "tesouros" entenda-se, tudo o que o sacana do ladrãozeco encontrasse pela frente e conseguisse deitar a fateixa..
T-U-D-O!! como daquela vez em que não sabíamos o que era feito dos frascos das amostras, e ele tinha levado para dentro da cama.. basicamente, se não estava a dormir, andava a carregar cenas. e quando não encontrava nada novo para roubar, dedicava-se a transportar o seu vasto espólio de um lado pro outro. passava horas nisto, era um fartote.

quando há umas semanas estávamos no processo de enviar o sofá para o criador, porque a humidade deu cabo dele e não estava em condições de ser vendido ou doado, o homem não quis deixá-lo ir sem antes esventrar a chaise longue, e ver que tesouros nela estavam encerrados há mais de cinco anos.

sacos de plástico, meias, uma bolsa de telemóvel que em tempos já tinha tentado mandar para o lixo mas ele foi lá resgatá-la, palmilhas que arrancava dos sapatos, brinquedos, dardos da nerf, comida podre.. e o soprador! 



(quem foi que veio picar cebolas aqui pró pé da gente, quem foi??)

se o saco dos frascos das amostras tivesse passado pelo buraco que ele lá cavou, só agora é que tínhamos desfeito o mistério :D

das muitas características que os furões têm, esta é de longe a mais engraçada. os furões gostam dos seus "tesouros", e dedicam grande parte dos seus dias a mantê-los. e ficam furiosos quando mexemos neles he he he

tantas saudades deste bixo...

4 de Maio de 2017, às 21:10link do post comentar