A segunda vez do Cascas

quinta às oito da noite. távamos à pressa para ir para o ginásio, já atrasados, quando dou à chave, o sacana do carro não pega... oi??

nada de anormal aceso no dashboard, rádio a funcionar, e ainda há três dias andou a passear-se e não deu sinais de que alguma coisa estaria mal.. tento mais uma vez, nada. tento outra, nada. daqui não saio, daqui ninguém me tira.. onde é que eu já vi esta história antes?

podia ser a bateria outra vez (apesar do indicador estar verde).. ou podia estar sem gasóleo, e o computador de bordo estar a calcular mal o combustível que restava no depósito (seria inédito, mas pronto).. ou podia ser algo muito mais grave, que eu nem queria pensar.. mas o que mais me estava mesmo a chatear, era a perspectiva de ficar sem carro durante o fim-de-semana..

vá lá que desta vez escolheu um sitio *bem* melhor para amuar, no conforto da sua casinha, e a 3km da oficina onde costuma a ir. e as coisas correram muito melhor. aliás, tão bem que até estávamos a estranhar,

na manhã seguinte, depois da fisioterapia, o homem telefona para a assistência da nissan, explicou por alto o que estava a passar com o carro, e do outro lado perguntaram-lhe se queria tentar desempanagem no local, antes de mandar o reboque. siga!!

tinha acabado de sair do banho, quando vejo uma mensagem do homem, a avisar-me para estar atenta que o técnico devia aparecer dali a 30-40 minutos. visto-me nas calmas.

dez minutos depois, telefona-me a dizer que o técnico já estava a chegar. nem tive tempo de secar o cabelo, peguei no casaco, nas chaves, e no telemóvel, e voei para as traseiras do prédio, onde já la estava a pick-up de desempangem à minha espera. that was fast!!

chegados à beira do paciente, o técnico dá uma espreitada, abre o capot, e pede-me para ligar o carro. o carro borra-se todo, "é bateria" diz ele. vai à pick-up, saca de um arrancador, liga-o à bateria moribunda, e pede-me para tentar outra vez. e o cascas subitamente volta à vida. yay!!

"ainda nem tem 5 anos..." desabafo. "pois, estes carros costumam precisar de bateria nova a cada 4 anos" informa-me ele. FFFUUUUUUUU que mamão do crl, cabrão do carro!!

"agora é melhor não deixá-lo ir a baixo" avisa-me. "não seja por isso, vou já com ele prá oficina", cabelo molhado e tudo. o rapaz tira umas notas, dá mais uma vista de olhos em redor do carro, e estamos despachados. aperta-me a mão, e segue atrás de mim para fora da garagem.

telefono para o homem a dizer que me ia por a caminho da oficina, para se meter a jeito. e lá fui eu, com o maior dos cuidados para não deixar o carro ir abaixo. a meio do caminho apanhei o homem, e em poucos minutos estávamos a chegar ao entreposto.

apesar de ser hora de almoço, o bixo foi recebido e preparado para ser visto. com sorte ainda ficava pronto até ao final do dia, e não tinha que estar com trabalhos de tentar arranjar um carro de cortesia, para me safar no fim de semana.

a meio da tarde, telefonema da oficina a confirmar que era a bateria. informam os custos, e perguntam se podem avançar. pois claro que podem, se não, não tinha levado o carro praí, né?

uma hora depois telefonam novamente, a dizer que o carro estava a precisar de velas novas, se podiam trocar, e em quanto ficava a brincadeira. oh migos, já que estão com a mão na massa, façam favor. 

ainda fico à espera do telefonema onde perguntam se já agora, também podem trocar o motor, porque já está a ficar velhote e os actuais são mais eficientes. felizmente esse telefonema não chegou :D 

o terceiro e último telefonema foi para indicar que o carro já estava pronto, e que podia ser levantado 24h por dia. YAY i can has my car now!!!

fomos buscá-lo por volta das dez da noite. pagamos o serviço na portaria de segurança, e descemos até à oficina. e lá estava ele, todo lavadinho, e cheirosinho, a pegar impecavelmente à primeira... e com as estações de rádio desprogramadas, e o relógio certo.. humpf!

e pronto, posso pagar mais por levá-lo à marca, mas a verdade é que tratam tão bem ele, e fazem um acompanhamento tão bom naquela oficina, que não consigo sequer considerar levá-lo a outro sitio.

22 de Janeiro de 2018, às 01:00link do post comentar ver comentários (7)(1)

Tenho uma cena com Nissans

a sério que tenho.. não é perseguição, é facto mesmo! não basta o meu primeiro carro ter sido um nissan, o terceiro ser um nissan, como sempre, sempre que alugo um, calha-me nissan.

hoje o autocarro nunca mais aparecia, decidimos que era uma boa ocasião para experimentar aquele serviço concorrente que os taxistas adoram (not!). e que carro é que nos calhou?

ah poizé!

e foi da maneira que matamos a curiosidade em relação ao modelo novo :)

27 de Abril de 2016, às 22:25link do post comentar ver comentários (3)

21 - Comprar o desgraçado do carro novo

(ai que giru! era a tarefa 21 e o carro estava previsto chegar a dia 21, mas adiantou-se 9 dias e podia ter sido levantado a 21, mas nós não tivemos tempo para ir lá ontem ^^)

ora aqui está a tarefa que eu mais queria riscar. esta era a "TAREFA", e aquela que pensava que se iria prolongar indefinitivamente porque já se sabe que eu andava a querer comprar um carro novo desde o fim de 2005 e tava complicado...

inicialmente queria o yaris, depois perdi-me de amores pelo seat leon, mas passado um ano saiu o "cascas" e o meu destino tava traçado. depois de lhe ter feito um test-drive, disse, em alto e bom som EU QUERO ESTE CARRO!

entretanto passou-se um ano e meio e cá está ele, depois de dois meses à espera, isto porque tivemos a puta da sorte de ter ido bater à porta dum stand que tinha o modelo que nos queríamos, na cor que nós queríamos, a chegar dali a pouco tempo, porque o tempo de espera médio para estes moços é de sete meses!!

é um tekna 1.5 dCi (106CV), fired iron (ou laranja avermelhado), lindo lindooooo!

fiquei ainda mais contente por ser um nissan, porque o meu primeiro carro foi um nissan (sunny, em segunda mão, com 6 anos) e se eu adorava aquele carro. era um bebedolas, é verdade, mas fomos muito felizes. daí que quando saiu este modelo fiquei mesmo, mesmo entusiasmada.
não tem nada, nada, nada, nada a ver com o polo, esqueçam, é como da noite pro dia, não há compração possivel e imaginária (só se nos consumos, vá). para além se ser enorme (senti algumas dificuldades, e vou ter dificuldades durante alguns meses por causa daquelas medidas abusadas dele (isto dito assim, até soa estranho lol)) tem uma condução perfeita, e tem todas as paneleirices possíveis de imaginar, mas eu também sou suspeita, que não sei o que é um carro novo lol

já percorreu a arrábida, já fez umas curvas valentes, andou por estradas estreitas e o primeiro veiculo que ultrapassei com ele foi um tractor a 20km/h lolll

as viagens por esse pais fora nunca mais serão as mesmas, e sexta estreia-se nelas, a caminho dos algarves!

The Q-Day!

(pronto! acabou-se o suspense lol)
 

depois de 2 meses e 3 dias de espera...

 



encontro-me, neste preciso momento, sentada ao volante desta magnifica "besta", lado a lado com o meu fiel co-piloto (que também acumula as funções de marido, entre outras coisas). tenho cá para mim que vamos ser os três muito felizes!

 

agora me voy, que este menino vai comer asfalto, oh yeah!

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mirc.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e yada yada, yada... é ler o blog ;)

bucket list

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores: #11 #10 #9 #8 #6 #5 #4

seguir nos blogs do sapo

Follow follow us in feedly