Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

lost in wonderland

lost in wonderland

2020 soma e segue

Novembro 14, 2020

não há mesmo forma deste ano sossegar.. e continua cretino, mas tão cretino que já mete nojo 🤢

no domingo passado, por volta das sete e meia a tarde noite fomos levantar uma encomenda ao el corte inglés, coisa rápida. quando regressamos ao carro, tínhamos um vidro todo estilhaçado, e ya.. o interior estava todo remexido — OH.. CUM.. CARALHO!!!

estacionei no mesmo sítio que estaciono sempre que lá vou, tipo desde há colhões de anos. numa praça, com bastante circulação automóvel e pedonal, com uma saída de metro ao pé, e que durante a noite tem iluminação de sobra. é preciso ter tomates para assaltar um carro nestas condições.. ou ser-se muito burro!

enfim…

ligar para o 1820 (o 112 não vale a pena, aprendemos isto em janeiro, quando levamos com o semi-reboque pelas costas), chamar a PSP. não tocar no carro até eles chegarem.

fui-me sentar num banco no meio da praça, a ver se conseguia falar com o seguro, porque azar os azares, eu precisava de ir ao algarve dali a dois dias, e tinha que resolver o assunto ASAP. mas ao fim-de-semana esquece lá isso.

o homem estava perto do carro, a fazer piscinas para distrair o sistema nervoso enquanto a polícia não chegava. nisto topo dois jovens umas dezenas de metros à frente, e como os achei demasiado interessados em nós, fiquei de olho neles. ora, a noite não estava particularmente agradável para estar na rua a meter a conversa em dia, e o tempo passava, e nós a olhar para eles, e eles para nós. entretanto a PSP chega, e eles sobem um bocadinho a rua, e ficam meio escondidos entre os carros.

hummm… normalmente é ao contrário, quando acontece uma desgraça qualquer, as pessoas aproximam-se para ver mais de perto, né? pois, eu fiquei super desconfiada.. assim que começamos a falar com a policia, desapareceram.

abrimos o carro para inspeccionar a dimensão do estrago. não tínhamos nada de valor, mas tínhamos — yah, é estar a pedi-las eu sei, EU SEI — as carteiras de ambos e a chaves de casa. ou seja a coisa tinha tudo para correr horrivelmente mal. não estava nada à vista, apenas os cabos USB, o que eu suspeito que possa ter dado a impressão que havia telemóveis a carregar. todos os compartimentos foram remexidos, inclusive, um dos assentos traseiros estava rebatido, até na bagageira andaram a xeretar. eu já a despedir-me das horas da minha vida que ia perder a fazer os documentos todos..

mas a minha carteira estava lá, com todos os documentos dentro. a carteira do homem estava lá, com todos os documentos e imagine-se, até o dinheiro que ele lá tinha.. havia uma terceira carteira no porta-luvas, que não estava lá.. precisamente a que estava mais recheada.. com cartões de fidelização de lojas 😶. também desapareceram os vales de desconto do ECI/repsol. e os meus ray-ban espelhados, que tinham as lentes tão riscadas dos maus tratos que lhes dou, que já se estavam a tornar desconfortáveis de usar..

the plot thickens.. seriam aqueles putos que estavam a controlar a situação uns metros acima, que me fizeram aquele serviço no carro? e uma vez que gamaram — honestamente, lixo, estavam a ver se conseguiam voltar para ir buscar o resto das coisas que podiam ter algum valor, tipo as outras duas carteiras? nunca o saberemos.

o mais poético disto tudo é o timing que estas merdas acontecem, que há exactamente um ano (e 1 dia) atrás, também passei o serão de domingo a limpar vidros. puta que pariu!

e também estive com PSPs. ou seja, no espaço de um ano, tivemos que chamar a PSP 3 vezes (e houve sempre vidros partidos lol), nunca na vida tive necessidade de chamar a polícia, realmente, não há fome que não dê em fartura. para entrar em casa. para reportar o acidente. e agora o assalto. será que se fechou o ciclo de azar?? SERÁ?? já merecia um descansozinho porra!

vá, que isto já vai longo e ainda não acabou, que ainda tenho um vidro para reparar em tempo recorde, e era porreiro se o seguro assumisse a despesa.

a minha manhã de segunda foi agitada. telefonar para a oficina, a saber para quando conseguia a substituição do vidro, contactar a seguradora para saber como proceder. ao fim da manhã tinha o vidro encomendado para o dia seguinte e estava na esquadra para levantar a declaração, para o seguro. por volta das três da tarde submeti o pedido à seguradora. uns minutos antes das quatro, telefonam-me da oficina a dizer que o seguro tinha aprovado o serviço.

a minha alma ficou parva.. não estou habituada a tanta eficiência de empresas portuguesas 😲

vou esconder uma câmara no carro, a sério que vou. aproveitei a ida à esquadra levantar a participação, para perguntar aos srs agentes se caso fizesse isso, estaria a incorrer nalguma ilegalidade, e se podia usar as imagens caso flagrasse um invasor na minha propriedade. ele disse-me que tal como nas câmaras de casa, desde que não se veja a rua, podem ser usadas. se se ver a rua, cabe ao juiz decidir, mas que eles até agradecem as imagens, pode ser que ajude a caçar a ladroagem.

mental note, vivem-se tempos complicados e o aumento de assaltos é consequência disso.. por isso, muita atenção onde deixar o carro na rua — e por zeus, levarás sempre os pertences atrás, mesmo em ausências breves. claro que isto não impede que não aconteçam outras cenas.. porque o que tiver que acontecer, acontece.

8 comentários

Comentar post

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

email: [email protected]

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D