Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

lost in wonderland

lost in wonderland

...e porque a vida é pa ser vivida!

Maio 30, 2009

andei a semana toda a chorar pelo fim-de-semana para me ir enfiar na praia. este mês de merda, ao menos acabou como começou: com um tempo espetacular!

quisemos experimentar um percurso alternativo pras praias da fonte da telha. normalmente levamos o carro lá para baixo e até bem ao fundo, mas o estacionamento é terrível, e em dias de enchente nem se fala, é o inferno na terra..e para sair de lá nem me quero lembrar...

então fomos até lá bem à frente, até onde não se pode mais por causa da base militar, estacionamos na boa e descemos pela mata dos medos, junto à arriba fóssil.
decidimos experimentar esse percurso, porque quando andamos praquelas bandas a fazer geocaching há umas semanas atrás, apercebemo-nos que a malta ia pa praia por ali e ficamos curiosos.

ainda tivemos que andar um bom bocado até chegar à praia, mas o exercício físico é sempre bem-vindo, e a vista é brutal! isso e o cheiro das camarinhas he he he

encontramos a praia pouco populada, como esperávamos. depois reparamos num "pequeno" pormenor: tava tudo como veio ao mundo!

opá! em roma, sê romano!

foi um belo dia de praia. levamos lanchinho, e tivemos a tostar ao solinho. só tive pena mesmo que a praia estava um bocado suja por causa das porcarias que dão à costa..
mas gostei bastante e é provável que aquela alternativa passe a ser usada de hoje em diante :)

(nota-se muito a inspiração que fui buscar ao post do pedro, sobre os seus 25 anos? he he he)

He's Back!

Maio 25, 2009

então, uma semana depois, eis que o cascas tá de volta. já tavamos cheios de saudades, é verdade!

fui larga-lo na segunda à tarde e ficou pronto na quinta. houve uma tentativa falhada para ir busca-lo no sábado, e hoje finalmente conseguimos. mas tava difícil!
entre apanhar o comboio para setubal as 5.44, chegar a setubal às 6.40 e não haver taxis nas redondezas e acabar por ir de autocarro até ao stand foi um bocado stressante..parecia que alguma coisa nos impedia de ir buscar o carro...até os cheques descobrimos que já tavam passados da validade....porca miséria!

veio como novo!
impecável, sem o rabisco no capot, óleos todos mudados, pneus cheios, update de firmware, e limpinho, limpinho!

a historia do "update de firmware", que é como quem diz, da centralina, fiquei a saber apenas há uns dias, quando ao deixar lá o carro, pedi-lhes se dava para ver porque é que volta e meia, quando eu ia a acelerar em 4ª ou 5ª, ele "soluçava"..  depois à noite andei pelo forum QQ tuga a ver se alguém tinha o mesmo problema e descobri que havia montes de gente a queixar-se do mesmo e que a solução passava pela actualização da centralina.
bom, entre setúbal e almada não senti soluço nenhum, espero que tenha ficado curado :)

a melhor parte é que a revisão mais a pintura ficou-nos por uns módicos 330eur. tava à espera de pagar pelos menos 400eur, por isso, acho que foi mesmo barato. foi qualquer coisa como 160eur de revisão e 170 da pintura :)

e comprova-se mais uma vez a boa escolha que fizemos ao optar por aquele stand. sei que isto pode parecer estranho, mas eu curto à brava do gajo que nos vendeu o carro, é um porreiro, e também fiquei com muito boa impressão do chefe de oficina. malta 5 estrelas, i tell ya!

The Curious Case of Benjamin Button

Maio 24, 2009

ontem vimos o "the curious case of benjamin button". éramos para ter ido vê-lo ao cinema mas escapou, e entretanto "saiu" o blu-ray e aproveitamos!

o filme é enorme, duas horas e meia, e começamos a vê-lo por volta das duas da manhã. pensei que me ia deixar dormir logo, mas não consegui... a historia, apesar de ser muito simples, é surpreendentemente complexa. conseguiu manter-me colada à tv até aos créditos finais, e absolutamente ensopada em lagrimas perto do final. profundo, mágico e arrebatador. até as cenas mais simples estavam carregadas de significado e sentimentos.

a passagem do tempo foi mostrada de uma forma espectacular, a história passa-se entre 1918 e 2003, uma linha temporal bem longa, onde os cenários, adereços, e o guarda-roupa têm que se adaptar (e fazem-no na perfeição), assim como as personagens. desde novos até velhos (ou vice-versa). os efeitos especiais state of the art que foram utilizados na caracterização dos actores são muito subtis, praticamente não se nota que boa parte daquilo é digital.
as actuações nem é preciso falar, outra coisa não se esperaria de grandes actores como o pitas e a cate, se bem que o restante cast também está à altura do desafio.
kudos também para a fotografia, um dos aspectos que gosto mais nos filmes, e a deste está 6 estrelas!

um must, must see, portanto!

As mulheres e os homens..

Maio 23, 2009

não gosto de fazer generalizações. é arriscado porque existem sempre excepções à regra.. mas como até à data não tenho nenhum exemplo real que me prove o contrário disto que vou falar, lá terá que ser..

não é novidade para ninguém que os homens e as mulheres não são iguais, têm grandes diferenças quer a nível físico, quer a nível psicológico.

por exemplo, as mulheres são seres emocionais, intuitivos e dotados de uma grande sensibilidade. dão importância ao pormenor mais insignificante, e conseguem antecipar um vasto rol de cenários (filmes, vá!) que possam advir das suas acções. isto é particularmente útil quando temos que fazer algo ou tomar decisões. gostamos de saber com o que podemos contar, temos sempre um segundo e terceiro plano arquitectados, e mil escapatórias possíveis.
já os homens são seres práticos e descontraídos. não ligam muito aos detalhes, vão directos ao assunto e não perdem tempo com ninharias. o que vier venha, que eles logo lidam na altura. o nosso oposto, portanto!

daí que quando começamos com nossos "filmes" e com a nossa lengalenga, acham que estamos a fazer uma tempestade num copo de água e não nos dão muito crédito.. não passa de ruído aos ouvidos deles..mas por vezes há coisas que efectivamente têm importância, que acabam perdidas no meio do ruído..

depois temos o hábito de delegar para eles as tarefas chatas que não gostamos de fazer, tipo pagar contas, ou tratar de assuntos aborrecidos, coisas que eles nem sempre dão a devida importância e acabam por se esquecer de fazer, ou fazem pela metade,  apesar de nós insistirmos e estarmos constantemente a relembrar-lhes das coisas...e depois cortam-nos a electricidade ou temos que pagar uma multa qualquer valente e ficamos com uma vontade terrivel de lhes espetar na cara um "eu bem te disse!" ou "tenho que ser eu sempre a pensar em tudo!", coisa que eles não digerem lá muito bem..

podia enumerar vários exemplos de situações em que se eles nos dessem ouvidos a nós e às nossas preocupações, em vez de serem teimosos e fazerem as coisas à balda, as coisas corriam muito melhor...mas vou-me ficar por aqui.

o facto deles nunca se lembrarem das datas, ou de tratarem dos assuntos chatos, ou de como é que gostamos da carne passada, é no fundo uma característica do sexo masculino que provavelmente nunca conseguiremos mudar. eles não ligam aos pormenores, e nós seremos sempre as chatas do costume que passam a vida a implicar com tudo o que eles fazem ou dizem...

(a sério que não tenho o hábito de fazer este tipo de desabafos, mas volta e meia shit happens e eu fico frustrada, porque há situações que podiam ter sido facilmente evitadas se ele tivesse dado a devida importância àquilo que lhe digo.. e depois fico com a sensação que se quero uma coisa feita, tenho que ser eu :P)

Como alegrar a tarde a uma geek!

Maio 19, 2009

ia eu num stress desgraçado, a querer sair de almada, já atrasada, que tinha que estar na oficina em setúbal até às seis, quando à espera para entrar numa rotunda perto do centro sul, quem é que vejo a circula-la??

um STREET VIEW CAR do google!!!

entrei logo em modo de nerd histérico mas no feminino, e meti-me na rotunda atrás dele, para ver o apetrecho agarrado ao carro de perto. por sorte, o gajo ia devagarinho e começou a abrandar ainda mais, tinha-se enganado na faixa e queria menter-se na mesma em que eu ia, para entrar no túnel do centro sul. eu, como rapariga simpática que sou, deixei-o meter-se à minha frente....e puxo do iphone pa sacar-lhe uma pic! hihiihihihi

a treta é que ia a levar com o sol de frente e as fotos tavam a sair manhosas.. mas por sorte, o gajo tinha o mesmo destino que eu, a A2, e o namoro prolongou-se por mais uns bons metros!
mesmo antes de entrar na AE consegui sacar-lhe uma pic boa, e depois depois ultrapassei-o e fui à minha vidinha, toda contente pelo encontro imediato de 1º grau.

é que ainda andei uns 2km atrás dele, qual stalker hi hi hi

Algum dia teria que ser...

Maio 14, 2009

o furas não tem andado bem...

na terça notamos que não conseguia ir à casa de banho e ficamos preocupados, podia ser algum bloqueio nos intestinos, alguma coisa que ele tivesse comido que não devia.
levamos o gajo à clinica de urgência. o vet que lá estava não percebia de furas, mas rx feito e ao telefone com o nosso vet lá chegaram a conclusão que podiam ser as glândulas anais que estavam obstruídas e ele não conseguia fazer cócó por causa das dores.. vazar as glândulas foi de longe a coisa mais cruel que já fizeram aquele bixo, pelo menos acordado.. tive que sair da sala, mas ouvi-o.. o marido ficou lá a segura-lo, e não saiu de lá com boa cara, e não foi só por causa do cheiro nauseabundo que saiu do cú daquele pobre animal...

na quarta achamos que não o devíamos deixar sozinho porque ele tava mesmo muito estranho. apático, meio desorientado, fraco, e parecia que estava com diarreia.
o marido ficou a trabalhar em casa para poder vigia-lo. a única coisa que conseguiu faze-lo comer foi carne de peru. água teve que ser forçado a beber, e cócó.. tá quieto.
à noite fomos comprar malte, a ver se servia de alguma coisa.. lá prás cinco da manhã, foi finalmente fazer uma caganita e comer ração. depois enfiou-se na cama comigo, o que só por sí é bom sinal :)

esta manhã estava estranho. batia com o focinho em todo o lado, parecia que não sabia por onde andava e parecia ter palpitações na barriga..
não conseguia ve-lo assim durante mais tempo e à tarde levei-o a oeiras, ao vet dele, para ser visto e apalpado e essas coisas todas..

a coisa começou bem..com os resultados do exame de despiste da doença adrenal, que já tinham chegado das americas e que acusaram positivo...
só não me caíram os tomates quando o vet me disse que ele tinha a doença, porque não os tenho, e no fundo, já esperava aquele resultado..

a boa noticia é que foi detectado muito cedo, a má noticia é que mesmo assim, o melhor a fazer é operar e extrair as glândulas. a outra solução era levar injecções todos os meses até ao fim dos dias dele, mas sem resultados garantidos, e com um preço a pagar mais elevado..
e ele podia viver com a doença? até podia. mas não quero o meu furas careca e em pele e osso..não, aquele peludo é demasiado precioso!

depois foi examinado. o gajo até parece que gosta daquelas apalpadelas todas, pois nem se mexe. depois o vet teve a ver o rx que tiramos na terça, e decidiu fazer analises ao sangue. mais uma anestesia..a 3ª num mês :(

quando acordou da anestesia, deu duas voltas ao gabinete, escolheu o canto que mais lhe agradou, e pimbas, sai um belo dum biscoito fumegante pra mesa 5! o primeiro que vejo desde o fim-de-semana!
não sei se foi a coisa que se compôs por obra e graça do menino jesus, se foi o malte que lhe demos, se as massagens que levou do vet, mas desentupiu..

aparentemente, tá tudo dentro da normalidade.. não se entende a falta de vontade de ir à casa de banho ou a apatia/desorientação que ele tem tido (a não ser que sejam já sintomas da doença adrenal)... é esperar e reportar qualquer comportamento mais estranho... o que vale é que sejam nove da manhã ou nove da noite, o vet está contactavel..

Pág. 1/2

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

email: [email protected]

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D