Se provas faltassem.. IV

eis o episódio que arrebanhou o troféu de mais caricato de 2017!

aproveitamos a black friday parar comprar dois tapetes de yoga todos cromos. tapetes esses, que viemos a descobrir que tinham que ser "partidos" para melhorar a aderência. "partir" um tapete de yoga significa dar-lhe uma "esfoliação" com sal grosso, para retirar uma película que traz do processo de fabrico (dizem eles). não tou a inventar, vem mesmo nas instruções do tapete.

então numa belíssima tarde de sol resplandecente, munidos de um pacote de 1kg de sal marinho, dois panos grossos de limpeza, e um recipiente com água, arregaçamos as mangas, inspiramos fundo, e metemos as mãos na massa. ou melhor, no sal!

eles lá no site têm razão, aquilo parecia um ritual (fdx, as desculpas esfarrapadas que as marcas arranjam para contornar os problemas dos produtos lol),

"wax on, right hand. wax off, left hand. wax on, wax off. breathe in through nose, out the mouth. wax on, wax off. don't forget to breathe, very important".

tinha tudo para correr às mil maravilhas.. se não fosse o homem ter-se entusiasmado e usar metade do pacote de sal no tapete dele! para o serviço ficar bem feito à primeira.. isso! (a versão oficial é que era para ficar fixe no instagram)

...e ZOMG! não vos passa pela cabeça a porcaria inacreditável que o sal faz!!

o sal mete-se em todo o lado. às tantas já estava tudo cheio de sal e salitre, chão, vidros, roupa, pele.. (vá lá que não nos deu para fazer isto em casa lol acho que hoje ainda andava a aspirar pedras de sal)

estivemos umas duas horas naquilo, primeiro a esfregar os tapetes, depois a limpar o sal. mas hey! não deixou de ser uma tarde memorável, no terraço privado de um hotel que eu cá sei :D

salt on, salt off

e sim funcionou, os tapetes ficaram com melhor tracção \m/

e a pele das mãos super macia!

9 de Janeiro de 2018, às 11:00link do post comentar(3)