Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

lost in wonderland

lost in wonderland

Lost in... Costa Brava

Outubro 16, 2019

sempre que vamos de férias para algum lado, não consigo evitar de sentir uma certa "angústia" por antecipação (ou qualquer coisa no género).. fico com a sensação que não vão ser daquelas que ficam prá (nossa) história. a barra começa a ficar demasiado alta.. mas o que é certo, é que acaba sempre por subir ainda mais um bocadinho.

a conspiração cósmica esteve fortíssima nestas. começaram a ser épicas ainda antes de entrarmos no avião.

as "férias grandes" de 2019, à parte da semana da praxe em tavira, tinham que incluir uma desbunda qualquer. olhava para o mapa à procura de inspiração, suspirava, fazia "simulações" de voos, suspirava outra vez.. tava mesmo sem ideias. queria compensar a praia que não fiz em agosto (e já agora, aquela que também não fiz na primeira metade de setembro também). pensei nas baleares que nos faltam, mas os voos tavam caríssimos. pensei nos açores, mas tive medo aos furacões, não fosse algum lembrar-se a a passar por lá (e não é que passou mesmo? só errei na semana.. é como os números do euromilhões, saem-me sempre ao lado). ir para muito longe não me apetecia.. então olhei ali para uma zona do mapa em espanha, que reunia aquilo que eu queria, mais uns extras. tipo montanhas, e curvas..

costa brava, aqui vamos nós!!

ainda considerei irmos em modo de roadtrip, para esticar o carrito novo e ver como é que ele se porta nas curvas. mas depois comecei a simular os percursos, e assustei-me com a brutidade de horas ao volante.. se ao menos o homem tivesse carta para partilhar a xaropada de kms comigo (a sério que estava disposta a deixá-lo pegar no carro muhahaha).. tive medo de ficar tão cansada ao fim do dia, que nem conseguia curtir o passeio.. nem me apetecia perder dois dias das férias, só a chegar ao destino e regressar.. e depois já estava a começar a fazer demasiados desvios para ver cenas, precisava do dobro dos dias.. de volta aos sites dos voos.

de lisboa só existem (ou pelo menos foi o que me pareceu) duas companhias a fazer voos directos para barcelona, e a uma semana da data, a tap é quem tinha os voos mais em conta. é desta que experimento a tap, finally! tava a ver que não acontecia.

pena que houve um fuckup qualquer na altura que fiz a reserva.. e no dia seguinte tinha-se esfumado sem deixar rasto.. e entretanto, um dos voos, já estava bastante mais caro. a ideia da roadtrip voltou para cima da mesa. cagamos pró avião, metermo-nos no carro e siga para bingo.. o homem estava confortável com essa opção..

..ou então, apanhávamos um voo da ryanair a partir do porto. mesmo com os bilhetes do expresso, a coisa ficaria muito em conta.. siga!!

alojamento só reservamos a primeira noite. o resto decidimos ir marcando pelo caminho, para não estarmos presos nem a destinos, nem a horários - luxos de fazer férias fora da época alta. 

to be continued...

Follow up

Outubro 09, 2019

dois meses após terminar a radiação, tive 3 consultas de seguimento:

radioterapia. a médica de tinha pedido um raio-x ao tórax e análises. tudo dentro dos paramentos normais. nada de reacções esquisitas na pele devido à radiação. aliás, a pele estava com muito bom aspecto, provavelmente porque mantive o regime de hidratação até a esta altura (e devia ter continuado).

cirurgia plástica. (tal como eu) o médico está bastante contente com o resultado do seu trabalho. não me importava nada que ele me desse um jeitinho na gémea, que anda toda invejosa.. é ridículo, a mama operada está com melhor aspecto que a outra. mais firme e cheiinha. ele diz-me que eventualmente vai desinchar, e provavelmente até ficar mais pequena que a outra. tou para ver. 

a nódoa negra.. ou melhor, amarelada gigante que resultou da cirurgia ainda não desapareceu.

oncologia. sem nada de especial a reportar. a médica só me quer passar análises uma vez por ano.. eu queria a cada seis meses, humpf..

seis meses pós-radioterapia,

eis que a agitação regressa: consultas, e mais consultas. e exames. eco pélvica, mamografia (passei finalmente a BIRADS 2, YAY!!), eco-cardiograma com doppler para fazer despiste de toxicidade do tamoxifeno e radiação no coração, e endoscopia alta, por causa das náuseas provocadas também pelo tamoxifeno. tudo nos trinques.

se há coisa que esta provação me dá (em grande parte culpa minha, por causa das cenas que leio lol), são dúvidas. carradas de dúvidas. algumas bem parvas.. mas quando é a saúde que está na linha, vale tudo. especialmente se tivermos sorte em ter médicos abençoados com toneladas de paciência.

na consulta de senologia, aproveitei confirmar algo. já tinha ouvido a palavra "curada" na minha direcção umas quantas vezes, mas como eu sou como são tomé (ver para crer), associar a palavra "cancro" a "cura", é coisa que levo com reservas.

então como é, fiquei mesmo curada disto, ou é melhor andar atenta porque pode-se ter soltado práqui alguma célula marada com tanta mexidela, e neste momento estou "sem evidência de doença"?

a médica assegurou-me que daquele CDIS, extraído com margens limpas, seguido de radioterapia, para garantir que qualquer célula maligna foi eliminada - que sim, que fiquei curada. 

fixe, tão este foi cos porcos. mas nada me garante que não venha a ter mais para me entreter no futuro, nas mamas (e por causa disso mesmo é que estou a fazer hormonoterapia), ou noutra parte qualquer do corpo - até porque radioterapia e a hormonoterapia são ambas cancerígenas. 

também quis saber se devia ter atenção especial aos sinais na zona irradiada. nem por isso, a vigilância anual que já faço é suficiente. e já agora, se pelo facto da pele estar sensível por causa do tamoxifeno, se podia ter problemas com exposição solar. diz que não. que a sensibilidade é mais uma sensação que outra coisa coisa qualquer.

as consultas de senologia passam a anuais.

entretanto, porque me queixei de algumas dores quando estou na amplitude máxima de movimento do braço esquerdo, sou reencaminhada para fisiatria. a médica desta especialidade elogiou o trabalho do cirurgião na mama, e a postura, que atribuí aos esforços da PT. 15 sessões de fisioterapia, para tentar libertar o músculo peitoral das fibroses provocadas pela radioterapia.

oncologia. a médica ficou preocupada com as queixas do aparelho digestivo, mas de resto tudo ok. elogia-me o peito, diz que nem parece que fiz radioterapia.

um ano pós-cirurgia, 

cirurgia plástica. a moça operada continua mais arrebitada que a gémea, mas o médico diz-me que estão muito idênticas, não vale a pena fazer ajustes na outra.. bah!!

recebi alta desta especialidade.

oncologia. a médica também está muito contente com a recuperação da cirurgia, e sucesso dos tratamentos. a minha reacção ao tamoxifeno já deixou de lhe dar preocupações. as consultas passam de 3 para 6 meses.

Pág. 1/2

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

email: [email protected]

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D