Summertime madness: Albacora

o que seria da vida sem uns "pequenos" guilty pleasures, hum?

foi este hotel que nos levou a tavira (a mim) pela primeira vez, na época em que andávamos numa de hotel hopping. é lindo, lindo, lindo - térreo, tranquilo, charmoso e localizado num sítio fantástico. dos poucos que fazia (e faço) questão de voltar.

vinguei as horas de sono da noite anterior. aliás, tive uma noite de son(h)o como não tinha há uns tempos valentes. daquelas de cair redonda na cama, fechar os olhos quase instantemente e acordar 8 horas depois, sem uma única interrupção. maravilha!

Untitled

estávamos em falta com o pequeno-almoço, que falhámos por duas vezes na nossa estadia anterior por ficar na ronha ate tarde. se eu já lamentava o sucedido, então agora passei a amaldiçoar-nos pela nossa preguiça. dasse, que pequeno-almoço fenomenal!!

depois do check out ficámos na piscina até às seis da tarde. não se que seja grande apreciadora de vegetar em espreguiçadeiras, mas fiz o sacrifício :D tá-se tãoooooo bem por lá, é uma calmaria que nem apetece ir a lado nenhum. mesmo com a praia ali ao lado.

Untitled

Untitled Untitled Untitled

uma pessoa sente-se verdadeiramente turista quando está no meio da estrangeirada. parece quase que nem estamos cá.. bom, ao menos os empregados falam a nossa língua lol

mas este não é o meu tipo de férias, eu gosto é de andar à vontade, sem me preocupar com modos, ou se estou vestida como a noblesse oblige. dêem-me praias, parques de campismo, e chanatos nos pés. sou uma simplória bahahahah

…e por falar nisso, vá! tá a descolar o coiro da espreguiçadeira que temos um "ferry" para apanhar!